1984 - A MAIOR CONQUISTA DO FUTEBOL DE UBERLÂNDIA / Lucas Papel / Rafael Duarte Oliveira Venancio

Em 1984, a cidade de Uberlândia vivenciava sua maior conquista nos gramados do país. O Uberlândia Esporte Clube, com uma campanha fulminante, derrotara seus rivais locais e grandes times do Brasil para conquistar a Taça CBF, a Segunda Divisão de Futebol da época. O presente livro é um esforço jornalístico para contar e relembrar a história de uma equipe futebolística única, composta por grandes craques e comandada com brilhantismo pelos dirigentes e equipe técnica. Também é uma história de como o futebol era vivenciado no Brasil dos anos 1980.

2017 GÍRIAS DO BANDIDO BRASILEIRO / Antonio Monteiro

Essa foi a maneira mais correta, no meu ponto de vista, que encontrei para externar a todos vocês que queiram ler a magnífica obra do inenarrável baiano, do ímpar poeta, do motivador cronista e tantas outras coisas mais que poderia acrescentar ao currículo da vida de Antonio Monteiro. Este livro, que por agora está em suas mãos, caro amigo leitor ou amiga leitora, é simplesmente uma obra sem igual para o mundo da leitura e da literatura nacional, podendo também vir a ser uma obra que se espalhará a alguns países do mundo: é o livro 2017 gírias, maravilhoso.

202 PERFUMES PARA PROVAR ANTES DE MORRER / Daniel Barros

Cansado de passar horas em perfumarias de shopping e duty frees sem conseguir encontrar o SEU perfume? Você não é o único. Somos todos diariamente bombardeados por anúncios e atacados por um exército de vendedores. Marcas, frascos e celebridades que comunicam muitas fantasias e cumprem poucas promessas estão por toda parte.

50 CASOS DE APOMETRIA / Dr. James Ricachenevsky

Este é um livro espírita, mas não é psicografado. Trata-se do relato de 50 Casos de Apometria, atendimentos estes realizados no Grupo de Estudos Apométricos Dr. José Lacerda de Azevedo, em Cruz Alta (RS). A Apometria é um dos braços do espiritismo, não do espiritismo considerado como religião, mas do espiritismo cósmico, daquele que vem do Cristo e que serve para alertar os homens que logo ali, atravessada a barreira da morte física, existe um mundo espiritual pulsante, mas nem sempre em conformidade com aquilo que as pessoas estão acostumadas a imaginar.

7 PASSOS / Pastor Edson Santos

A verdade é uma só: Deus. Muitos, por viver na ignorância em ambos os sentidos – humano (forma da terra) e espiritual (forma celestial) –, acreditam que basta trabalhar muito (mas muito mesmo!) que conquistarão tudo que desejam. Com isso, porém, tudo que se consegue é apenas um esgotamento físico e mental sem precedentes e nenhum engrandecimento material, muito menos espiritual. É necessário ter em mente que ninguém alcança coisa alguma nesta vida terrena sem antes compreender e pôr em prática os ensinamentos deixados para nós (povo da terra) pelos salvos de Deus (anjos celestiais) quando aqui viveram.

80 ANOS, TRAJETÓRIA DE VIDA / David de Oliveira

Foi preciso navegar. Refazer a rota de seus antepassados, para que ele chegasse até nós. Precisão foi necessária, para que ele sobrevivesse, não mais no mar de águas profundas, mas em sua alma encantada com os dois continentes. Veio já jovem adulto e por isso tornou-se duplo, atlântico leste-oeste, polo norte-sul, cidadão português e brasileiro. Sempre com caminhos bem traçados em busca inicialmente de seus objetivos, posteriormente de seus amores, David fez tudo com maestria, mãos no leme de comandante.

88 ANOS DE VIDA / Abelardo Gomes de Abreu

O livro "88" é um relatório das atividades do autor até este momento. Vemos que todas as atividades da vida são baseadas em emoções e ficamos sabendo serem elas, a fonte geradora de todas nossas peripécias. O autor narra sua infância, sua adolescência, seus dois casamentos, seu trabalho como arquiteto tanto aqui no Brasil como nos Estados Unidos.

A ARTE DA PERFUMARIA / G. W. Septimus Piesse

Piesse viveu no século XIX, antes de haver eletricidade nas casas, rádios, toca discos, cinema e televisão. Em troca, tinha mais tempo de convívio com seus familiares. Os carros eram puxados a cavalo, os navios tocados a vapor e os aviões ainda não roncavam no céu. Revolução Industrial, o Império Britânico estava orgulhoso de suas conquistas.

A ARTE DA PERFUMARIA / G. W. Septimus Piesse

Piesse viveu no século XIX, antes de haver eletricidade nas casas, rádios, toca-discos, cinema e televisão. Em troca, tinha mais tempo de convívio com seus familiares. Os carros eram puxados a cavalo, os navios tocados a vapor e os aviões ainda não roncavam no céu. Revolução Industrial, o Império Britânico estava orgulhoso de suas conquistas.

A ARTE DE FLORESCER NO ESTIO / Helenice Priedols

A arte de florescer no estio. Esse é o nome de um poema que faz parte deste livro. Escrevi após ler em algum lugar que algumas árvores – em especial os ipês – na época de inverno e tempo seco sofrem um grande estresse. A floração intensa dessas plantas que florescem no estio é um recurso extremo de propagar sementes e preservar a espécie, pois as flores atraem os insetos polinizadores.

A BOLA LARANJA DO TRIÂNGULO MINEIRO / Deisiane Cabral

Unitri Uberlândia. Um nome. Uma equipe. Uma história. O time, que surgiu em 1998, fez uma cidade do Triângulo Mineiro ser conhecida pelo Brasil afora e até na América do Sul. Encheu de orgulho sua gente. Foi campeão mineiro inúmeras vezes. Campeão brasileiro. Campeão sul-americano. Alegria, paixão, emoção. Jogos empolgantes, torcida enlouquecida, ídolos espetaculares, conquistas inesquecíveis.

A CANÇÃO DA DESORDEM / Jorge Bouquet

A Canção da Desordem é a história do repórter paulistano Fernando em seus dois exílios nos anos 1970: primeiro, em seu país, o Brasil, então ocupado por uma ditadura; segundo, no Exterior, para onde parte tão logo deixa o cárcere. Prisão ilegal, diga-se. Por força de seu trabalho, ele se vê mergulhado na efervescência, no tumulto de culturas que buscam romper com o passado para uma sociedade revolucionária, utópica. Contudo, entre o ser e o querer mora a implacável realidade.

A CIDADE DE CANUTAMA / Chaguinha do Biá

O sexagésimo livro intitulado A cidade de Canutama, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Foi dessa maneira, pensando nos milhões de leitores inteligentes, que elaborei estes textos que acabaram fazendo partes complementares deste livro, servindo de apoio às ações que envolvam o processo de ensino-aprendizagem no ambiente escolar.

A CIDADE DE FIGUEIREDO / Chaguinha do Biá

O quinquagésimo sétimo livro intitulado A cidade de Figueiredo, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Foi dessa maneira, pensando nos milhões de leitores inteligentes, que elaborei estes textos que acabaram fazendo partes complementares deste livro, servindo de apoio às ações que envolvam o processo de ensino-aprendizagem no ambiente escolar.

A CIDADE DE ITAITUBA / Chaguinha do Biá

O sexagésimo segundo livro intitulado A cidade de Itaituba, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Foi dessa maneira, pensando nos milhões de leitores inteligentes, que elaborei estes textos que acabaram fazendo partes complementares deste livro, servindo de apoio às ações que envolvam o processo de ensino-aprendizagem no ambiente escolar.

A CIDADE DE TAPAUÁ / Chaguinha do Biá

O quinquagésimo nono livro intitulado A cidade de Tapauá, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Foi dessa maneira, pensando nos milhões de leitores inteligentes, que elaborei estes textos que acabaram fazendo partes complementares deste livro, servindo de apoio às ações que envolvam o processo de ensino-aprendizagem no ambiente escolar.

A CONSPIRAÇÃO DO TEMPO / Faisal Karim

Um menino rebelde vindo das montanhas de Karakoram encontra o sentido da vida nas ruas de Lahore, moderno Paquistão, a partir do momento em que conhece uma menina alemã enquanto esta fazia fotografias em um local sagrado. Seu sotaque é ocidental, mas seu modo de tocar as almas é universal, como se as leis da natureza fossem coerentes com suas ações. Ela o inspira a seguir a energia e fazer suas palavras serem conhecidas, não só ali, mas em todos os cantos do mundo.

A DOENÇA DO ALCOOLISMO / Paulo de Abreu Leme / Paulo de Abreu Leme Filho

A dependência do álcool ganha, cada vez mais, espaço na agenda da saúde pública do Brasil. E não é para menos, pois pesquisas recentes apontam que cerca de 10% dos brasileiros são vítimas da doença do alcoolismo. Somados aos familiares, esse número se eleva à categoria de milhões de pessoas que, direta e indiretamente, são afetadas por esse drama social que ceifa vidas, sufoca talentos e causa enormes prejuízos ao País. O alcoolismo, infelizmente, ainda sofre com a falta de informação, com o preconceito e com a vergonha.

A ENERGIA PRÓSPERA / Ricardo Yabushita

Quantas vezes lemos um livro capaz de mudar nossa vida? A Energia Próspera é um desses livros e traz de fato ferramentas para que você consiga realizar essa mudança. Com linguagem acessível e descontraída, Ricardo Yabushita discute os conceitos de energia e prosperidade que englobam os diferentes campos da vida: do físico ao espiritual, do mental ao profissional, do social ao familiar.

A ERA CÓSMICA - CÂNCER / Regina Braga

A Era Cósmica Câncer, segunda das Grandes Eras Cósmicas, ocorreu quando o planeta experimentava o resfriamento de suas cavidades vulcânicas, após a Era anterior – a Era Cósmica Leão – regida pelo elemento fogo. Na Era Cósmica Câncer o homem primitivo deixou de ser um andarilho nômade e de comportamento acelerado, para tornar-se um ser mais receptível, ao permanecer, por conta das chuvas torrenciais, em lugares fixos e aprazíveis.

A ESQUERDA MILITAR BRASILEIRA / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Para a apresentação deste trabalho, seguindo a Escola de Frankfurt, optou-se pelo uso da análise crítico-reflexiva na abordagem do comportamento da esquerda militar brasileira, nos seguintes períodos da história:

1) 1930-1945, Primeiro Governo de Getúlio Vargas;
2) 1946-1951, Governo do General Eurico Dutra;
3) 1951-1954, Segundo Governo de Getúlio Vargas;

A FORÇA DE EROS E TÂNATOS NA ATUALIDADE / José dos S. de Oliveira

Este livro tem como objetivo expressar a ideia do autor sobre o caminho que a humanidade tende a seguir. Não se trata de pessimismo em relação aos acontecimentos atuais, mas sim de qual caminho devemos escolher, já que trazemos em nossas atitudes e comportamentos duas pulsões que nos movem ao agir, de acordo com o pai da psicanálise, Dr. Sigmund Freud: Eros (construção) e Tânatos (destruição).

A GUERRA DE NELSON / Marcos José Cesare / Nelson Guedes Junior

Rio de Janeiro. 29 de Junho de 1944. No Cais do Porto, o navio norte-americano General Mann espera os seus novos passageiros: 5.800 brasileiros, componentes do 1º Escalão da Força Expedicionária Brasileira, cuja única certeza é de que a “Cobra havia fumado”, ou melhor, de que iriam participar da SEGUNDA GUERRA MUNDIAL. Porém, não sabiam onde e nem com quem iam lutar. Naquele momento, só pensavam no que deveriam fazer para SOBREVIVEREM!

A INVEJA DA FLOR / Yara Regina Franco

Caro leitor, é com o coração em festa que apresento o livro A Inveja da Flor. A seleção de poemas trata das coisas simples do cotidiano. Há temas atuais e variados para refletir, sonhar, descontrair, rir, indignar-se, voltar ao passado e tratar de amor. Espero que aprecie esta obra elaborada com amor e carinho, visando agradá-lo.

A LETRA X DA PALAVRA AMOR / Lucas Teixeira

O que é amor? Para muitos, algo indefinível. Apesar disso, com o que o amor pode ser confundido e de que formas ele pode ser corrompido ou distorcido? Ele é sagrado ou profano? Proibido e inatingível ou a realização última de nossos instintos e pulsões? Força vital ou patologia da alma? Um valor dos mais nobres ou álibi para os torpes?

A MANSÃO DA COLINA / Marcello Fierro

Presos em uma dimensão entre o mundo dos vivos e dos mortos, Demi e Nik vivem juntos situações inusitadas que fortalecem o vínculo entre os dois, situações que só podem ser vividas por aqueles que acreditam na amizade e no amor verdadeiro. O que teria acontecido aos dois?

A MATEMÁTICA AVANÇADA E SUAS APLICAÇÕES NA AGITAÇÃO E MISTURA DE FLUIDOS / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Na abordagem da Matemática Avançada analisada neste livro, ressalta-se a relevância específica dos operadores diferenciais na aplicação aos procedimentos encontrados nos processos de agitação e mistura de fluidos, inerentes à área de Engenharia Química. O conteúdo do presente trabalho de pesquisa resume-se nos itens assim discriminados:
· Introdução;
· Capítulo I: A Matemática Avançada e os operadores diferenciais;
· Capítulo II: Aplicações da Matemática Avançada nas operações de agitação e mistura de fluidos;
· Capítulo III: Reflexões sobre alguns marcos que fundamentam a Matemática Avançada;
· Referências.

A MORTE NOS OLHOS DO GATO / Gê Marquish

Um homem possuído pela ambição entra numa floresta misteriosa e se aproxima de seres estranhos e se envolve com práticas incomuns em busca de algo que lhe foi vagamente prometido. Para conseguir o que almeja é obrigado a cumprir certas missões que, além de estranhas, são penosas e arriscadas. Num povoado perdido em meio à floresta é envolvido por um clima de estranheza, crendices e lendas.

A MULHER E A FAMÍLIA NA HISTÓRIA DA IGREJA CATÓLICA / Mário Zocchio Pasotto

Durante muito tempo, pensamos que, com a simples insistência em questões doutrinais, bioéticas e morais, sem motivar a abertura à graça, já apoiávamos suficientemente as famílias, consolidávamos o vínculo dos esposos e enchíamos de sentido as suas vidas compartilhadas. Temos dificuldade em apresentar o matrimônio mais como um caminho dinâmico de crescimento e realização do que como um fardo a carregar a vida inteira.

A MULHER EM SONETOS / João Gomes da Silveira (org.)

Eis o livrinho das mulheres dos poetas. Seria impossível enumerá-los todos, porque são milhares os nomes femininos. Porém aqui vão expostos, em sonetos, 76 nomes. Ou, a bem dizer, mulheres que palmilham a lírica messe d’alma dos bardos luso-brasileiros. A antologia compõe-se de textos contendo a graça de notáveis divas e musas que, de algum modo, fazem parte do universo real ou ficcional de variados menestréis, na maioria vates consagrados.

A MÚSICA DE UMA VIDA / Simone Paes Coelho dos Anjos

Viver nos proporciona muitas experiências que, com o passar do tempo, esculpem em nós uma forma de ver e sentir a vida, de se posicionar diante dela e das pessoas. Alguns de nós acabam por realizar um saldo emocional negativo e evoluem para um quadro depressivo. Compõem uma música triste como tema sonoro de si mesmos e só nesse ritmo registram a vida a partir de então. É possível refazer a forma de ver, sentir e se posicionar diante do mundo... Compor uma nova canção como trilha sonora e viver em paz.

A OPERAÇÃO BOINA VERDE / Chaguinha do Biá

O sexagésimo sexto livro intitulado A OPERAÇÃO BOINA VERDE, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Os textos apresentados nesta pequena obra pretendem estimular os leitores a descobrirem na leitura as belezas que nos rodeiam e permite a vida no planeta Terra cada vez mais humanitária, e nele cada ser vivente desempenha um papel da maior importância na sociedade.

A ORQUÍDEA E A PHILOSOPHÍA / Ricardo Ferreras

Meados de 2014, junto de amigos num orquidário... O que são orquídeas? De onde vieram? Para que ou por que estão aqui? Que exemplos podem nos dar? Por que a colecionamos? Por que a queremos perto? Essas são algumas das perguntas que me faço quando estou estudando as orquídeas. No mundo todo, pessoas sentem atração por elas. Não sabemos bem se são pelas suas cores, que podem ser branco-neve, lilás, vermelho ou ainda cores que não definimos muito bem.

A PAXIÚBA BARRIGUDA / Chaguinha do Biá

O Sexagésimo sétimo livro intitulado A PAXIÚBA BARRIGUDA, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que está engajado com a preservação do nosso meio ambiente amazônico. Os textos apresentados nesta obra pretendem estimular os leitores a descobrirem na leitura as belezas da nossa Floresta Amazônica.

A RAINHA E O VALETE / Lázaro Piunti

Pérola engastada nas franjas da Europa setentrional, a Estônia vivenciava uma fase de ternura. Após a morte do bondoso monarca, a princesa Annieli, sua única filha, viu-se na contingência de assumir a condução do Reino. As tarefas do cotidiano e o casamento imposto pelas circunstâncias transformaram a encantadora princesa, amante da poesia e das artes, em mulher prisioneira dos seus sonhos.

