ROSAS VERMELHAS PARA O QUARTO DA MORTE / Maria Eugenia Veiga

O romance Rosas vermelhas para o quarto da morte se passa em algum lugar ao norte de Portugal e sua história se baseia em três lindas raparigas que a princípio teriam se apaixonado pelos homens errados. Lúcia se apaixonou pelo filho do administrador das propriedades de seu pai. Sua irmã Tereza se apaixonou por Jorge, caixeiro-viajante; ele é casado com Vera, com quem forma um lindo casal. Sua prima Marisa se apaixonou pelo Padre Jacinto, paixão louca e sofrida. Para saber como a história termina, é só ler.

Maria Eugenia Veiga nasceu em Portugal, Calvelhe, distrito de Bragança, em 1962, em plena ditadura salazarista. Veio para o Brasil acompanhada de seu marido e sua filha de quase dois anos. Aqui no país teve mais um filho. Ao chegar aos 50 anos, com a família criada, começou a sentir uma enorme vontade de escrever. Começou a não dispensar folha de papel e caneta. De uma hora para outra, como num passe de mágica, surgia um poema aqui, outro ali, e depois vieram alguns contos. Tudo ia sendo engavetado, mas a vontade de escrever não se apagava... Começou a frequentar bibliotecas e a participar de saraus, mas ainda não era suficiente – resolveu ir um pouco mais longe. Sentia enorme vontade de escrever uma linda história de amor. Quando se deu conta, Rosas vermelhas para o quarto da morte já estava no papel. Não sabe se seu livro vai agradar, mas manda um recado para quem ler e se entusiasmar: nunca é tarde para começar.

Serviço:

Rosas Vermelhas Para o Quarto da Morte
Maria Eugenia Veiga
Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-85-366-4025-9
Formato 14 x 21 cm 
300 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

 
 
Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 

GRUPO EDITORIAL SCORTECCI
Edição, Impressão e Comercialização de Livros desde 1982

 
Nipotech