A RAINHA ESTER E VOCÊ / Annet Madeira

"Ester viveu há mais de dois mil anos, mas as ligações de sua vida ainda se encaixam nos dias atuais. Quem era Ester? Ainda menina, perdeu os pais que faleceram ainda jovens. Foi morar ainda pequena com o tio, que a criou, isto é, seu tio foi seu segundo pai, Mardoqueo. Aos 18 anos a jovem é obrigada a abrir mão dos seus sonhos e seguir para o palácio do Rei Assuero, que havia se separado de sua esposa, a Rainha Vasti, que o desmoralizou diante de todos os súditos do palácio. Depois do ocorrido, o Rei procurava uma nova esposa.

A REDE / Alexandre Vicente

Dessa vez Débora Soares está em uma operação que investiga corrupção e evasão de divisas. E novamente em seu caminho está uma velha conhecida estrutura criminosa. Mas agora, contando com o auxílio inesperado de um informante anônimo, ela acaba por elucidar mais crimes do que podia imaginar. É o final de uma trilogia eletrizante para os amantes da literatura de suspense.

A RESSIGNIFICAÇÃO DAS RELAÇÕES SOCIAIS / Fabiene Mattos

As dinâmicas das relações humanas influenciam em diversos aspectos do cotidiano da sociedade. Nesse sentido, a autora trata a influência dessas mudanças no comportamento do indivíduo. Não se distanciando das transformações culturais, do mérito de discutir os laços humanos, o livro expõe o impacto dos adventos das novas tecnologias nessas relações extremamente complexas, que foram afetadas pelo aparecimento dos aplicativos de relacionamento e das redes sociais digitais.

A REVISÃO DO TEXTO / Mônica d'Almeida

É inegável que o revisor é o primeiro leitor do texto, habilitado, além dessa prerrogativa, a “mexer” no original. Cabe, portanto, uma reflexão teórico-empírica sobre o que ocorre nas diversas etapas do processo, e as consequências que as mudanças podem  acarretar. Se o texto é considerado como um elemento mediador de interação entre o autor e o leitor, há que se definir em que posição se enquadra o revisor nesse processo. Se ele interfere, de alguma forma, nessa interação, se ele faz parte dela e assume o papel de primeiro leitor do texto são algumas questões relevantes no processo de  revisão de um texto.

A REVOLUÇÃO DOS IGNORANTES / Nildo Viana / Gleison Santos

Quando a crise acontece surgem os heróis, visionários e pessoas dispostas ao sacrifício para apontar para um projeto de transformação social. No entanto, quando não se tem heróis, visionários? Quando não se compreende o que está acontecendo e não há projeto? Quando não há teoria, saber, consciência? Quando a população não tem acesso à informação e cultura? Nesse caso há apenas destruição sem criação, esse é o resultado de uma revolução dos ignorantes.

A RUA DOS DIAS / Paulo Franco

Não há outro poeta contemporâneo de tanto fôlego como Paulo Franco. A sua poesia vicia e visitar o seu blog (poetapaulofranco.blogspot.com.br) é assim meio um banquete servido em uma montanha-russa... Poesia veloz, irônica e com imagens que fazem todo um sentido, que, infelizmente, tem se tornado raro na pretensa poesia “modernosa” atual.
Cris Dakinis - (escritora)

A SANDÁLIA DOURADA / Santiago D'Avila

No dia em que você foi embora, fiquei imaginando você lá no alto, sentada em uma cadeira do avião, ao lado de uma pessoa desconhecida. A sua imagem foi ganhando altitude. A fuselagem do avião sumiu. Sumiram todos os outros passageiros e a tripulação também. Então sua cadeira esvaiu-se igualmente. E ficou só você, voando no céu escuro, indo para longe, muito longe de mim.

A SEXUALIDADE EM MAUS LENÇÓIS / Thyrson Fraga Moreira / Eliana Martins de Freitas

A sexualidade em maus lençóis trata das dificuldades que os indivíduos enfrentam quando o exercício da sexualidade não está mais tão agradável quanto antes ou, pior, quando está causando sofrimento para um ou outro elemento do casal, distanciando-o. Descreve-se a resposta sexual humana normal e suas fases características (desejo, excitação, orgasmo e resolução), assim como a resposta sexual humana disfuncional, ou seja, quando algo interfere no adequado desencadear das referidas fases, prejudicando o relacionamento sexual e afetivo. Os artigos não são científicos.

A TEMPESTADE / J. C. Marçal

O professor Isaiah Keller está finalizando seu doutorado em literatura inglesa na Universidade de VillaNova na Pensilvânia. Sua tese, muito controvertida, trata da obra A tempestade, de Shakespeare. Em sua visão acadêmica, as obras de Shakespeare, na verdade, foram escritas por Francis Bacon e representam um esquema mágico e cabalístico por meio do qual podemos atingir as esferas divinas superiores.

A TERCEIRA PESSOA / Vania Araújo

Um romance intrigante e misterioso, vai prender sua respiração do início ao fim. Rodolfo e Alessandra, um jovem casal, ao descobrir o verdadeiro amor, sofrerão em busca do “enfim, felizes para sempre”. Antes terão que lidar com a clássica personagem: A terceira pessoa.

A VIDA ANDA PRA FRENTE! / Amauri Martins

Escrevi este livro em sete semanas. Tudo que nele está escrito continua vivo em minha memória, minha infância e juventude na Vila Guilherme, minha vida profissional como professor da qual me orgulho, meus amores e meus amigos estão sempre presentes. Durante a leitura deste livro, você vai viajar comigo para lugares maravilhosos e, ao finalizar, vai se apaixonar pela dona Neusa. No espaço de 21 anos, em Veneza, ela conversou comigo duas vezes e você vai desvendar esse mistério!

A VIDA CRISTÃ E A ETIQUETA SOCIAL / Cassia Sant'Anna da Silva Dias

A Etiqueta Social está mais presente no nosso dia a dia do que imaginamos. Ela pode nos acompanhar à mesa do café da manhã, nas festas de aniversários de que participamos, nas vestes que escolhemos para cada ocasião, nas visitas que recebemos e fazemos, nas confraternizações em nossas igrejas, nos elevadores, nos restaurantes, nos nossos telefonemas, nas nossas próprias casas.

A VIDA EM MINHA ALDEIA / Maria Izaura Libardi Davel

Neste pequeno livro procuro escrever algumas passagens da minha vida na cidade de Castelo, no Espírito Santo, onde nasci em 1948. Para mim Castelo sempre foi o centro do mundo: aqui nasci, estudei, me formei, namorei, me casei, tive os meus filhos e trabalhei como professora até me aposentar. Conheci Castelo como uma aldeia, pois fui uma menina que brincou muito na rua, andou de trem, foi ao circo e caminhou descalça até os doze anos; também vi a construção da Matriz, conheci as mulheres que lavavam roupa no rio Castelo, fui mensageira do posto telefônico e mais tarde trabalhei como professora, orientadora e diretora de centenas e centenas de alunos.

A VIZINHA E OUTROS CONTOS / Orlando Pimentel

Na adolescência, descobri Nelson Rodrigues nas folhas do jornal Última Hora. Eram crônicas diárias intituladas "A Vida Como Ela É". Sofri influências diversas: Guimarães Rosa, José Cândido de Carvalho, Dom Helder Câmara, Artur da Távola e Jorge Amado. Nenhuma delas com a força de Nelson Rodrigues. O título do livro poderia ter sido "Três Calcinhas", conto que abre o livro. Poderia, também, ser o conto "Um Acidente", que fecha o livro.

ABRI AS PORTAS E SURGIRAM ASAS / Marcelo Kaiser Prado

Estas poesias são sonhos e desejos antigos que hoje se transformam em simples realidade, cujo valor não me é possível mensurar. Valorizo muito a importância de quem escreve e também o enriquecimento cultural de quem lê, pois com certeza amplia os horizontes mentais desbloqueando a leitura travada durante a vida. São experiências vividas, sofridas, de alegrias enormes aprendidas com muitas lágrimas e dores, com perdas e ganhos.

ACUMULANDO EXPERIÊNCIAS / Eunice Barbosa

O que melhor para falar de poesia do que falar de poetas? Estranho jogo de palavras, mas não estranhas ideias, pois o que os poetas mais querem é que a poesia participe cada vez mais da vida das pessoas, que as pessoas cada vez mais se interessem pelo conhecimento do mundo que se descortina quando “viajamos” levados pelo despertar de refúgios de dentro de nós mesmos, que, geralmente, não identificamos ao longo de nossas vidas.

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E LEI 8.112/1990 / Paula Loureiro da Cruz

Este livro se propõe a despertar o interesse do leitor, por meio de uma linguagem clara, objetiva e agradável, para o tema aqui tratado, cujo conhecimento é essencial para aqueles que são servidores públicos federais, ou que prestam concursos públicos na esfera federal, ou, ainda, que têm interesse em conhecer o regime jurídico concernente ao serviço público federal. É do conhecimento comum a existência de diferenças entre servidores públicos, empregados públicos e empregados celetistas, mas poucos conhecem ao certo quais são essas diferenças, e o porquê do tratamento jurídico diferenciado.

ALGUNS MOMENTOS / Nêodo Ambrosio de Castro

Nossa existência é feita de momentos. Alguns muito especiais que fazemos questão de lembrar sempre com muito carinho. Outros nem tanto, principalmente aqueles que nos deixaram cicatrizes e desagradáveis lembranças que tentamos esquecer. Tentativa inútil. Assim é a nossa vida. Uma caminhada com princípio e fim, cujo trajeto nos oferece belas paisagens tanto quanto inoportunos acontecimentos que podemos comparar a acidentes que nos desagradam e deixam marcas que teremos que suportar e carregar até o fim da estrada. Marcas que só a morte será capaz de apagar.
Flávia Polato de Castro Almeida

ALTMETRIA PARA BIBLIOTECÁRIOS / Andréa Gonçalves do Nascimento

Novas formas de produção e disseminação do conhecimento no meio acadêmico trouxeram consigo questionamentos sobre a necessidade de adotar novas maneiras para medir, avaliar e dar significado à produção científica. Antes mesmo de serem citados, os resultados de pesquisa são compartilhados, marcados como favoritos, comentados em redes sociais, visualizados e baixados.

AMAR É UMA DECISÃO / Mônica Valéria

A obra traz histórias de solteiros, casados e divorciados, que como a maioria apostaram no amor, mas contudo, nem todos o encontraram, e se encontraram, o perderam. Traz a reflexão através das diversas experiências que não há receita, que cada pessoa vive e pensa de maneiras muito diferentes, mas que no fim, amar é uma decisão, tão racional quanto decidir comer ou perdoar alguém.

AMOR E GUERRA II / Freddy Nagel

Em Amor e Guerra II – Em Solo Alemão, ele apresenta uma história carregada de emoção e drama, em que o amor e as incertezas do futuro marcam a vida da protagonista. O conflito da Segunda Guerra é visto, nesta obra, sob o olhar angustiado e atormentado de Ruth.

AMOR E MÚSICA / Neila Martelli Toledo de Campos

Raquel é uma jovem universitária de classe média alta que sonha em ser cantora. Victor é um rapaz pobre, morador de um bairro perigoso, que sonha em terminar os estudos, arrumar um emprego melhor e mudar com seus pais e irmãos para outro bairro. Raquel e Victor.

ANDANTE MODERATO / Fernanda Pittella

"Andante Moderato - Aquarela Asiática"  é um extenso viajar dentro do Sudeste Asiático e do Japão, uma região rica em cheiros, sabores, cores e diversidade. A autora delineia um cenário de sonho e expande seus relatos em reflexões breves, porém profundas, em torno de cada país visitado, numa viagem que começa em Singapura e passa pela China, Japão, Vietnã, Camboja e Tailândia.

ANTES DA ROSA / Karol Duarte

Esta obra é dedicada à memória de Marcos Alves Pereira, meu pai. Adotei uma linguagem simples e direta para que o livro não se torne cansativo e, assim, possa proporcionar um prazer crescente em lê-lo. Que os poemas possam fluir do livro para você, caro leitor, pois todos nós sabemos que as palavras têm poder, mas a maneira como cada pessoa é atingida é indescritível.

ANTES DE MORRER PRECISO DE UMA FESTA / Driss Ghali

Antes de morrer preciso de uma festa é o relato altamente pessoal de um policial de elite de origem árabe que, por um acaso da vida, vira guarda-costas de um jovem e paranoico ditador africano. Escritas inteiramente de memória, já que ele não manteve um diário, essas páginas são um passeio ora engraçado, ora tenso, pelos corredores do poder. Vaidade, bajulação, cinismo e incompetência.

ANTOLOGIA CASA DA POESIA VOL 6 / Vários Autores

A Casa da Poesia é uma rede social de literatura que une poetas do Brasil todo e de outros países de língua portuguesa. Ela conta, também, com o apoio do Facebook, onde tem seu “Grupo Casa da Poesia”, que é bastante movimentado no seu dia a dia. A Casa da Poesia tem como escopo a união dos escritores virtuais que tenham por objetivo, através da arte do escrever, beneficiar e trazer cultura para o maior número de pessoas possível no mundo...

ANTOLOGIA CASA DA POESIA VOL. 5 / Vários Autores

A Casa da Poesia é uma rede social de literatura que une poetas do Brasil todo e de outros países de língua portuguesa. Ela conta, também, com o apoio do Facebook onde tem seu “Grupo Casa da Poesia”, que é bastante movimentado no seu dia a dia. Temos como escopo a união dos escritores virtuais que tenham por objetivo, através da arte do escrever, beneficiar e trazer a cultura para o maior número de pessoas possível no mundo... nunca esquecendo do sistema de incentivo e apoio ao escritor iniciante, o que fará com que tenhamos uma sociedade melhor e, por consequência, um mundo melhor.

ANTOLOGIA DE POESIAS, CONTOS E CRÔNICAS DA CASA DA POESIA - VOL 4 / Vários Autores

A Casa da Poesia é uma rede social de literatura que une poetas do Brasil todo e de outros países de língua portuguesa. Ela conta, também, com o apoio do Facebook onde tem seu “Grupo Casa da Poesia”, que é bastante movimentado no seu dia a dia. A Casa da Poesia tem como escopo a união de escritores virtuais que tenham por objetivo, através da arte do escrever, beneficiar e trazer a cultura para o maior número de pessoas possível no mundo... nunca esquecendo do sistema de incentivo e apoio ao escritor iniciante, o que fará com que tenhamos uma sociedade melhor e, por consequência, um mundo melhor.

ANTOLOGIA DE POESIAS, CONTOS E CRÔNICAS DA CASA DA POESIA - VOLUME 3 - 2 EDIÇÃO / Vários Autores

A Casa da Poesia é uma rede social de literatura que une poetas do Brasil todo e de outros países de língua portuguesa. Ela conta, também, com o apoio do Facebook, onde há grupo “Casa da Poesia”, que é bastante movimentado no seu dia a dia. A Casa da Poesia tem como escopo a união de escritores virtuais que tenham por objetivo, através da arte do escrever, beneficiar e trazer cultura para o maior número de pessoas possível no mundo. Isso fará com que tenhamos uma sociedade melhor e, por consequência, um mundo melhor.

ANTOLOGIA POETRIX 5 / Goulart Gomes (org.)

Pedagog@s, médic@s, engenheir@s, advogad@s, arquitet@s, professor@s, agrônom@s, psicólog@s e comunicador@s, oriund@s de Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e do Sul e Rondônia, com portugueses e colombianos, aqui se apresentam nesta quinta antologia. O poetrix, como construção poética, é genuinamente brasileira, construída por um coletivo de poetas de todas as regiões do Brasil, que conquistou, por suas características únicas, poetas de outros países.

ANTOLOGIA SCORTECCI 35 ANOS / Vários Autores

A Scortecci edita, imprime e comercializa livros em pequenas tiragens desde 1982. Recebeu os prêmios: Jabuti (Câmara Brasileira do Livro), APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), FBN (Fundação Biblioteca Nacional), ABL (Academia Brasileira de Letras) e PEN Clube. Foi finalista do Prêmio Jabuti (Câmara Brasileira do Livro), por mais seis vezes, nas categorias: Poesia, Contos e Reportagem. A Scortecci é associada da CBL – Câmara Brasileira do Livro e da Abigraf – Associação Brasileira da Indústria Gráfica.

ANTROPOLOGIA JURÍDICA / Pietro Nardella-Dellova (org.)

Esta Antropologia jurídica: uma contribuição sob múltiplos olhares é um convite ao estudante de Direito a fim de que o mesmo saia de um ângulo (quase canto) dogmático, arrebente as algemas das instituições jurídicas e, gradualmente, passe a compreender o desenvolvimento das mesmas, seus objetivos e suas características. 

AO POETA NÃO PORÁS MORDAÇA / Alberto de Godoy Azeredo

“Poesia se resume a carne, osso e sangue, o resto é conversa mole; tudo isso já basta, tudo isso já encerra um grande mistério.”  Sobre a arte da poesia, esse é o veredicto do poeta Alberto de Godoy Azeredo, natural de São Bento do Sapucaí, no interior do Estado de São Paulo. Ele ainda diz que, na sua experiência, os três elementos são impregnados de corcovas de montanhas, névoas geladas de invernos e calores amenos de verões, marcas indeléveis da sua cidade. Alberto de Godoy Azeredo lançou no ano de 2016, também pela Scortecci Editora, o seu terceiro livro de poemas, intitulado O invisível pardieiro de pétalas.

APRENDENDO A GANHAR DINHEIRO COM AS FORMIGAS / Ailton Lemos

O livro: "Aprendendo a ganhar dinheiro com as formigas" conta histórias de pessoas que conseguiram muito dinheiro mas ficaram pobres. Dar dicas de como fazer para ter dinheiro agora e na velhice, bem como investir com inteligência. Mostra ainda como brincar de máquina do tempo e ter dinheiro com essa brincadeira. Boa leitura.

APRENDENDO MATEMÁTICA / Heitor Churchill Ferreira de Souza

Aprendendo Matemática – o primeiro de uma série de cinco volumes – visa incentivar e despertar o interesse do estudante, já que usa métodos originais, procurando mostrar que o aprendizado da Matemática é baseado na lógica e não apenas no mero “treinamento” e memorização.

APRESENTAÇÕES / Martim Ferrer

Apresentações empreende uma exploração da realidade em que nos encontramos. Parte-se de eventos mundiais recentes e de experiências existenciais para determinar a sua significação para nós. Descobrem-se aspectos políticos relacionados com a história e com a civilização para discutir a direção que a humanidade toma hoje. Um livro sobre o homem no presente e a sua história.

ARQUITETURA DA PAZ / Luciene Figueiredo

Unindo dois conceitos: arquitetura e paz, a autora pesquisou o espaço que proporciona a percepção ou a sensação de paz no usuário, além de elementos construtivos sustentáveis que podem ser utilizados para este estado de serenidade. É preciso aprender a contemplar para ter paz. Paz é se harmonizar com o movimento da natureza e deixar a vida fluir. Incluir um novo conceito arquitetura da paz é uma busca que se tornou importante numa era tão rápida e agitada.

AS MELHORES OBRAS DESTE SÉCULO / REBRA

Joyce Cavalccante, fundadora, presidente, e megamusa da inspiração da REBRA, conseguiu juntar os textos mais criativos, mais inovadores, mais apetitosos que vêm sendo produzidos no Brasil atual. Até certo ponto, é apenas uma coincidência que o maior talento literário se encontre na caneta que está na mão da mulher. Em outro sentido, é pura conscientização sociopolítica de realidades anteriormente ignoradas ou esquecidas. Está na hora de celebrar esse dinamismo textual, a-dor-ando a dor aqui inscrita e resgatando a feminilidade da palavra “amor”.

AUMENTAI A MINHA FÉ / Reverendo Marcio Souto

AUMENTAI A MINHA FÉ, é uma obra que vem de encontro aos anseios e as dúvidas de muitos. Falar sobre a FÉ, é um desafio constante, por isso o autor buscou referências e aborda o tema com muita propriedade. Falar ainda sobre os ANJOS e suas atividades é algo que já há muito tempo o autor queria fazer, e, neste livro fica evidenciado qual a função dos anjos perante Deus.

AURORA DOS CORPOS / Marcos Arrais

Aurora dos Corpos conta uma pequena história do Tempo: no humano, sob o ferro e o fogo da impermanência. Também, a fenda e a brecha por onde o calor das possibilidades passa. O Tempo é a tela, o pincel, as massas de tinta e cor, através das quais o destino articula e desarticula seu movimento. É o completo cenário onde tudo acontece. Mais além... É a própria engrenagem dos fenômenos. Tempo é movimento. Transformação, de delicadeza em delicadeza. Metamorfose, também, na violência. O Mundo é delicado e árduo.

AUTUMN LEAVES / S.D. Phillips

Seven years of poetry… the leaves of the heart. Each chapter a different color… and here, red is not of love. In a candlelit room, shades pulled up to see the night sky, the world asleep… a glass of wine; Autumn Leaves was written. It is a love story, a drama. It plays with words, renders to happiness, talks to great masters, makes feelings flourish, and quickens the beat of an erotic heart.  In Autumn Leaves, life is displayed to its fullest.

BAIRROS DE MACEIÓ / Ari Lins Pedrosa

A obra é uma visão no estilo poético dos bairros de Maceió. Suas origens, seu passado e o presente pulsante.

Ari Lins Pedrosa, já lançou 18 livros, a maioria lançados pelo Grupo Editorial Scortecci.

BARILOCHE, 10 ANOS DE AVC / Norberto T. Takahashi

“Se eu gostei de Bariloche? Não! Porque eu fui de pé e voltei sentado.”
“... as fonos Roberta/home care e Deinha/AACD e a otorrino Dra. Patrícia moram no meu coração, ou melhor, na minha garganta e estômago porque eu atribuo o mérito da retirada da traqueo e gastro a anos de trabalho magnífico dessas três deusas...”
“... e falo balbuciando como um bêbado que às vezes baba na barriga.”
“Sequelado sim, mas com a cabeça boa” (sequelas).

BIOGRAFIA EM CORDEL / José Amorim

O livro conta a história de um menino nascido no interior do Estado do Ceará, na segunda metade do século XX, onde viveu desde o seu nascimento até a adolescência, mostrando o seu desenvolvimento, o relacionamento familiar, as alegrias e as dificuldades enfrentadas em consequência da dura realidade da região. Atingindo a maioridade, o jovem parte para São Paulo em busca de melhores condições de vida.

BOA VISTA RORAIMA / Chaguinha do Biá

O sexagésimo terceiro livro intitulado Boa Vista – Roraima, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Foi dessa maneira, pensando nos milhões de leitores inteligentes, que elaborei estes textos que acabaram fazendo partes complementares deste livro, servindo de apoio às ações que envolvam o processo de ensino-aprendizagem no ambiente escolar.

BOCA DA NOITE / Robson Miguez

Acabo de ler Boca da noite, mais um livro de memórias, muito interessante, do meu amigo artista plástico, compositor e também escritor nascido em São Luís, capital do Maranhão, e radicado na cidade de São Paulo, Robson Miguez. Por intermédio de um voo literário livre, algumas vezes lançando mão do recurso e da força poética da trova, o autor consegue costurar uma colcha de retalhos para compor uma verdadeira obra popular.

BODAS DE SALGUEIRO / Vitor Luiz Leite

Vitor Luiz Leite é morador de Senador Camará, Rio de Janeiro, professor de História formado pelas Faculdades Integradas Simonsen, aluno do Seminário de Filosofia e colunista do Jornal Portal Zona Oeste. Aficionado pelo século XX, tem como autores favoritos Dalton Trevisan, Richard Pipes, Nelson Rodrigues, Edgar Allan Poe, Ariano Suassuna, H.P. Lovecraft e Robert Gellately. Atualmente desenvolve uma pesquisa independente, sobre a  história da União Soviética.

BOLERUS / Vanderley Sampaio

Bolerus é um termo instigante para dar nome a um livro que nos sugere uma leitura sem plano de voo definido, em que podemos assistir à dança dos versos construindo imagens, cadências e zumbidos. Nesses poemas e outros delírios líricos de Vanderley Sampaio, somos confrontados com nossos devaneios e temores mais cotidianos ao mesmo passo em que desejamos conhecer o segredo do Universo.

BOM CONSELHO / Bernardo M. "Azinheira"

Composições Poéticas de um Historiador Aventurado e Sentimentalista (Reflexos da Paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho)
Bernardo Mazzucato Azinheira.

1 – História da evolução da Paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho – Vila Prél
(diocese de Campo Limpo, São Paulo – SP)
2 – Poemas / Poesias / Eventos / Temas de Religiosidade / Dedicatórias / Reflexões / Lendas / Histórias Diversas
3 – Revisão Histórica – Episódios marcantes vivenciados entre os anos 1969/2013

BORBOLETAS DA ALMA / Tatiane Souza

O objetivo de Tatiane Souza, em Borboletas da alma, é apresentar ao leitor o universo da liberdade de seus pensamentos sobre as linhas e tornar possível a todos a leitura de seus versos. E também incentivar os leitores a terem inspiração de pegar uma caneta e fazer seus próprios pensamentos percorrerem o papel branco e se libertarem.

CALEIDOSCÓPIO MUNICIPAL / Nelson de Castro Senra

Em todo e qualquer caleidoscópio, quem com ele brinque, a um toque simples, ao acaso, ao sabor dos sonhos, desligado da realidade, fará cacos de vidros (ou pedras quaisquer, até mesmo valiosas) criarem e recriarem imagens incríveis, completamente imprevisíveis.

CAMINHANDO E CANTANDO / Daisy Buazar

Amor e amizade, sentimentos de difícil definição. Muitos escritores, psicólogos e filósofos, dentre estes Platão e Aristóteles, tentaram defini-los. Cada um os sente de uma maneira única. Somente quem os vivencia pode ter uma ideia do que sejam. Por isso, não importa a definição. O que realmente importa é a sensação. Esses sentimentos e emoções constituem o tema da maioria das crônicas, contos, poesias e mensagens que a autora selecionou para este seu primeiro livro individual. Alguns textos foram publicados nas antologias da AJEB e da REBRA, outros são inéditos.

CAMINHO DE VOLTA AO AMOR / Claudia Barbieri

Para definir Caminho de volta ao amor, fiz uma analogia com mudar de casa. Por onde começamos? Pela procura do novo. Pela procura de algo diferente, que atenda às novas expectativas e necessidades que nos aguardam. Depois, vem a despedida da casa antiga, do “velho”, o desapego de tudo o que esta casa proporcionou. E, por fim, a casa nova. Agora é hora de colocar tudo em seu devido lugar. O “novo” pode surpreender. Imagine que você é a casa “antiga”. Para entrar em contato com as dores, tristezas, medos, crenças que limitam, é preciso coragem.

CAMINHOS DA POESIA / Raimundo Alves

Caminhos da poesia é a mais recente criação poética do primoroso escritor Raimundo Alves. Nesta obra, o autor nos revela o seu lado literário mais maduro ao explorar recantos de nossa existência. Dessa forma, em poesias como “Despensa dos pássaros”, mostra aspectos como as belezas do mundo tropical, com suas cores, cheiros e sabores. Engana-se, no entanto, quem pensa que termina por aí. Há muito mais!

CAMINHOS DA POESIA / Raimundo Alves

Caminhos da poesia é a mais recente criação poética do primoroso escritor Raimundo Alves. Nesta obra, o autor nos revela o seu lado literário mais maduro ao explorar recantos de nossa existência. Dessa forma, em poesias como “Despensa dos pássaros”, mostra aspectos como as belezas do mundo tropical, com suas cores, cheiros e sabores. Engana-se, no entanto, quem pensa que termina por aí. Há muito mais! Nota-se, por exemplo, traços da alma brasileira em que o autor, incansavelmente, intenciona vislumbrar o futuro ao ponderar detalhadamente sobre o passado histórico que se revela tão impactante e visível em nossos dias atuais. Basta ler poesias como “Conquistas”, “Brasileiros” e “Abaeté”. Discorre, ainda, poeticamente sobre religiosidade, família e amor, entre outros temas.
Auro Malaquias dos Santos - Bibliotecário

CAMINHOS DO CORAÇÃO / Mônica Thiele Waghabi

Sou alma de voo livre. Meu maior deleite é a admiração e os espaços que ela me abre. Meu sorriso, minha marca. Me encantam os detalhes e as enormidades do que a natureza me mostra, minha mestra de infinitas lições. Me delicio com uma boa taça de vinho e, sem dúvida, com música, minha vida e profissão. Cantar me encanta. Tiro dias inteiros e fico a transformar e saborear os alimentos que passam por mim.

CAMINOS DE PIEDRA, TIERRA Y ARENA / Flavia Alice Zogbi

Esta es una historia de transformaciones y logros. ¿Por cuántos caminos tenemos que cruzar que nos hacen crecer como persona? Hay situaciones que nos suceden por casualidad o no que con el tiempo, empiezan a tener sentido para nosotros. La autora también experimentó algunas de estas experiencias. Sea por la religión o por la salud siempre fueron motivadores para ella. Este libro cuenta la historia de dos jóvenes que han cambiado sus caminos de vida. Felipe o Lipe, un joven brasileño, gana un libro del tío y comienza a reflexionar sobre su vida.

CASAMENTO: ESTAÇÃO DO AMOR / Pe. Vicente Ferreira de Lima

Dentre as grandes decisões da vida humana, uma é o casamento e, por certo, um dos passos mais importantes da existência. Deus, na sua infinita sabedoria, no início da criação, instituiu o casamento, tornando-o uma instituição permanente e indestrutível. A vida humana se constitui em um dom e, ao mesmo tempo, em um mistério. Dom porque, incontestavelmente, é presente de Deus Criador e Soberano de toda a criação; mistério porque cientificamente ainda inexplicável quanto à origem, embora pela fé, sabe-se que a vida tem origem na determinação de Deus que a criou.

CASOS DE ALICINHA, ANEDOTAS E OUTRAS LOROTAS / Eliane Gouveia

Através da narrativa leve e sensível de Alicinha revelam-se casos, crônicas do cotidiano, conversas de criança, cenas engraçadas de família, anedotas, todas vivenciadas por ela, ou contadas, principalmente pela Comadre Cota e Zezeca, os dois homenageados pela autora. Com a máquina de costura emprestada de “Tunica”, uma das personagens do livro, a “costureira” Alicinha vai tecendo uma rede fantástica de histórias, algumas contadas por várias gerações, tiradas do baú de lembranças da “narradora-costureira”.

CÉLTICOS / Enrico Barale

Duncan McAndrews não é um vampiro que se encontra facilmente nos livros de literatura fantástica. Dono de poderosos dons e fundador de um clã que reúne, quase sempre, vampiros com alto senso de justiça e companheirismo, sua figura é sedutora e envolvente. Uma história rica nos cenários, nos detalhes e na construção das personagens, capaz de prender a atenção e despertar o interesse pelo próximo passo de cada integrante durante toda a leitura.

CHEGANDO À OUTRA MARGEM / Marcelo Teixeira

Você está prestes a vivenciar neste livro todos os detalhes do que passa na cabeça de uma pessoa que quer, mais do que tudo na vida, mudar seus hábitos e encontrar uma nova maneira de viver, e se joga de cabeça em dois grandes desafios.

CHIMARRÃO E CAFÉ / Pedro Paulo de Salles Oliveira

História e crônicas, vividas e escritas no decorrer de uma vida, vêm temperadas com alegrias e emoções, até a lembrança que capta os fatos reais, descritos pelos pais e avós, na primeira infância do  autor. Depois, as épocas separadas mostram como registro sua biografia em cidades de Santa Catarina, São Paulo, Paraná e, de novo, São Paulo, até hoje. Chimarrão e café pretende remeter o leitor aos seus maiores, gaúchos e paulistas, sempre envolvidos em ambientes políticos conturbados e de reais perigos, em busca, lá e cá, de ideais baseados na moral e na ética.

COISA PERDIDA / Adroaldo Mangueira Bastos

A luta contra a seca sempre foi uma sina do sertanejo. O céu azul cristalino sempre foi visto como um problema. A falta de água sempre denuncia uma calamidade. Mas e os homens? Que calamidades estão dentro de cada um e em suas ações?... Os contos Coisa Perdida e Os Mortos-Vivos relatam fatos destes sobreviventes que são muitos e estão em toda parte. São gritos ou choros enviados pelos ventos, quando os olhos que veem são indiferentes e quem ouve os ignora. Mas não é só isso, existem outras histórias e não reparem se em algumas houver destroços humanos.

COMPETITIVIDADE NO SETOR DE VIAGENS E TURISMO / Aristides Faria Lopes dos Santos

A ação governamental pode dinamizar o turismo regional. A partir dessa premissa, Aristides Faria Lopes dos Santos desenvolveu um estudo de casos múltiplos sobre as relações de hospitalidade e hostilidade existentes entre o poder público e seus stakeholders no setor de viagens e turismo em nível local e regional. O objeto de estudo foram os municípios litorâneos paulistas de Cubatão, Itanhaém e Santos.

COMUNHÃO / Getulino do Espírito Santo Maciel / Maria de Lourdes Camelo

As crônicas de Getulino e Lourdes têm cheiro e sabor. Cheiro bom como o que se derramava dos doces que a preta simples e sábia preparava. Aquela mesma preta que (trecho delicioso!) “passou pela vida sem luxos, não usou rouge, não ganhou abraços”. Cheiro marcante como o “cheiro de mantimento, misturado com cachaça e fumo de rolo” da venda do avô de Lourdes. O leitor embriagou-se? Ainda não?

CONEXÃO BOGOTÁ / Lorival Benite

Conexão Bogotá tem lugar dentro do governo revolucionário, mas de maneira romântica e sutil, com ações mescladas com atividades policiais para barrar contravenções sempre clandestinas, em sua maioria relacionadas ao contrabando e tráfico de drogas dos países da América do Sul para o Brasil.Naquela época, já havia forte contrabando nas fronteiras brasileiras, e a polícia, corajosa porém em número insuficiente e sem aparato tecnológico, não vencia a invasão de drogas e eletroeletrônicos.

CONFUSÕES DA MINHA MENTE / Ricardo Carneiro Leão (Dr. Poeta)

Prezado(a) amigo(a) leitor(a), as páginas deste livro que você está começando a ler e continuará lendo desde que essas minhas primeiras palavras despertem em você a curiosidade de conhecer alguns outros planetas habitados espalhados pelo universo infinito. Planetas que eu conheci. A narrativa que faço não sei se é pura ficção, se é loucura pura ou se é pura realidade. Em algum momento viajei por esses planetas que você vai conhecer, se é que ainda não conhece. Mesmo que conheça não conhece tão bem como eu conheci, porque eu estive lá.

CONTOS DE OFICINA / Rute Gusmão

O livro Contos de Oficina, produção inaugural da autora em prosa, reúne temas que envolvem também nossas questões sociais, políticas e históricas. Assim, em Graças encontramos conflitos pertinentes à arte, à cultura em geral e ao amor; a classe média diante da violência urbana; a libertação da mulher, o envelhecimento e a morte. Já em Fogueiras a autora se detém em situações políticas, narrando ora de forma realista, ora encantatória, um passeio presidencial, um comício no interior, as memórias de um preso, a destruição da cultura.

CONTOS ESTRANHOS / Mauro Guilherme

Foi um dia estranho aquele em que um homem vestindo túnica, apareceu na casa de dona Dirce. Ela não estava, mas ele pediu para esperar. As crianças da rua vieram correndo quando souberam que havia um homem estranho ali. Os adultos da vizinhança também vieram espiar o visitante. Era uma cidade ainda provinciana, onde as pessoas sentavam à porta de suas casas e dormiam de janelas abertas, sem medo de violência ou ladrão.

CONTOS QUE TE QUERO CONTAR / Suzana Heemann

“Contos que te quero contar” são os resultados do apaixonado viver desta autora. Com um linguajar acessível e elegante, ela transmite o gosto de sua vida para o leitor. Alguns contos são histórias de amor, outros educativos e resultado de sua vasta experiência como psicanalista, mas em todos se ressalta a aproximação da autora ao humor e à realidade. Os contos que Suzana te conta têm todos sua origem em vivências da vida real da autora. Assim, em “Rasgou nossos corações” ou “A cor da Lingerie”, encontramos o romance e o amor se desenrolando.

CONTOS SEM COMPROMISSO / Rosario Tortoro

À noite, estando eu no sítio, tenho o costume de apagar todas as luzes, e sentado na varanda, fico admirando as estrelas. Assim, deixando a mente vagar, vou conjecturando sobre os mistérios do Universo. Acompanho o pisca-pisca dos vaga-lumes, os voos rasantes dos morcegos, o cricrilar dos grilos, e extasiado não penso em nada que possa me tirar de tamanha contemplação. Numa dessas noites, nesse clima de extremo contato com a natureza, recebi a visita do caseiro Jonas que largou a televisão e veio puxando conversa.

CORPOS MARCADOS / Carlos Fernandes

Composta por sonetos, quadras, trovas e outras formas poéticas, a obra centra-se nos temas de violência e de morte, utilizando-se de fatos da vida cotidiana em geral e da história do Brasil em particular. Além do público literário, dirige-se a professores de Literatura e de História.

CRIANÇA FERIDA, CRIANÇA QUE FERE / Alexandra Caymmi

Com uma metodologia inovadora, especialmente criada para todos aqueles que desejam trabalhar os transtornos de ordem afetiva em crianças, Alexandra Caymmi, com a sua Terapia dos Vínculos Afetivos, ensina como os pais, psicólogos e professores podem transformar uma criança ferida em uma fonte inesgotável de amor, solidariedade e empatia.

CRISTOBALDO NO PAÍS DE CÁ / Flávio Spina

Este trabalho intelectual não poderia ser tão antagônico se deixasse de evocar em seu perfil biográfico uma analogia enxadrezando a fácil dedução, como se a história do “País de Cá” fosse similar a de muitos países que conhecemos. Todavia, há sim, na excepcionalidade de asserção, a história de um país líder no deboche institucional e na corrupção franqueada, que bem traduz ser “de Cá” o país em que vivemos, não obstante a continência de coloquialidade e o contraponto, enfocados no discorrer dos fatos.

CRÔNICAS GUAJARAMIRENSES / Paulo Cordeiro Saldanha

O presente trabalho literário tenta resgatar para as gerações atuais e futuras a importância e o legado de homens e mulheres que, lá atrás, seduziram a História, deixando exemplos de civismo, altruísmo e nacionalismo aqui no Noroeste brasileiro. Foram pessoas que, vencendo desafios naquele tempo em que tudo conspirava contra a obtenção de vitórias e de afirmação cidadã, edificaram conquistas materiais e espirituais, com uma contribuição intensa e multiplicadora que dá gosto divulgar.

DA CORPORALIDADE LÚDICA À LEITURA SIGNIFICATIVA / Claudemir Belintane

POR QUE LER ESTE LIVRO? Avaliações oficiais confirmam que mais da metade dos alunos das escolas públicas brasileiras não conseguem atingir níveis de leitura suficientes para prosseguir seus estudos. Em nossas avaliações comprovamos que, mesmo em escolas privadas de bom nível, a consolidação da leitura fluente e significativa ainda é um grande problema. Seria possível mudar tal quadro? Seria possível alfabetizar e ensinar a leitura de modo a diminuir esses incômodos percentuais?

DA FLOR DAS ARTES, O NÉCTAR / Fábio Padilha Neves

As artes são para mim como o meu jardim. E só me tornei uma abelha capaz de usufruir do néctar das artes com mais propriedade quando enveredei pelo ato da escrita. Antes disso, cada flor me parecia uma planta carnívora ou um cacto sem que tivesse forças para sugar nada.

DA PITANGUEIRAS À PASÁRGADA / Benedictus Philadelpho de Siqueira

A arte tenta capturar o tempo. E que é o tempo? Uma ampulheta? Uma nuvem que dissolve sonhos? Um pássaro em voo noturno? Uma carta vinda de Pitangueiras? Um sonhar de amor numa rede em Pasárgada? Uma infância que não se perdeu? Cadê o menino que acordava cedo para a lida da fazenda? Cadê o menino que empunhava um bodoque e gostava de fisgar lambaris?

DAVID BENEDICTO OTTONI / Flávio Ottoni Penido

Após o primeiro volume David Benedicto Ottoni – Sua história e descendentes, em que conhecemos a vida pessoal e as experiências de David, e também sua descendência, mostraremos neste segundo volume seus relatos como médico e humanista, suas viagens pelo Brasil de norte a sul, Uruguai, Argentina e Paraguai. Tais relatos e sua estatística são um importante testemunho das condições de saúde, em especial na oftalmologia, do Brasil daquela época.

DE SONHOS E DE CARNAVAL / Aglaete Nunes Martins

A Obra apresenta poesias e poemas de SONHOS que falam de Amor, exaltação às Mulheres, perpassa o Meio Ambiente, abordando questões Étnicas, decanta a Morte. E Contos de CARNAVAL, num resgate de sua origem e da ancestralidade que permeia a representatividade que encerra, enquanto identidade e pertencimento para aqueles que faziam deste, nos primórdios de nossa era uma alternativa de lazer. Divaga por histórias do convívio e vivência, vivenciadas e vividas com personalidades que referenciam esta que é a maior e mais autêntica manifestação da cultura e da arte popular brasileira em seu linguagear autêntico que agrega, encanta e unifica a todos numa só linguagem universal.

DEIXA EU TE CONTAR? / Wilson Quintaneiro

Wilson Quintaneiro nasceu em 12 de fevereiro de 1927 na cidade do Rio de Janeiro. Reside, desde 2007, em Formosa (GO), onde participa de movimentos ambientais e culturais. Publicou cinco livros: Conto e Curto Contos Curtos, Versos Inversos, Chutando o Pau da Barraca, Um Domingo Outros Dias Outros Tempos e Para Ler na Cama.

DEPOIMENTOS DE UM SONÂMBULO / Igor Valencia

O ato de escrever poesia tem uma linha extremamente tênue com o estado de sonambulismo. As funções motoras operantes e o consciente desligado dão espaço à imaginação e ao inconsciente. É muito difícil saber como surge um poema ou de onde vem a inspiração, mas com certeza o poema nos inspira e nesse momento de reflexão é a mais pura poesia.

DER HELD AUS WALDLAUBERSHEIM / Valdir Cecil Schirmer

Dieses Buch erzählt die Geschichte der Einwanderung aus Europa nach Brasilien, basierend auf dem Leben einer zentralen Persönlichkeit: meines Vorfahren GEORG SCHIRMER, ursprünglich aus WALDLAUBERSHEIM im Königreich Preußen, heute Deutschland. Jeder Nachkomme eines Einwanderers wird erfahren, was er fühlte und was seine Vorfahren mitmachten, weil was einen bewegt hat, hat alle bewegt und was einer gefühlt hat, haben alle gefühlt.

DESABAFOS DE UM PROFESSOR / Prof. Rogerio Mazzini

Este livro não é um manual de Pedagogia, pois o autor não pretende ensinar ou formar professores, nem propagar “receitinhas de bolo”, como: “Faça isso e aquilo, e o seu trabalho em sala de aula será um sucesso!”. Livros para iludir professores e população já existem aos montes nas prateleiras de livrarias, bibliotecas, bancas de jornal e lojas de conveniência!

DEUTERONÔMIO 18:15 - LITURGIA: MISSÃO E JUSTIÇA / Abadi

Neste livro, que vai escrito em prosa e principalmente em verso, é abordada a estruturação de uma fundação que manterá a Igreja Hesmirraísta Hadrianista como missão dada pela liturgia 41 e que veio através de uma revelação da fonte de reza. Tal igreja é o acórdão transcendental de unificação dos três maiores centros religiosos (Igreja Católica, Mesquita e Sinagoga) que seria a sexta Aliança Sagrada já que a quinta foi trazida por Jesus Cristo, mas não foi escrita por seu próprio dom. Já a palavra Justiça significa dar um sentimento de justiça que nasça da virtude ética por excelência, a fim de o homem alcançar a remissão dos pecados, quitando sua dívida com o sagrado.

DEUTERONÔMIO 18:15 - TRANSCENDÊNCIA CÉUTICA DO ADRIANISMO / Abadi

Neste livro, que vai escrito, na maior parte, em músicas e poéticas, é abordada a transcendência céutica que se estrutura no seguinte binômio: “Enquanto o pai Deusalajavé, filósofo, desmonta a sinagoga para dar luz à sua solidão para mostrar a escuridão, o artista, filho Ádrian Lorenzo, o Jesus Cristo Javé, em seu lugar monta uma hesmirra para encontrar um caminho para a luz da transcendência, para a transcendência do povo judeu”.

DEVANEIOS / Alecio Neto

Vencedor do I Concurso Literário Afeigraf – 2016 na Categoria Livro de Poesias, Devaneios foi o nome dado por Alecio Neto porque expressa como o autor se sente ao escrever seus poemas. A realidade dura e fria se transforma em cada linha. O cotidiano passa a ser o centro das atenções. Os pensamentos mais profundos ora são revelados com simplicidade, ora são escondidos nas entrelinhas.

DEVANEIOS / Jefferson Vianna

Em Devaneios, expresso sentimentos por pessoas com quem convivi e ainda convivo, algumas que amo, outras que amei profundamente, sem medo e sem preconceitos. Eternizo momentos que vivi e ainda viverei, falo de amor, de esperança, de vida e dos meus desejos mais íntimos

DEZOITO / Everton Medeiros

Na Cabala, o número dezoito tem um significado especial e corresponde ao poder de vontade da alma. Ele é equivalente ao valor numérico da palavra hebraica “Chai”, que tem como significado “vivo” ou “vida”. E vida é aquilo que é dado pelo autor aos inúmeros personagens, humanos ou não, que compõem os DEZOITO contos desta variada obra. Neste livro, o autor viaja no tempo, no espaço e por diversos gêneros de conto.

DIÁRIO DE UMA ANALISTA / Rosangela Matos

Teoria e prática caminham de mãos dadas neste livro. Partindo de sua sólida experiência profissional e consequentemente das lacunas existentes nos tratamentos psicanalíticos, Rosangela nos presenteia com um tratado sobre o comportamento humano, no qual leva em conta o sujeito contemporâneo e as novas modalidades de sofrimento do mundo moderno. Ela nos ensina a lidar com a cabeça, esclarecendo dúvidas relacionadas aos tratamentos das doenças emocionais, área ainda de difícil compreensão e carregada de estereótipos, preconceitos e estigmas.

DIAS DE SOMBRA DIAS DE LUZ / Renata dos Anjos

O livro “Dias de Sombra, Dias de Luz” e seus poemas seguiram a ideia de uma divisão complementar. Como uma árvore que recebe em si os luminosos raios solares e, esplêndida, exibe suas cores ao mundo sem deixar de projetar sobre o solo a forma de sua sombra, também nossas vidas são compostas por estes lados inseparáveis de sombras e luz. Sombras, aquele lado de formas indefinidas, caminhos etéreos, imagens vagas, onde buscamos entender a que, afinal, se refere e qual relação mantém conosco.

DINÂMICAS OCULTAS / Celene Thaumaturgo

Existem muitas dinâmicas ocultas, desconhecidas para nós em nosso universo pessoal. Qual delas afeta o nosso bem-estar? Onde estou emaranhado? As mudanças são inevitáveis, mudar o paradigma significa encontrar novas soluções. Focamos muitas vezes na dor e esquecemos que temos outros caminhos. A mente fica aprisionada em memórias sem soluções, porque já aconteceram. Olhar para novas soluções e aceitar a perda é o maior desafio para alcançar o sucesso e a felicidade pessoal.

DIREITOS DO HOMEM / Franco Daniel Fernandes Lopes

O que são direitos do homem? O que é essa forma de direitos subjetivos? Quando começou a jornada da história desses direitos no Ocidente? Há um padrão ocidental de direitos da pessoa? O presente livro visa responder a essas indagações. Ele apresenta estudo dos principais direitos civis e dos direitos políticos. Há diferentes tipos de direitos do homem. Hoje já se fala de novas categorias de direitos do homem, além da clássica tríade de direitos civis, direitos políticos e direitos sociais.

DISTRÓPICOS / Wilson Joel Leal Gasino

O labirinto, como ícone, é um símbolo que fascina o ser humano desde os tempos antigos. Ele representa uma jornada voltada para o interior cheia de decisões difíceis, perigos e descobertas. É um caminho não linear onde o prosseguir abre muito mais possibilidades do que apenas uma decisão entre direita ou esquerda, para baixo ou para cima, certo ou errado, obscuro ou iluminado. Teseu, o herói mitológico, dá nome ao protagonista deste livro, um homem atual vivendo seus dilemas, buscando respostas, perdido entre verdades fluidas e papéis cada vez mais difíceis de definir.

DITADURA NO GATILHO / J. Burato

Baseado na teoria da ideologia de Louis Althusser e nos princípios da institucionalização de comportamentos, o autor busca refletir acerca das causas da violência policial militar no Brasil e em possíveis soluções. Atualmente a desmilitarização da polícia tem sido apresentada como medida necessária para se resolver o problema da violência policial, o que é questionado pelo autor, que julga que esta é uma das providências necessárias para adequar o sistema de segurança pública ao Estado Democrático de Direito, mas insuficiente para conter a violência policial.

DIZ(AMOR) / Airen Wormhoudt / Zédú Neves

Três histórias que se cruzam. Três momentos que nascem de um primeiro texto, “A Inquisição da Alma”, que insere poeticamente o tema da dualidade feminino/masculino: uma brincadeira de amor entre Jasão e Medeia, renovados no século XXI. Será? Medeia ainda se mostra apaixonada e lamenta os desencontros do amor. Jasão cruza os séculos repetindo fórmulas, delineando o desgaste do masculino que desemboca na falência da relação a dois.

DNA DOS PESSIMISTAS / Dias de Cordel

Um pessimista pode ser tudo na vida, sem deixar de ser pessimista. Um pessimista é pé frio e pode se estrumbicar. Quando vai pescar no rio esquece o que vai pegar, pois está sempre encucado tem dúvidas, por atacado, fervendo, em seu DNA.

DO CATIVEIRO PARA LÍDER DA NAÇÃO / Válter Estevam

Válter Estevam retrata parte da história de líderes afrodescendentes como referência para a superação e elevação da autoestima. Todos os líderes que se encontram nesta obra estiveram diante de muitos desafios, dos mais variados tipos. Desafios estes que ainda se encontram latentes em nosso cotidiano. Para enfrentarmos estes e muitos outros pontos limitantes, o autor traz à frente do leitor a realidade muitas vezes camuflada sobre o preconceito. Como lidar com o comportamento velado das pessoas com que convivemos?

DO RABISCO GATAFUNHO AO DESENHO DA CHUVA / Creusa Avigo Ferreira

Foram os desenhos de meus pensamentos que me levaram a escrever sobre o desenho infantil. O que poderiam os meus rabiscos, riscos, traços e esboços, mesmo que iniciais, expressar de mais profundo do meu desenvolvimento? São perguntas como esta que ainda me impulsionam a transitar ora no estudo teórico, ora na prática com as crianças. Foi desta experiência que me ocorreu fechar alguns “círculos” de minhas curiosidades, talvez de minhas garatujas...

É MAIS OU MENOS ASSIM / Marilina Baccarat de Almeida Leão

Vida, aqui vou eu... Sobre o querer e o conseguir, sem precisar mostrar, aos outros, coisas, que não consegui... Tudo é mesmo assim... Ninguém, realmente, consegue o que tudo quer... É mais ou menos assim... A não ser com muito esforço, conversando consigo mesmo, sozinho, cara a cara, com seu consciente... Tudo é mais ou menos assim... Lutamos porque queremos conseguir tudo que almejamos e, assim...

E QUE OS ANJOS DIGAM AMÉM / Dado de Oliveira

Os doze passos de um campeão quando resolvi partir em busca dos meus sonhos, despertei meu desejo e decidi fazer o que mais gosto nesta vida. Imaginei seguir e desafiar uma montanha de problemas. Acreditei que poderia superar todos os obstáculos, só não desconfiava que fosse tão difícil nem tão sofrido. Eu tinha certeza de que todas as ordens recebidas vinham do coração.

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA / Alexandre Souza de Oliveira

Nesta obra, Alexandre Souza de Oliveira apresenta nove textos relacionados à Educação Matemática, selecionados de sua competente produção intelectual como pesquisador. Seus objetivos são divulgar os resultados de suas investigações sobre o tema não só para outros pesquisadores e professores de matemática da Educação Básica e Superior, como também para formadores de professores, e aproximar o leitor dos conceitos matemáticos, instigando-o a refletir sobre as questões abordadas e relacioná-las com o cotidiano escolar/acadêmico.

ELAS, AS NOSSAS PROFESSORAS / Hebe C. Boa-Viagem A. Costa

De acordo com a frase de Garcia Marques “A vida não acaba com a morte e sim com o esquecimento”, a autora visa homenagear as professoras primárias, esteio da educação no Brasil. A profissão não tem tido a valorização merecida. Emprestam seus nomes à ruas, escolas, bibliotecas, mas, na maioria das vezes, as pessoas não sabem a razão dessa homenagem póstuma. Visa, também, mostrar a luta das mulheres contra a discriminação do gênero e, finalmente, homenagear as normalistas, ex-alunas da autora, que contribuíram para que ela se encantasse com a profissão que começara a exercer por necessidade e não por sua escolha.

ENCANTES / Daniela Carvalho

O Livro Encantes é o passeio das letras de uma alma jovem que se põe à janela da vida para ver passar, sentir e viver o amor, a natureza, as surpresas, as dificuldades, as delícias... Um pássaro, uma gaivota, um balanço, um colega que atiça lembranças... O trabalho, os filhos, os sonhos... Um galho de árvore! De uma só tacada, a cronista Daniela Carvalho escreve um livro, escancara suas ideias, divide com o leitor seus medos, seus anseios, sua ânsia de viver, dá lições, aprende, se reinventa.

ENCONTRO NO ENGARRAFAMENTO / Rozane Barros

O trânsito travou e ao lado do 147 de Bruna encostou uma Mercedes prata esportiva. O motorista, um playboy misterioso de olhar sedutor, logo perguntou seu nome. A jovem ficou com medo e o ignorou. Tentou não ficar impressionada com sua voz macia e sua rara beleza. Ela tinha suas razões para ficar bem longe dele. Estava destruída por conta de um amor não correspondido. Logo o trânsito foi liberado e Bruna conseguiu despistar o playboy. Seguiu em direção ao seu trabalho rezando para que ele a estivesse seguindo... Caro leitor, agora só lendo o livro para saber o que aconteceu. Boa leitura!

ENSAIOS SOBRE CINEMA E HUMANIDADES / Leandro Couto Carreira Ricon (Org.) / Leonardo Malgeri (Org.)

Cinema e humanidades são daqueles termos que parecem se retroalimentar constantemente, como podemos observar nos textos que compõem a presente obra. Talvez porque, ainda que essencialmente técnica, a Sétima Arte nasceu, vive e procria no campo (sempre disputado) das ideias e dos valores das diferentes sociedades; ou talvez porque, humanos que somos, estamos condenados a buscar as melhores formas de expressão e compreensão daquilo que fôramos ou seríamos, se não estivéssemos circunscritos aos fatos.

ENTRE PINHÕES E POESIAS / Vilmara Sazzana

Entre pinhões e poesias é uma coletânea de poemas que levam o pensamento a viajar por muitas situações que envolvem lugares, emoções e sensações experimentadas por pessoas que habitam as várias regiões do mundo. Ele pode tanto levar a reflexão quanto a recordações e experiências cotidianas em forma de poemas. O desejo de “ficar em casa à tarde” e preparar um bolo; a II Guerra Mundial e o holocausto em “Para Anne”; o encontro duradouro de um casal do século XX e todo seu sentimento arrumado pelo tempo, em “Juntos”, os encontros e desencontros expressos em poemas, fazem a vida ficar mais leve e bela.

ESCOLA UM POUCO / Carlos de Morais

Este livro não é nada mais que uma repetição de tudo quanto o autor defendeu durante sua vida profissional. Ele resume uma luta contra os desmandos e as utopias postas em prática nas escolas paulistas pelos especialistas em educação, ignorando a prática nas salas de aula e marginalizando o professor. Justamente porque ele se torna atual, porque os problemas se repetem, Carlos de Morais resolveu publicá-lo, para mostrar que a confusão reinante nas escolas é culpa de teóricos de educação que nunca viram nem entraram em uma sala de aula, onde o professor, apesar das teorias mirabolantes, ainda é capaz de ensinar.

ESPELHO NEGRO / Adriano Kerver

Guilherme está desesperado, ele, sua namorada Júlia e seus quatro melhores amigos estão sendo perseguidos por um homem misterioso que lhes jurou vingança. Os amigos não querem e não podem procurar a polícia, fizeram um pacto de manter em segredo algo que aconteceu num passado recente. Raniere é um homem misterioso, um empresário bem-sucedido e de poucos amigos. Após anos mantendo um segredo, ele se viu coagido e, agora, alimenta o desejo de vingar-se de seus inimigos.

ESPELHOS, CRISTAIS E DIAMANTES / Hugo M. R. Ronco

A morte do presidente J. F. Kennedy em 1963 foi marcada, em parte, por algumas de suas frases e ideias, inseridas no contexto da “Aliança para o Progresso”, que parecem inauditas: “Se uma sociedade livre não pode ajudar a grande maioria que é pobre, não pode salvar a pequena minoria que é rica”. ”Às nossas repúblicas irmãs ao sul de nossas fronteiras, oferecemos... uma nova aliança para o progresso, para ajudar homens e governos livres a se desfazer dos grilhões da pobreza”.

ESPÓLIO / Rubervam Du Nascimento

Acompanho a trajetória poética de Rubervam Du Nascimento desde que ele mesmo se autodenominava poeta de um livro só: A Profissão dos Peixes, livro que foi transformado por seu autor num recital performático, denominado Corpo-a-corpo, levado com muito sucesso por todo o Brasil. Era sua intenção reeditá-lo a cada cinco anos, sempre em edições revistas e diminuídas, até a “impressão da Pedra/Peixe, em enormes cartazes”, moto-contínuo às avessas.

ESTRATÉGIA PARA A SAÚDE PÚBLICA E PRIVADA / Cláudia Corrêa da Silva

O presente livro faz refletir sobre as estratégias junto ao sistema de saúde público e privado, permitindo um olhar crítico à administração fundamentada pelas teorias pertinentes para o desenvolvimento das ciências sociais. Faz gerir novos conhecimentos a fim de consolidar inovações no sistema organizacional, desenvolvendo o bem-estar no sistema público e privado. A lógica institucional contribui para a eficiência e eficácia no desenvolvimento das estratégias organizacionais a fim de atribuir melhorias ao ambiente, ao aumento da produtividade e ao relacionamento interpessoal.

ETERNO BUSCAR / Rute Raposeiro

Eterno Buscar, novo livro de Rute Raposeiro, divide-se em duas partes. Na primeira ela apresenta seus poemas que são, simplesmente, a sua busca. Na segunda parte os poemas seguem o concretismo, como nos livros anteriores. A autora cria seus textos remetendo-se à infância. Seus temas continuam sendo a solidão e a saudade, porém ela traz a meninice a bailar em suas poesias.

EU ACREDITO NO AMOR! / Aldirene Máximo

Aldirene Máximo nasceu em São Paulo, graduou-se em Letras e é pós-graduanda em Psicopedagogia, ambas pela Uninove. Apaixonada por livros, pássaros, flores e canções de amor, escreve poesias desde os 12 anos. Este é o seu primeiro livro.

EU AMO INTENSAMENTE COMO FOGO QUE TERMINA EM CINZAS / Alan Pereira

Em Amo intensamente como fogo que termina em cinzas, a lírica amorosa é retratada com agudeza por meio de trilhas que escapam aos lugares comuns e revelam imagens intensas que exprimem a grande travessia percorrida pelos seres humanos: a do amor. Com seus encantamentos, suas veredas, suas desilusões e seus renascimentos, afinal “amar/ é cruzar o mar/ e encontrar em cada porto/ o amor”.

EU CONTEI SETE, E VOCÊ? / Nelson de Castro Senra

Contar alguma história é fazer uma narrativa, e ali estava um bom contador de histórias. Eu disse bom? Não, não apenas bom, o melhor. Ele saia de uma história e entrava em outra com a maior facilidade, e era até difícil perceber que isso estava acontecendo. Às vezes, quem o ouvia contando uma história nem percebia que ele já passara de uma história para outra.

EX OFFÍCIO / Marcelo Paraíso Silva

Utilizando-se de poucas palavras, o autor transmite cargas de sentimentos, percepções, contestações e constatações em relação à vida e para a vida que o cercava durante o período “contado” neste livro. Período de mudanças abruptas com mudança de cidade, de estado, de culturas, de rotina, de salário; mudança de adolescente para adulto – dezoito anos. A vida, que era uma felicidade só, de repente apresenta a sua outra face: a dor – lapidadora do ser humano no seu inevitável caminho de evolução da alma.

EXÉRCITO DE DEUS NO COMBATE AO MAL / Vadilson José de Souza

A inspiração de escrever este livro surgiu como uma grande necessidade de apresentar a todos os filhos e filhas de Deus, o maravilhoso exército formado por Ele para nos auxiliar a combater o Mal, este Mal que tem o objetivo principal de nos atingir e que nos rodeia como um leão pronto para nos Devorar (1 Pedro 5:8-9), Este exército formado por Deus é composto por vários aliados de combate para proteção das suas criaturas amadas, sendo que se apresenta como um dos mais importantes aliados deste exército o grande amor e a poderosa intercessão da Virgem Maria.

EXISTE UMA SAÍDA / Rebeca Fischer

“Quando você se conhece melhor, tem mais facilidade para lidar com as dificuldades, é mais resiliente, tem maior estabilidade emocional, sabe manter o autoequilíbrio nas situações adversas. Ao percorrer as páginas deste livro de Rebeca Fischer, amiga e companheira de longas jornadas neste universo da PNL, você irá aprender como estas ferramentas podem efetivamente trazer grandes melhorias para sua vida pessoal e profissional.” Gilberto Cury

EXTRATO DO CORAÇÃO / Iza Engel

Extrato do coração é uma coletânea poética, onde sentimentos brotam, pensamentos voam, valores vivificam, a amizade chove, a saudade alimenta, a beleza encanta, o amor se expande, e a vida nada na correnteza do tempo. Uma poética simples e segura para todas as idades. Sua leitura faz refletir, criticar, educar, sonhar e sobretudo amar...

FAÇA ALGO POR VOCÊ / Plinio Garcia

Com o objetivo de gerar uma outra forma de ajuda, em que o autor não possa estar presente, ou oferecer outra possibilidade de acesso, surgiu a ideia deste livro, com o propósito de levar palavras de entusiasmo, incentivo, consolo, compreensão e entendimento aos leitores que passam por tribulações emocionais de todos os tipos.

FACES DE DEUS / Patrick Raymundo de Morais

Faces de Deus originou-se de uma promessa por uma cura. Neste livro, relato o que considero essencial para a salvação da alma. Não basta sentar em um banco de igreja pois, para mim, a salvação vem pelo transformar que a Graça de Deus realiza na nossa vida e este transformar reflete-se em obras. Convido-o a conhecer meu pensamento lendo este pequeno livro.

FALAR BEM É FUNDAMENTAL / Marcos Soares

Falar bem é fundamental para o sucesso profissional. Quem fala bem é ouvido e suas ideias são compreendidas e respeitadas. Quem fala bem inspira confiança, amplia a força do marketing pessoal, vende com mais qualidade, atende com empatia e criatividade. O exercício da persuasão e do poder de convencimento pode transformar uma pessoa a princípio, sem expressão, em um líder inspirador e contagiante. O livro Falar bem é fundamental pode fazer diferença em sua vida para sempre. Cada capítulo é apresentado no formato de aula, com regras e técnicas que poderão tornar sua comunicação poderosa e realizadora.

FÉ CATÓLICA BRASILEIRA / Dom Antonio Duarte Santos Rodrigues

Papa Leão XIII - Cardeal Mariano Rampolla - O Cardeal Rampolla, pela imposição de suas mãos, sagrou bispo o pernambucano Dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque, que foi arcebispo de São Paulo e viria a ser o primeiro cardeal da América Latina.
Dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque - O Cardeal Arcoverde sagrou, por sua vez, o bispo Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra, que foi arcebispo do Rio de Janeiro e cardeal da Igreja Romana. Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra - O Cardeal Sebastião Leme transmitiu seus poderes apostólicos ao bispo Dom Carlos Duarte Costa.

FLOR DE ABRAÇO / Maria Luiza Kuhn

Como usar: O Oráculo Flor de Abraço é para seu deleite e autoconhecimento. Pode ser usado em jogos corporativos de treinamento, bem como outras atividades de grupo e consulta individual. O uso em forma de oráculo: Espalhadas as cartas com as ilustrações viradas para cima, escolhe-se uma intuitivamente. A carta escolhida vai mostrar a poesia que é lida pelo consulente. Em seguida este procura a página correspondente no livro e lê a reflexão proposta, oportunizando um olhar de autoconhecimento com o que tem a reverberar em si a reflexão.

FONTES DO VENTO / Geraldo Dias da Cruz

Sou um sonhador de palavras. É no fundo de cada palavra que realmente assisto ao meu nascimento. Nascimento do devaneio, do sonho, do amor e das lembranças. Procuro falar a linguagem do universal, da simplicidade. Recebo e acolho com alegria a vida. Amo a natureza e o canto dos pássaros. Tudo para mim tem uma doçura. O poema está também penetrado por essa doçura. Horas a fio, gosto de ouvir e contemplar as palavras. Tenho a felicidade de possuir um bom dicionário, deixo-me seduzir pelas palavras. Numa palavra eu sinto a alegria de falar e escrever poesias.

FUNDAMENTOS DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL / Jorge Brandão

De que forma um professor de Matemática deve trabalhar este campo do saber em sala de aula quando existem discentes com deficiência visual ou que possuem dificuldades de aprendizagem neste campo do saber? Ora, analisando a expressão “estudante com deficiência visual”, excluindo-se “deficiência visual” fica “estudante” e, por conseguinte, têm direitos e deveres iguais aos demais.

GERVÁSIO ROCHA FONSECA / Antonio Monteiro

Antonio Monteiro da Silva nasceu em Queimadas (BA) em 1948. Em 1954, aos 5 anos de idade, passou a morar com a família no Campo Grande, Salvador, na casa de uma tia. O pai, soldado da Polícia Militar da Bahia, e a mãe, do lar, mudaram-se para o subúrbio do Lobato. Estudou o primário na Escola Climério de Oliveira, Lobato; Ginásio Luiz Pinto de Carvalho, São Caetano; Escola de Aviação Civil, Ilha do Governador, Rio de Janeiro; Ginásio Castelo Branco, em Periperi; e concluiu o segundo grau no Colégio Presidente Costa e Silva, Largo da Madragôa, Salvador.

GLITCH / Sebastião Ribeiro

Sebastião Ribeiro (Sebastião Ribeiro Filho) é poeta dos dias, glitch e sobrevivente. Nascido em São Luís (MA), em 1988. Graduado em Letras pela Universidade Estadual do Maranhão. Componente da obra Acorde (Scortecci, 2011), com Igor-Pablo e Wesley Costa. Pode ser lido em Macondo n. 6 (2012); Samizdat n. 39, e Substânsia n. 3 (2014), 7faces n. 11 (2015) e Philos n. 2 (2016). Autor de & (Scortecci, 2015).

GOTAS E RABISCOS DE TERNURA / José Usberco

Gotas e Rabiscos de Ternura é o nosso segundo livro editado pela Scortecci. No primeiro – Gotas e Rabiscos, de 2012 – expusemos toda a nossa sensibilidade através dos versos das Trovas, Poemas... Também das Narrativas, onde colocamos grande engenhosidade (1) de pensamentos, nos quais procuramos oferecer ao Leitor momentos agradáveis de lazer, bem como a oportunidade do despertamento (2) da imaginação. Muitas vezes nossas páginas são impregnadas de lições simples, porém sempre necessárias no nosso dia a dia.

GUIA DO CICLISTA URBANO / Alex Gomes

A cada dia mais pessoas decidem utilizar a bicicleta como meio de transporte nas grandes capitais. Em São Paulo, o número de ciclistas que pedalam todos os dias cresceu 50% entre 2013 e 2014, reflexo de uma tendência que ocorre não somente nas capitais brasileiras como também em diversas grandes cidades mundiais. Para auxiliar os novos ciclistas e também aqueles que já pedalam nas cidades a Scortecci Editora lança o "Guia do Ciclista Urbano", escrito pelo ciclista Alex Gomes, editor do blog "São Paulo na bike" do jornal O Estado de S. Paulo.

GUIA PRÁTICO DO USO DE FLORAIS PARA OS TEMPERAMENTOS HUMANOS / Priscila Baracho Ponsoni Alves / Raquel Ribeiro dos Santos / Glória Cristina Porto Coelho / Mara Eliza Jorge Raad

Uma correlação fascinante e prática! Florais & Temperamentos. Este guia é uma ferramenta de consulta para estudantes e profissionais preocupados em melhorar a capacidade de avaliar, tratar e harmonizar os pacientes em sua prática terapêutica. A obra contém ideias e sugestões para uma melhor qualidade de vida. É um trabalho apresentado de forma prática e de fácil consulta sobre Florais de Bach e Biotipologia Humana, para os temperamentos colérico, fleumático, melancólico e sanguíneo, mostrando a importância de estudar o ser humano sob o aspecto físico, emocional, mental e espiritual. 

HISTÓRIAS DE CONQUISTA / Pe. Reuberson Ferreira, MSC (org.)

A vida, diria Gabriel García Márquez, não é apenas a “que a gente viveu, mas sim a que a gente recorda, e como recorda para contar o que viveu”. Ela é, portanto, aquilo que nós narramos para os outros e o jeito como contamos a eles. A vida, assim, é maior do que os fatos. É o conjunto de recordações, de emoções, de sentimentos e de experiências vividas que definem o modo como vivemos. As histórias do Jardim da Conquista, de modo análogo, não são apenas aquilo que o povo viveu, mas aquilo que muitos recordam e narram aos outros de como viveram. Esta talvez seja a grande intenção por trás das páginas deste livro: narrar aquilo que o povo recorda da própria história.

IGNORA(BI)MUS / Jaime Collier Coeli

Esta dança de etiqueta com a morte resume fatos de pavoroso suceder narrados em 1572 pelo astrônomo Thyco Brahé, mesma classificação cabível para o fim de Humanitas, contado por Machado de Assis in Quincas Borba. Apagadas as luzes, surgem farelos dos sistemas de sombras grotescas e trágicas, indicadas por Guimarães Rosa in Um homem muito branco, em 1962.

INSANIDADE LÚCIDA / Anderson G. Hoch Martins

Este é seu primeiro livro, e vem sendo construído há algum tempo, mas agora teve a oportunidade de publicá-lo. Esse livro surgiu de uma necessidade de externar sentimentos, amorosidades, raivosidades, sonhos, devaneios, mentiras e verdades que aparecem e somem, mas principalmente, estão intrínsecas à trajetória do ser humano, especialmente a partir da adolescência. São poemas livres, de variadas formas e tamanhos, ritmos e velocidades diferentes, muitos se complementam outros surgem e vivem solitariamente, exatamente como as pessoas.

INSPIRAÇÃO E SIMPLICIDADE / Sebastiana Santana Conceição de Oliveira

Vivemos cercados pela mídia, com o virtual substituindo o real. Os meios de comunicação de massa avançam pelo mundo e sobrecarregam diariamente de notícias e imagens nossas mentes. As imagens diárias do pôr do sol e do nascer do sol “viralizam”. A imagem da superlua “viraliza”. Certamente que há coisas boas para colhermos de todo esse processo. Todavia, o Deus Criador de todas as coisas, o Pai Celestial, o Arquiteto do Universo, não poupou benefícios a Sua Criação. A biodiversidade fruto dessa Criação permeia o Universo.

INSPIRAÇÃO II / Américo Correia da Silva Filho

Com sensível lirismo romântico, o autor nos brinda, nesta obra, com poesias de amor, fé, esperança e paixão. Ele nos oferece ainda poemas de profundo respeito e encantamento pela natureza e pelas coisas simples da vida. Não faltam, também, notas críticas, de autêntico realismo social, marcadas por intenso anseio de justiça. Com delicadas formas de ver, sentir, pensar e mesmo de criticar a realidade, os poemas, como passarinhos, suavemente pousam nas mãos dos leitores, convidando-os a sonhar e refletir.

INSTANTES / Edemir Fernandes Bagon

Instantes é um livro de poesias que expressa a necessidade e a urgência do ser humano em sentir a vida. Nessa obra, o leitor encontrará interpretações poéticas relacionadas a diferentes aspectos da existência do homem: amor, morte, destino, encontros e desencontros no mundo.

INTELIGÊNCIA FINANCEIRA / Daniela Godinho

A proposta desse livro é trazer ferramentas concretas e funcionais, casos e experiências reais de pessoas que, assim como você, buscam o sucesso financeiro fazendo MAIS com MENOS. Escrito pela palestrante e consultora em Finanças Pessoais e Comportamentais Daniela Godinho, é um verdadeiro e genuíno manual prático de sobrevivência na selva do consumismo e das tentações do crédito fácil.

INTRÉPIDO / Fábio Diógenes

Intrépido é um livro desafiador, em que o personagem Herculano cria e recria seu próprio modo de ver e viver a vida. De origem humilde e afeito à superação, Herculano irá romper com alguns paradigmas impostos pela sociedade e, sob a égide de suas idiossincrasias, percorrerá os caminhos da vida com leveza, graça e brandos sarcasmos ao tratar das instituições e convenções sociais. O personagem parte sempre da dúvida para construir seu pensamento e fazer assim as proposições irônicas advindas  de  sua reflexão.

JOANA / Serafina Sardinha

Cercados pelas montanhas de Minas, Joana e Joaquim vivem a rotina do trabalho duro na roça. Mas, como a semente viva brotando da terra, dentro do coração de Joana existe o desejo de transpor aquelas montanhas e ver o mundo que se esconde por detrás delas. Joaquim, matuto dos rincões de Minas Gerais, sonha no escondido de si, ver as filhas, “minina muié”, estudadas.
– Mas os meninos, seu Joaquim? Eles também devem estudar, aprender, ter uma vida menos sacrificada. O senhor trabalha na roça, sabe o quanto é duro tirar o pão da terra.

JOSÉ HAROLDO, O HOMEM "VISGADO" PELO CACAU / Lício de Almeida Fontes / Luiz Ferreira da Silva (org.)

Os autores, ao expressarem gratidão ao homenageado, descrevem a sua trajetória profissional, eivada de alta capacidade gerencial, visão grande angular e os resultados alcançados na cacauicultura nacional. Não se trata de um biografia, mas um alinhavado de conhecimentos vividos e informações adicionais colhidas, com a intenção de gravar a MEMÓRIA de um HOMEM simples, mas grandioso, divulgando-a as gerações subsequentes, mantendo viva a sua HISTÓRIA de vida.

JOSEFINE / Edilson Novaes

Melissa é uma garota de 19 anos. Gótica e exótica. De natureza complexa e secreta, não se relaciona facilmente e vive num mundo de gostos e atitudes duvidosas... Josefine é uma garota de 18 anos. Evangélica. Uma patricinha típica. É uma famosinha que se destaca na internet e leva uma vida de muito luxo e requinte. Adora roupas de grife... Duas garotas de mundos opostos. De estilos de vida totalmente diferentes. Duas garotas que se odeiam e não se suportam... Duas garotas que tinham em comum apenas uma coisa: A amizade com a colega de classe Meg... O que aconteceria se a pessoa que você mais ama simplesmente desaparecesse?...

LÍDER POR EXCELÊNCIA / José Lorente

Em minha experiência como CEO, tive acesso a muitos programas de desenvolvimento de liderança. Alguns me impactaram mais do que outros. Diante do conjunto de novas técnicas de liderança que adquiri ao longo do tempo, passei a digeri-las de forma a transformá-las em instrumentos práticos que pudessem atender às necessidades reais de um líder em diversas situações e áreas de atuação com excelência.

LINDA E FELIZ / Claudia Almeida

Felicidade e bem-estar são sinônimos de qualidade de vida, que deve estar sempre aliada a uma alimentação saudável e a prática constante de atividades físicas. A saúde é a maior riqueza da vida. Descubra neste livro diversas maneiras para cuidar da sua beleza, da sua saúde e os benefícios para uma vida saudável.

LINHAS E ENTRELINHAS / Jorge Barbosa

O autor revela nas páginas de "Linhas e Entrelinhas" o seu entusiasmo pelo mundo das letras e com elas criar os mais belos poemas lindamente pincelados harmonicamente com as cores da esperança, da beleza, do amor e da inspiração. Através das linhas e entrelinhas procura informar aos leitores os mistérios das constelações, dimensões, tempo, espaço, mundo infinito, relatividade, civilizações e razões da exploração do nosso universo.

LINHAS PARES / Claudia Quintana

Eu, Claudia Quintana, o caminho do meio de Ana Claudia de Lima Quintana Arantes, sou mulher feita de poesia. Já passando da minha primeira metade de vida, nasci mesmo há bem pouco tempo, depois de perceber que a vida só precisa fazer sentido do lado de dentro. E do lado de dentro, sou poesia. Nas horas vagas sou médica, e muitas vezes chego a pôr em receituário as orientações de tratamento complementar de poesia para meus pacientes.

LIRA CAMONIANA / Luiz Roberto Judice

Luiz Roberto Judice, em dado momento de sua vasta produção literária, cometeu o atrevimento de escrever sonetos (exatamente setenta) ao estilo de Camões e enfeixá-los em volume com a denominação de Lira Camoniana. Tendo alcançado a maturidade poética, o escrever ao estilo de Camões foi mais uma demonstração de sua capacidade de absorver uma técnica que aos poucos vai sendo esquecida pelo grande público e, ao mesmo tempo, colocá-la ao alcance de uma nova geração de leitores.

LIRISMO POÉTICO / Antônio Galdino

A poesia tem uma linguagem poética das mais interessantes, ela mexe com os sentimentos e a sensibilidade do poeta e do leitor. Se o leitor for estimulado à leitura poética desde a sua juventude, seu mundo literário se tornará mágico e agradável. A relação entre o pensar e o sentir implica um jogo de palavras que seduz o leitor a fazer um contato mais aprofundado com a poesia, pois esse momento é fascinante e imprevisível.

LITERATURA BRASILEIRA - DO ÁTOMO AO BIT / Roseli Gimenes

A obra coloca em destaque o percurso da literatura brasileira considerando escrituras, principalmente, a partir do século XIX, de caráter de invenção, como as Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, analisando diacrônica e sincronicamente obras e autores como Gregório de Matos, no Barroco, Tomás Antônio Gonzaga, no Arcadismo, e Oswald de Andrade, no Modernismo, observando qualidades de literatura de invenção; passando ao contemporâneo pela obra A festa, de Ivan Ângelo, apostando em sua interatividade ainda em livro impresso, à ciberliteratura de Clarah Averbuck, nas redes sociais, e à poesia concreta e digital de Augusto de Campos, aliada às novas tecnologias digitais.

LITERATURA, MEMÓRIA NACIONAL E ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA / Luciene Oliveira da Costa

Este trabalho reflete sobre os vínculos existentes entre linguagem, literatura e história com a preocupação de revelar algumas evidências sobre a relação desses três registros do conhecimento humano; também reflete sobre as influências da literatura brasileira e estrangeira na formação de uma parcela significativa da memória nacional e discute sobre o ensino de língua materna na escola brasileira nas três primeiras décadas do século XX, a prática e o ensino de leitura no Brasil.

LÚCIFER E A CONSPIRAÇÃO DOS ARCANJOS / O Ateísta

Este é um romance ateu, antirreligioso e debochado, impróprio para deístas e teístas. É a história de um herói improvável, surgido do embate maquiavélico entre as forças do “bem” e do “mal”. Um verdadeiro panegírico à ciência, à razão e ao questionamento.

LUD HELISON E SUA ESTRELA GUIA / Carlos Maia

Lud Helison e sua Estrela Guia é um romance que oscila entre a realidade e a fantasia, mostrando a vida como um momento absolutamente imprevisto e maravilhoso. Um romance que pretende cativar o leitor interessado em temas como política, moral e espiritualismo por meio de personagens dedicados ao crescimento pessoal e à prática das virtudes capazes de tornar melhor um mundo em constante transformação tecnológica e cultural.

MAGGIE / Márcia C. Sigwalt Valeixo

Maggie – um amor sem reservas conta a história de Maggie, uma cadela da raça Weimaraner. Quando filhote, Maggie era dotada de uma energia transbordante, o que culminava em incorrigíveis e doces travessuras. Cavava buracos e abria verdadeiras crateras pelo jardim, comia plantas, destruía ralos do quintal e de seu próprio canil, obrigando sua tutora a procurar ajuda profissional para adestrar essa peluda indisciplinada.

MAISON AU JARDIN DE CRYSTAL / Maria Luiza D'Orey Lacerda Soares

La maison au jardin de crystal - Un jardin abandonné et constamment recréé... Ce fut toujours ainsi depuis les Jardins suspendus de Babylone aux plus modestes roseraies ou au balcon fleuri de gerbère jaunes et rouges. Les jardins de la maison de la paysagiste Maria Luiza d’Orey Lacerda Soares, reflètent comme un crystal l’inégalable lumière tamisée de la ville de São Sebastião  do  Rio  de  Janeiro.
Francisco Brennand - Mars/ 2012

MAQUIAGEM COMO PROFISSÃO / Alexandre Krizek

MAQUIAGEM COMO PROFISSÃO trata de assuntos que nunca foram mostrados: como é a profissão, o mercado de trabalho e suas diversas áreas de atuação. Neste livro, você encontrará orientações claras e objetivas de como iniciar suas atividades, captar trabalhos e se destacar na área da beleza. Afinal, quem não quer ter uma carreira de sucesso? O maquiador deve estar preparado para desempenhar as atividades de um consultor de beleza e de imagem. Precisa também entender as necessidades do mercado, da sua cliente e estar conectado com todo o universo da moda e da beleza.

MAQUINARIA / Thiago Schneider Herrera

Maquinaria diz do processamento humano enquanto produto do mundo contemporâneo, metropolitano e globalizado. Mercadoria desprovida de sensibilidade, isolada e inserida no espaço e no tempo apenas como meio de consumo ou como consumo do meio. A vida produzida e regulada pela máquina, que, como em uma linha de montagem, produz seres humanos plásticos, em série, alinhados, domesticados, verificados, validados ou não.

MAR REVOLTO / Adriana Silva Santiago

Pensar em poesia é pensar em fluidez, sensibilidade, crítica social, louvor à Natureza, ao amor, à paixão. O sentir poético é o que a autora traz neste livro através dos poemas de Mar Revolto. Transmuta a poesia que voa, que está no ar para o papel. E convida o leitor a uma viagem: diferentes trilhas, maravilhosas paragens, mergulho íntimo, revelador. As crônicas... Ah! Estas divertem, emocionam. Poeticamente contam casos e causos bem-humorados – verídicos ou não? Quem vai saber? São coisas do cotidiano que podem acontecer na vida de todos nós.

MARCEL DUCHAMP E A RECUSA AO TRABALHO / Maurizio Lazzarato / Tradução Gustavo Gumiero

Na história da humanidade, nenhuma geração sacrificou tanto tempo ao trabalho quanto aquelas que tiveram o azar de nascer debaixo do domínio do capital. No capitalismo, a humanidade é condenada a trabalhos forçados em todos os níveis de produtividade atingidos. Toda invenção técnica, social e científica, ao invés de liberar do tempo, estende ainda mais o domínio do capital sobre as nossas temporalidades.
Maurizio Lazzarato

MEMÓRIA, VISÃO E ESPERANÇA / Luiz Lemos Leite

Parafraseando Vinícius de Moraes, um livro sem apresentação é como um rio sem pontes. Nada há que uma apresentação possa fazer por um livro, se ele mesmo não caminhar por suas próprias pernas. Memória, Visão e Esperança, obra autobiográfica de Luiz Lemos Leite, consagra e eterniza uma vida repleta de episódios marcantes e históricos.

MEMORIAL DO DESTEMIDO / Silvio Persivo / José Ramalho de Lima

Este é um livro simples, gostoso de ler. Diferente. É a memória de um avô recordado pelo neto. E não apenas isto. É a perseguição, pelo alferes, de Antônio Silvino. E é mais que isto. E vai surpreender quem pensa que é um livro sobre o cangaço. Até por ter certo romantismo nordestino: árido, seco, doce. Não é uma biografia, nem um romance ou livro histórico. É um livro documentário e eclético, de histórias de uma família, porém, como a vida, com desdobramentos imprevisíveis. 

MEMÓRIAS COMOVENTES / Rubens Leone

Nasci na cidade de São Paulo, onde resido. Realizei cursos sobre várias áreas do conhecimento, em diversas instituições, destacando-se: bacharel em Geografia, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP); licenciatura plena em Geografia, na Faculdade de Educação da USP.

MEU JARDIM DE TROVAS / Angela Guerra

A trova, com uma existência que supera séculos, possui em si a necessidade de uma inspiração divina, sutil, até nos momentos adversos, dando cor sempre renovada aos queixumes de um dia a dia soturno. Fui apanhada de surpresa ao ser escolhida por Angela Guerra, cujo talento múltiplo nos surpreende a cada momento, por suas habilidades artísticas incontestáveis. Agora, a trova vem comprovar mais uma de suas aptidões.

MEU PENSAR / João Mc. Jr

Ao abrir a porta do meu pensar, me dou conta do universo ao meu redor, repleto de muitas razões temperadas de muitas incertezas a envolver minha memória. Um lampejo do inconsciente instintivamente descortina, transforma e fecunda a minha verve e me diz sussurrando em minha mente que há muito para contar. Muitas vezes palavras, ideias me vêm e invadem o meu meditar.

MIGALHAS, FARELOS E QUIRELAS / Miriam Izabel de Souza

Aqui você verá como Zezinhos e Mariazinhas se deixaram aprisionar em teias psíquicas determinadas por crenças que são limitadoras para o crescimento e a expansão. Aquilo que não estiver dentro de nós, por ressonância, não consegue entrar em nossa vida. Logo, aquilo que você não aprendeu como verdade não conseguirá alcançar. Precisamos modificar as nossas crenças para podermos alterar nossos resultados. Porém, antes disso, temos que conhecer quais são as crenças que dominam nossa história e diminuem nosso alcance para tudo que, na verdade, é merecimento de todos nós.

MINHA HOMENAGEM A KARL MARX / Gastão Rúbio de Sá Weyne

No presente livro, o autor almeja prestar uma homenagem consciente, resultante de um sentimento de profundo respeito, a Karl Marx, que, para o mundo intelectual, foi considerado, com justiça, um dos maiores pensadores da humanidade. Descobriu a lei específica que move o atual modo de produção capitalista e a sociedade burguesa por ele criada, dedicando sua vida a cooperar para a derrubada da sociedade capitalista e contribuir para a emancipação dos despossuídos.

MINHA INFÂNCIA EM JUAZEIRO / Dias de Cordel

Infância de criança pobre no Nordeste era igual para quase todos. Tudo a mesma coisa. Os brinquedos, quase sempre artesanais. Nada de luxo ou sofisticação. A escola era sempre distante e transporte, não havia de espécie alguma. Conheci uma professora que tinha um nome estranho, esquisito, incomum etc. Era Pergentina e havia concluído apenas e tão somente a 4ª série do curso primário. Mesmo assim, era professora. As crianças não acertavam a pronúncia correta e a chamavam de ‘fessora’ Prigentina. Era solteirona e mais ou menos encalhada.

MINHA VIDA / Verônica Sartore dos Anjos

Uma história é capaz de iluminar nossa relação com os outros, de fortalecer nossa compaixão, de transformar o olhar com que contemplamos os nossos semelhantes, confirmando a crença de que “estamos todos juntos na tarefa de viver”.
Ruth Stotte

MINHAS PENÚLTIMAS COMPOSIÇÕES / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Minha paixão pelo violão é antiga, mas somente iniciei a aprendizagem do instrumento aos 12 anos. Meu pai era também um apaixonado pela música e conversou com um famoso violonista de Fortaleza (CE), Afonso Ayres, componente do conjunto regional da Ceará Rádio Clube, a PRE-9, única emissora de rádio da cidade na época, para que fosse meu professor. Recebi aulas de grande valia e, pouco após, eu já participava de um conjunto vocal denominado “Estudantes do Ritmo” (Adolmar, Maurício, Hernani, José Mário e Gastão), que se apresentava em instituições como o Serviço Social do Comércio – SESC, a Associação Cristã de Moços e a Pequena Sociedade de Amigos do Livro – PSAL (da qual fui um dos fundadores), todas na cidade de Fortaleza (CE).

MOMENTOS / Ozair Campos de Lacerda

O título deste segundo livro de Ozair Campos de Lacerda já demonstra a poeticidade que envolve sua vida: “Momentos” engloba tanto o transitório quanto o perene na medida em que esses fragmentos – segundos, minutos, horas? – de tempo podem significar absolutamente nada ou inexoravelmente tudo. Assim, os momentos frisados nesta reunião de poesia enfeixam-se tematicamente pela declaração incontornável de amor – platônico, erótico, fraterno, filial, paternal.

MOMENTOS E PALCOS DE HIPOCRISIA (SONETOS) / Gastão Rúbio de Sá Weyne

É de domínio público que a hipocrisia, antônimo de sinceridade, é o ato de fingir ter crenças, virtudes, ideias e sentimentos que a pessoa na verdade não as possui. A palavra deriva do latim hypocrisis e do grego hupokrisis, ambos significando a representação de um ator, atuação, fingimento (no sentido artístico). Essa palavra passou mais tarde a designar moralmente pessoas que representam, que fingem comportamentos.

MUDE SUA VIDA! COM PNL / Deborah Epelman

A Programação Neurolinguística - PNL - é uma ciência que estuda o funcionamento do cérebro humano desde o momento em que ele capta as informações do meio ambiente, a forma como ele as registra, e finalmente, como elas interferem nos comportamentos, nas capacidades, nas crenças, nos valores, na identidade e nos relacionamentos com outras pessoas, com o meio ambiente, e com o que está acima de nós e que cada um chama de um jeito: D’us, Cosmos, Universo, Unidade, Eu Superior, entre outros nomes.

MUITO ALÉM DA DISLEXIA / João Manoel Gobbi de Oliveira

“As experiências alcançadas na condição de disléxico darão a você a oportunidade de alcançar todos aqueles que tenham dificuldades em buscar o Reino de Deus relacionando a ‘dislexia intelectual’ com a ‘dislexia espiritual’. A humanidade convive com uma ‘dislexia espiritual’, por isso as suas vivências ampliarão as condições necessárias para que não desanimem frente as suas dificuldades, pois essas aparentes dificuldades são as condições que lhes foram dadas para alcançarem com o coração a sua expansão espiritual.

MUNDO LITERÁRIO E RELAÇÕES SOCIOCULTURAIS / Joéliton Sueldo Araújo

Esta obra busca análises e modelos inovadores para os estudos literários e socioculturais, estabelecendo conceitos (como sociolúdico, resistência sociolú-dica, alea semântica) e revendo outros (como antropofagia cultural, estratégia lúdico-textual, pastiche, estética da teatralidade, configuração do feminino, representação da homoafetividade, contexto, cânone literário). O leitor encontra discussões acerca de textos literários de autores ‘nacionais’

MÚSICA CIÊNCIA / Angela Maria Ferraz

Esta obra, tem como objetivo principal Cientificar a Música. Focamos nossa pesquisa na construção da música, e o quanto o seu construindo influi no cérebro do indivíduo, provocando reações salutares em seu comportamento. Para autenticar nosso propósito, passeamos, desde o período Paleolítico, Renascimento, Iluminismo, até a Atualidade, com Matemáticos, Filósofos, Sociólogos, Doutora em neurologia, Assistente Social, Educador, Músicos e Etnomusicologista.

NÃO SEI SE VOU TE AMAR / Mirian de Carvalho

Ideais. Fantasias. Descompassos e regozijo do corpo e do sentimento. Vertigem. Assim, na vida. E no amor. Das oscilações vivenciadas na pele e no ânimo, tudo já foi registrado por poetas e amantes. Sem nada mais a dizer sobre o tema, em Não sei se vou te amar, meus versos percorreram imagens dos amores dos outros.

NÃO SERÁ SOBRE NÓS / Rodrigo Lima Siqueira

O livro Não será sobre nós é uma seleção dos poemas mais marcantes produzidos por Rodrigo Lima Siqueira nos últimos doze anos. A obra tenta resumir, em rimas e textos, as diversas experiências e aprendizados que o poeta vivenciou durante a jornada, mostrando sua evolução, desde os medos e inconstâncias da adolescência até os conflitos e dramas da vida adulta. Busca mostrar o doce sabor da paixão e do amor até a acidez que pode trazer os fins e os problemas aos quais todos nós estamos expostos em nosso dia a dia.

NINGUÉM DISSE QUE SERIA FÁCIL / Danielle Ianzer

Danielle Alves Ianzer, natural de São Paulo (SP), nasceu em 1975. É palestrante, poetisa, cientista, consultora em atendimento centrado no paciente, idealizadora e coordenadora do Projeto Vibrar Parkinson. Graduada em Ciências, com habilitação em Química (bacharelado) pela Faculdade Oswaldo Cruz de São Paulo. 

NOS TRILHOS DA POESIA / Manoel Oliveira

Desde criança já me interessava por poesias. Posso citar como exemplo minha primeira poesia, chamada “A casa”, elaborada quando tinha entre nove e dez anos de idade. Posso citar também “Não”, escrita posteriormente, também em minha infância. Já na adolescência, passei a escrever algumas letras de música que guardava numa pasta particular. Tendo Raul Seixas como principal ídolo, juntamente com alguns companheiros pensei em montar uma banda de rock.

NÓS, VIAJANTES / Eduardo Queiroz Galvão

Nós, Viajantes é o segundo livro de Eduardo Queiroz Galvão. A primeira parte, Nós, Viajantes, é um exercício mental do que somos e representamos no Corpo Universal, Deus, ou Grande Potência, infinito e eterno, do qual somos o Sopro de Vida, ou o Hálito de Deus.

NOSSA SENHORA DOS FRACASSADOS / Alexandre Gennari

Nossa Senhora dos Fracassados é um livro de autoajuda às avessas. Em vez de revelar dez passos para o sucesso, sugere que o próprio leitor estabeleça seu conceito de sucesso e fracasso, independentemente dos padrões tiranos estabelecidos pela sociedade, da busca de sucesso a qualquer preço; que encontre suas próprias “veredas” para sobreviver aos aspectos naturalmente depressivos da vida, não por meio da negação, mas da aceitação e catarse.

NOTÍCIAS DOS FANÁTICOS DE BARRA VELHA / José Carlos Fagundes

José Carlos Fagundes trabalha na Rede Pública Municipal e Estadual de Barra Velha. É licenciado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e pós-graduado em Interdisciplinaridade pela Universidade de Joinville (Univille). Como historiador tem se dedicado à pesquisa e ao resgate da história do município de Barra Velha e região. Em 1996 foi responsável pela elaboração de projeto que previa o mapeamento dos sítios arqueológicos de Barra Velha, que foi realizado pela equipe do Museu de Sambaqui de Joinville.

NÚCLEO DE ESTUDOS FOUCAULTIANO / Gênesis Naum de Farias

A escola da convivência na diversidade... (...)A escola que queremos está  longe de ser alcançada, mas a que pretendemos criar ou reelaborar pode se consolidar com práticas inovadoras e compromisso profissional, trabalho em equipe e vontade política. O objetivo deste trabalho de extensão universitária, agora sistematizado em forma de livro, servirá para reafirmar olhares e busca privilegiar a sistematicidade da produção de saberes acumulados ao longo dos diversos momentos da intensa elaboração cultural empreendida no âmbito da Universidade, ao se vincular às realidades sociais, para tentar reconhecer, nos conteúdos tramados pelo objeto das pesquisas desenvolvidas no semiárido brasileiro, os elementos que levarão a comunidade acadêmica à compreensão da realidade.

NUNCA DANTES NAVEGADOS / Hugo Sant Anna de Hollanda

"Por mares nunca dantes navegados da poesia que levantou âncoras para a liberdade de ser e de amar." Assim se pode definir esse livro de frases ora românticas, ora irônicas, no mais das vezes simples, algumas aparentemente impenetráveis, todas com um leve senso de humor. Depois dessa breve e muito longa viagem, a descoberta de um outro existir.

O ABRAÇO DA ESPERANÇA / Audelina Macieira

Este livro lhe trará sorte! No início ela era apenas uma poetisa baiana amiga de um amigo. Depois, passou a ser minha poetisa contemporânea preferida. Parecia falar com minha alma, conseguia tirar lágrimas e risos de mim sem esforço algum. Parece fácil escrever desse jeito simples, mas não é. Apenas pessoas muito inteligentes conseguem simplificar as coisas. Audelina Macieira escreve com sua alma, coração e tudo mais que compõe essa mulher.

O CAMINHO DO MEIO / Joanah Rios

“Não julgueis, a fim de não serdes julgados; porquanto sereis julgados conforme houverdes julgado os outros; empregar-se-á convosco a mesma medida de que vos tenhais servido para com os outros” (Mateus 7, 1-2).

O COMEÇO DO FIM / Wilson Castro Filho

Nesta obra, o autor mistura ficção e realidade, ao narrar um atentado durante a Copa do Mundo no Brasil, efetuada pelo grupo terrorista Estado Islâmico – EI. Dois anos depois, durante as Olimpíadas no Rio de Janeiro, o EI contrata um russo, de codinome Lobo, matador profissional, para efetuar o plano de matar o presidente dos Estados Unidos, no Maracanã, durante a abertura das Olimpíadas. Em meio ao impeachment de Dilma Roussef, o policial chefe da ABIN, Yakin Rubio, começa uma caçada ao matador que não tem nome nem rosto. Conseguirá ele descobrir e deter o Lobo antes de seu intento?

O CONTADOR DE HISTÓRIAS / Nelson de Castro Senra

Saber contar histórias é uma arte rara. Poucos o sabem fazer bem. Naquela ocasião, aquele contador sem dúvida dos melhores, se não mesmo o melhor, prometeu uma novidade. Iria contar uma história que acontecera com quase todos os presentes. Mas logo todos perguntaram, onde estaria a emoção, já que todos já sabiam do acontecido?

O ERRO E O ACERTO / Jussara Martins Rodrigues

O erro e o acerto é uma coletânea de poemas escritos durante os anos de 2015 e meados de 2016. Sua elaboração perpassa momentos vividos na cidade natal e busca uma valorização dos diversos episódios cotidianos nas cidades do interior de Goiás, a família, os filhos, e como as incidências globais chegam até o sul desse estado no coração do Brasil. Tanto nos empenhamos em viver que errar e acertar é um exercício diário, expresso aqui sem grandes pretensões, apenas com o foco em retratar as divagações femininas que nada têm de futilidades, mas de uma vivência opressora em pleno século XXI; ora impelida pelo feminismo, ora sufocado pelo mesmo.

O ESPÍRITO AFRO-LATINO NA POESIA DE NEI LOPES / Mirian de Carvalho

Análise da poesia de Nei Lopes, tendo como eixo ideativo o culto à memória dos ancestrais africanos e a relevância da resistência cultural na África e na América Latina ante os padrões ocidentais. Sendo Nei Lopes também compositor e intérprete, destaquei em seus versos as sonoridades em exaltação ao potencial da palavra ritmada a preservar na atualidade a memória e a presença do espírito negro-africano.

O ETERNO CORAÇÃO DE LOBO / Fabiano Lobo

As pessoas buscam eternamente pela felicidade em bens materiais ou momentos e sensações e, com isso, deixam passar e ficam pensando que poderiam ser felizes se estivessem em outra situação. Isso gera ansiedade por um futuro melhor ou depressão pelas escolhas erradas que fizemos no passado.

O EU DE NÓS / Marilina Baccarat de Almeida Leão

A inteligência não é para o eu de nós mesmos. Temos a nossa própria maneira de enxergar as coisas... Pensamos pela nossa própria cabeça... Esse é o Eu de Nós mesmos, que a maioria das pessoas pensa ao contrário... Mas, ao olhar, à nossa volta, vemos pessoas, que não conseguem pensar com suas próprias cabeças, chegar a conclusões sobre os assuntos, precisando de um aval, de uma opinião de outro ou de outros, para, então, emitir a sua.

O FENÔMENO DO ENCAPSULAMENTO DE SEGMENTOS TEXTUAIS EM LÍNGUA PORTUGUESA / Carlos Sodré Silva de Abreu

Defendida em 2005, sua dissertação de mestrado apresenta uma extensa pesquisa em textos jornalísticos escritos de um fenômeno que a linguística textual classifica como encapsulamento, quando uma palavra se torna uma espécie de cápsula que reduz o tamanho de um dado segmento textual. Usando como fronteiras de observação mecanismos endofóricos (catáfora e anáfora), papéis sintáticos (sujeito, objeto e advérbio) e, ainda, a função semântica dos nomes, o autor apresenta uma série de ocorrências regulares e variáveis por gênero textual, a partir de dados estatísticos e análise de exemplos que permitem um análise ampla da ocorrência do fenômeno em língua portuguesa.

O GIBI DO JOGADOR DE FUTEBOL / Paulo Roberto Alves Falk / Dyane Paes Pereira

Você sabe qual o caminho para se tornar um jogador de futebol? Sabe como cuidar do seu corpo e desenvolvê-lo? Neste gibi você encontrará diversas dicas de como ter hábitos de vida saudáveis e como organizar sua rotina para ter energia e disposição e se dedicar integralmente aos treinos. O personagem Peneirinha irá conduzir você de forma divertida por essas dicas que irão ajudar no seu dia a dia. Então calce as chuteiras e aproveite esta agradável leitura!

O GINÁSIO MARISTA / Chaguinha do Biá

O quinquagésimo oitavo livro intitulado O ginásio marista, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Foi dessa maneira, pensando nos milhões de leitores inteligentes, que elaborei estes textos que acabaram fazendo partes complementares deste livro, servindo de apoio às ações que envolvam o processo de ensino-aprendizagem no ambiente escolar.

O LIVRO / Jô Iranilda da Silva

O livro – História da vida real, de Jô Iranilda da Silva, foi escrito com o objetivo de, a partir da experiência pessoal da autora, ajudar outras pessoas que se deparam com situações semelhantes à vivida por ela e sua família: a descoberta de um tumor cerebral em Renato, seu filho, aos 16 anos.

O LIVRO DO CONSELHO / Albert G. Mackey / Tradução - Rafael P. Soneghet

"The Book of the Council", conforme publicado pelo grande autor maçônico Albert Mackey no final do século XIX traz em detalhes toda a simbologia encontrada nos graus dos Conselho Crípticos, os graus intermediários do Rito de York Americano. Esta tradução foi seguida à risca, com pouquíssimas adaptações necessárias tendo sido realizadas pelo tradutor.

O MENINO DO HYDE PARK / Claudio Martins Burro

O livro relata a história de Miharbi, de ascendência árabe, que cresce e se educa na Inglaterra. Acompanhamos sua juventude, seus estudos de medicina, seus encontros e desencontros afetivos, sua admiração pelos Beatles e pelo poeta e místico hindu, R. Tagore; suas práticas de viagens astrais e sua crença em reencarnação. O verdadeiro conteúdo do livro é a velha questão da vida individual plenamente realizada. Ao invés de escrever um ensaio sobre o tema, o autor preferiu tratá-la artisticamente com eventos que fazem parte da vida de todos nós.

O MUNDO BÁRBARO DE BÁRBARA - A DOR DE PEDRO / Cícera Sousa

A dor de Pedro, continuidade de O mundo bárbaro de Bárbara,  traz um enfoque no qual o protagonista da história, o jovem Pedro, luta permanentemente para conviver com o sentimento de perda. A dor da perda é mais forte que a vontade de viver, mesclada de momentos de  lucidez efêmera. Esse sentimento incrustado se constrói de forma que a dor implacável desassossega a alma marcada pela dor.

O MUNDO COMO EU VEJO / Bernadete Côrtes

“É a história de uma vida que nasce como uma fagulha com prognóstico de permanecer na escuridão e que, através de muito amor e dedicação, se transforma num ser iluminado capaz de tocar as pessoas com amor e emoção.”

O MUNDO DAS EMOÇÕES / Badu

Este livro é sobre paixão, medo e ódio. Ele não é um romance, como geralmente é tratado esse tema, nem é uma tese acadêmica, pois a psicologia não é minha área de formação. Eu narro aqui uma experiência de medo intenso que tive e o caminho que percorri para superá-lo. Escrevi porque a narração escrita é também um processo de cura e autoconhecimento. E também porque gostaria de romper o silêncio, o tabu que existe em nossa sociedade com relação a distúrbios psicológicos.

O PORTAL / Stella Mello

Romance nascido do poema “Revoada”, que “escorreu” pelos seus dedos em momentos de insônia e recolhimento. A autora começou a escrever aos 11 anos de idade, inspirada por uma novela do rádio. A história foi terminada quando ela contava com 20 anos. Desde então, escrever tornou-se o objetivo de sua vida, que ela intercalou com a pintura. Como escritora tem participação em diversas antologias com poemas, crônicas e contos, além de três romances publicados e dois livros de poesias.

O SAL E O LÍRIO / Francisca G. Vilas Boas

Em nível crítico literário, corroboro, não sou de rasgar seda mesmo porque Francisca G. Vilas Boas não precisa de elogios gratuitos e impressionistas. Por isso sinto-me à vontade para afirmar que Palavras e Sombras, seu livro anterior, é um dos melhores que li nos últimos anos. E reafirmo aqui as razões dessa assertiva. Há no livro um lirismo maduro, criador de imagens translúcidas inusitadas, bem definidas na linguagem que tece metáforas enredantes de sentido profundo. Trata-se de um livro poeticamente competente.

O SÍTIO DO CHITÓ / Chaguinha do Biá

O sexagésimo quarto livro intitulado O Sítio do Chitó, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Os textos apresentados nesta pequena obra pretendem estimular os leitores a descobrirem na leitura as belezas que nos rodeiam e permitem a vida no planeta Terra cada vez mais humanitária, e nele cada ser vivente desempenha um papel de sua maior importância na sociedade.

O SOL POENTE DA VIDA / Luiz Ferreira da Silva

Não há outra maneira que não seja continuar tendo sonhos, materializados em projetos, sem os quais a vida deixa de ter sentido (Capítulo I). O importante é fazer tudo plenamente, carimbando no coração e na alma. Nada de fazer as coisas por fazer, mas buscando uma razão e “assinando” o seu feito (Capítulo V). Por outro lado, quem exercita o pragmatismo tem uma maior percepção prática das coisas e, no geral, pouco é surpreendido com as reações humanas, pois não lhe domina o chamado encantamento (Capítulo VII).

O TEAR / Lucia Bauer

O Livro ... O Tear ... é simplesmente, uma obra, tecida, como se fossem retalhos de uma imaginação... onde o trigo conversa com o linho... e um menino procura um ninho não são citados nomes próprios, pois são simplesmente poesias, que se escrevem e se leem, na tristeza, e na alegria, á sombra da arvore, num dia de sol ou recolhido, no quarto num dia de chuva onde se pode sonhar com o lugar onde gostaria de estar a caminhar a amar ou colhendo flores num jardim para seu viver enfeitar...

O TEATRO DE ELSON BARCELOS / Elson Barcelos

O Teatro de Elson Barcelos é uma reunião de alguns textos do dramaturgo que foram escritos especialmente para teatro. Todos já encenados e remontados por grupos diferentes. O livro é resultado de incentivo de amigos e fãs que acompanharam os livros anteriores, mas não tiveram a oportunidades de assistir a todas as montagens dessas peças. Cada texto tem a sua verdade, a sua mensagem e são temperados com muita sensibilidade e um incrível toque de humor.

O VAZIO É O COMEÇO DE TUDO / Fernando Kavera

Fernando Kavera é compositor e escritor. Em 2005 lançou pela Editora Nobel o seu primeiro livro, intitulado Bazófias peristálticas. Em 2011, pela Scortecci Editora, lançou seu primeiro romance, Abaixo da impiedosa abóbada, parte de uma trilogia sobre música com notas em cinema. Em 2012 lançou Sinfonia Cordisburgo e em 2015 fechou a trilogia com Primeiro as horas, segundo os segundos e, por fim, o fim. Lançou 16 CDs, todos autorais, em diversos campos musicais, do rock progressivo ao jazz e clássico. Com seu CD Prelúdios, sonatas e serenatas para violão solo, foi convidado a participar da Filarmonia Brasileira na 4ª edição do Festival Leo Brouwer.

OLHOS DE LÁZZULI / Paulo Vitor Vasconcellos

Três anos após a morte de seu avô Guido, uma série de acontecimentos misteriosos levam a pequena Lázzuli, de 9 anos, a Sial, um mundo cheio de aventuras e perigos, como o das histórias contadas por ele. O desaparecimento da menina obriga seu pai, Yan, a retornar ao antigo casarão do velho Guido e relembrar histórias de sua infância que fizera questão de esquecer, embarcando em uma jornada pessoal de reencontro com seu passado e mergulhando em uma viagem cheia de surpresas e fortes emoções para trazer sua garotinha de volta.

ONDE NASCE A FÉ / Espedita China

História de força e superação através da fé. De uma enfermeira missionária que vários países cruzou. Onde havia desengano de vida, lá estava a luz da fé. Contada em versos e rimas, com fotos a ilustrar. Dentro do meu jeito de viver, de ver a vida com alegria e bom astral. Descrita desde que saí do Brasil, em 2003, e me casei em Portugal. Estou relatando vivências da minha vida durante onze anos. Com experiências de fé, e mostrando minha vida como ela é.

OPINIÃO / Caio Liudvik

O prazer de ler. É isto que esta coletânea quer ajudar a despertar. Pela leitura viajamos, somos levados a lugares novos, ideias novas, somos transportados pela imaginação do escritor a mundos que não conhecemos, ou, ao contrário, trazemos de volta à nossa memória lembranças de coisas, pessoas e acontecimentos que estavam guardados. Vivemos ou revivemos experiências particulares, emoções únicas que nem sempre conseguimos traduzir em palavras.

OS DOIS REINOS / Edson Silva

Passado e presente se encontram neste livro, que descreve a vida de Ricardo, um menino do porto que aos poucos passará a viver em um castelo na presença do Rei e de Melchíades, um senhor que lhe ensina tudo sobre como se defender das forças ocultas que um mago chamado Ramo desfere contra ele. As tentativas de Ramo de afastar o jovem do castelo são inócuas e, contrariando as expectativas do Mago, estas se voltam contra ele mesmo, garantindo assim que o Rei mantenha o progresso de seus domínios, o que é visto como um empecilho para o grupo de cinco nobres.

OS MADRIGAIS DE CARLO GESUALDO / Rafael Luís Garbuio

Um livro dedicado a todos aqueles que se interessam pela obra do compositor italiano Carlo Gesualdo. Seja por conhecê-la e desejar aprofundar-se, ou pelo interesse em obter um auxílio antes de um contato inicial. O compositor nascido na segunda metade do século XVI, tornou-se um marco na história da música ocidental por ter elaborado uma obra quase inclassificável.

OURO D'ÁGUA / A. Cordeiro

Este livro foi escrito em 2001 em apenas dois meses. Continua atualizado. Todo o pacote dos originais permaneceu parado no fundo de um armário todos esses anos. Recentemente alguém então me disse: “Você não tem o direito de deixar uma história desse calibre no fundo de uma gaveta!”. Esse alguém era uma amiga que leu os originais. Bem, diante da bronca, resolvi então publicar. Aqui está! Pronto e acabado. Será? Quem sabe? Sou um técnico... mas tenho coração!
A. Cordeiro

PALAVRAS TRONCHAS / Edobardo Lyra

Persiste o poeta em sua infrutífera faina literária apresentando agora essas palavras tronchas em sua mais plena literalidade coletânea errática de poemas inconsequentes aos olhos e ouvidos dos desavisados. Os avisados se escafederam previamente evitando o dissabor. A obra continua vindo a público por conta do bolso ralo do autor pois ainda desta vez não houve alma benemérita que se atrevesse a assumir o risco certeiro da publicação.

PARA QUEM AMO / Antônio Galdino

A poesia, como gênero literário, sempre chamou a atenção do leitor e, como arte ela provoca curiosidade e encanta por si só, e a sua magia vai além da expressão metafórica, pois é a riqueza de linguagem figurada que faz com que o leitor busque nas entrelinhas o que não está explícito no texto superficialmente, há de se fazer uma leitura mais apurada da poesia, tal como se faz ao lapidar o diamante para que se tenha um brilhante de alto quilate.

PARECE QUE FOI ONTEM / Pedro Pinto / Ubirajara D. Leoni (espírito)

Meus amigos: Não é fácil escrever sobre o maior protagonista da história da humanidade. Foi como se a minha consciência viajasse no tempo em busca de uma visão transcendental para ver de perto aquele que mudou o calendário. Quantas vezes encontrei-me pensando nele querendo entrar em sua consciência e compreender mais de perto suas realizações. Nessa procura dei-me conta do dia a dia daquele formidável homem.

PARTES DE MIM / Vanda A. Salles Ferreira

Partes de Mim é um livro de poesias, que traz o frescor do jogo de palavras, abrindo espaços moinhos para as inquietudes poéticas, onde o sujeito e a autoria não se separam. É um abraço nas chuvas de outono e um café quentinho, nas noites de inverno. É uma obra para os amantes dos acordes do coração.

PAXÁ, O APOSENTADO ATIVO / Akio Kimura

A estória se passa de 2005 a 2016, com idas e vindas entre o passado e o presente. Após anos de trabalho, já com aposentadoria vencida, o personagem Paulo Alexandre Lobato decide sair da empresa de vez. Ele se sentia à beira de um colapso nervoso diante dos problemas que surgiam continuadamente. Isso devido ao seu envolvimento ilícito e da empresa em pagamentos de propinas junto às obras do governo.

PEDRA BRUTA / Chico Nascimento

Um despertar solitário ou coletivo do homem, tendência natural do ser humano. Ascendência em um mercado concorrente e individualista. “Ser ou não ser”, num campo minado. Vencer na invisibilidade, amar e ser amado sem olhar o nível social, pelo prazer da carne e a conectividade espiritual. Coreografar: uma dança de designer e projetos audaciosos para todas as categorias, sem levar em conta a capacidade financeira de um, ou de outro.

PELA FÉ E COM AMOR / Maria José da Silva Bezerra

Sem recursos financeiros, vivendo no interior de Alagoas e tendo ficado cega aos 3 anos de idade... Leia e descubra como a autora superou o preconceito e as mais variadas dificuldades e realizou seus sonhos. Que esta história possa ajudar e inspirar muitas pessoas!

PELOS CAMINHOS DA VIDA / Vera Lucia Moraes de Siqueira

Este livro é uma coletânea de contos, crônicas e poesias. Através dos contos e crônicas, abordo problemas sociais que servem como exemplos nas várias situações vividas pelo ser humano. Escrevo para todos os tipos de pessoas usando um vocabulário simples, pois o que pretendo é provocar a emoção e a reflexão sobre a nossa trajetória pelos caminhos da vida.

PELOS MEANDROS DE UMA VIDA / Manoel Bruno Linhares

Falar de Bruno Linhares é muito fácil. Homem simples no seu dia a dia e na convivência com os amigos. Porém, um homem experiente, informado e sobretudo forte nas suas ideias e convicções. Afinal, escrever um livro autobiográfico aos 93 anos não é façanha para qualquer um. Neste seu primeiro livro, ele descreve suas andanças pelos caminhos da vida, com lucidez e precisão. Dá para perceber que viveu e vive intensamente, que seu coração e sua mente continuam muito ativos, pois velhice não é doença nem tampouco fim da linha. Bruno Linhares é exemplo disso. 

PEQUENAS HISTÓRIAS / Nege Além

ESPELHOS E CONTRAESPELHOS DE UMA NOVELA HUMANÍSSIMA - Iniciando o comentário ao livro anterior de Nege Além – Histórias bancárias – afirmamos que o autor agradava de pronto pela unidade temática, não havendo desnível de qualidade nos contos que reunira de dois outros anteriores. Já aqui, nesta novela, os capítulos unem-se pelo assunto único, andamento narrativo, excelência literária em todos eles, com vislumbres de contos ou tópicos independentes que deixam entrever tal peças unidas e levemente soltas.

PERÍCIA - VERDADE SEM EMOÇÃO / Rômulo Borges

Este livro de Rômulo Borges é uma agradável e inesperada surpresa. Em primeiro lugar pelo tema, narrativas sobre perícias e laudos de um grafotécnico pelo mundo dos processos judiciais. Um tema aparentemente árduo, de repente, transforma-se em profundas análises da natureza humana.

PI44 / Cesar Buaes dal Maso / Celso dos Santos Silva

Esta obra traz importantes contribuições ao segmento de entretenimento e de hospitalidade, podendo as mesmas ser ampliadas a demais setores da indústria, a partir da metodologia, das técnicas e das melhores práticas apontadas. A obra é fruto do PhD do Cesar junto à FCU, cuja defesa tive o privilégio de acompanhar. Recomendo a leitura para alunos e profissionais de negócios.

PINGO NOS IS / Ricardo Daunt de Campos Salles

Muita gente, ao ler minhas crônicas, se admira da diversidade de assuntos tratados. Ao que eu sempre respondo: eu não sou Ph.D. em política, nunca estudei arte, muito menos joguei futebol. Embora homem de fé, minha religiosidade é questionável. Eu entendo de gente, para o bem ou para o mal. Sou observador, tenho a capacidade de me indignar e adoro relacionar fatos, fazendo relações que muitas vezes escapam ao senso comum.

PIRATA, FANTASMA E NINJA / Michael Yakov Hubner

A formação e o desenvolvimento intelectual, a educação, a cultura geral e o conhecimento; o ensino e a aprendizagem; a habilidade de observação, de compreensão, de discernimento e de raciocínio; a imaginação, a visão do mundo, o espírito crítico, o desenvolvimento e o questionamento de ideias; a pesquisa, assim como a análise e a interpretação de informações e de dados.

PLANETA HOMEM / Valmir Benício

Esta obra é decorrente do livro Nós, Nosso Mundo e Nosso Comportamento (Editora Garcia Edizioni, 2012), em que Valmir Benício tece considerações sobre assuntos polêmicos, frequentemente discutidos e que preocupam todas as esferas da sociedade. Problemas sociais, propostas de reflexões, qualidade de vida e relacionamento conjugal são algumas das questões abordadas neste primeiro livro. Tudo começou quando o autor foi palestrante em um evento em prol do combate à violência contra a mulher, promovido pela organização do site Espaço Mulher e realizado na Assembleia Legislativa de São Paulo em 2009.

POÇOS É UMA FESTA / Gisele Selmar Corrêa Castro Ferreira (org.)

 Climepe Total acredita no ser humano e em seu desenvolvimento. Somos apoiadores culturais pela grandeza de que um simples fato de incentivar gera mudanças indescritíveis em uma pessoa, uma cidade e em uma nação. E, por esse motivo, temos a confiança de que a cultura é um pilar sólido de várias vertentes que constroem um cidadão. Climepe Total, fundamental é viver!

PODE ACREDITAR, ACONTECEU COMIGO! / Sandra Godoy

“... o que me deu muita satisfação foi poder encarar as dificuldades que as limitações impõem a uma pessoa com necessidades especiais e saber que para tudo há um jeito e quando isso não é possível, a gente improvisa.” É do cotidiano que vai anunciando a iminência de episódios alinhavados com ternura e graça que vêm as histórias deste livro. Recuperando cenas autobiográficas que perpassam desde os tenros anos “sapecas” até a maturidade reveladora de uma aguda consciência crítica, Sandra Godoy costura com o seu estilo melífluo e coloquial as frases com que vai nos convidando a entrar no seu universo particular.

PODER DA PALAVRA / Rossidê Rodrigues Machado

Com mais de meia centena de expressivas frases, Poder da Palavra, oitavo livro solo e segundo contendo pensamentos da escritora Rossidê Rodrigues Machado, objetiva promover uma leitura rápida mas reflexiva, oferecendo luz e otimismo para todos os momentos. Exemplar indispensável no acervo domiciliar, na biblioteca escolar e pública, os leitores que tiverem em mãos esta obra vivenciarão leitura interessante e valiosa pela força e poder da palavra. Boa leitura!

POEMAS E POESIAS / Carlos César Alário

Rebelde, crítico e provocador, o alemão Friedrich Wilhelm Nietzsche (1844-1900) se propôs a desmascarar as fundações da cultura ocidental, mostrando que há interesses e motivações ocultas, e não valores absolutos, em conceitos como verdade, bem e mal. A ideia central da sua filosofia  é  a  “afirmação  da  vida”. Nietzsche questiona toda doutrina que drene a expansão de energia, não importando o quão socialmente predominantes essas ideias possam ser.

POEMAS ETERNOS / Alberto Slomp

O festejado poeta paulistano Alberto Slomp, com vários livros publicados, vem com a necessária vivência e experiência para, com maestria, transmitir na sua obra muita dedicação à terra amada em que nasceu. Os poemas trazem o contumaz brilhantismo em composição poética. Palavras esparsas não têm a devida significância, mas quando se juntam têm a magia de nos transportar a lugares imaginados no mundo do autor.

POEMAS NÃO APENAS DE AMOR / João Vitor Pereira

João Vitor Pereira nasceu em Santa Bárbara d’Oeste (SP), em 5 de dezembro de 2000, primeiro filho do casal Reginaldo Pereira e Mônica Daniela Toani de Moura Pereira. Aos cinco anos de idade começou a ler, orientado pelas professoras do Colégio Pro-Cultura Anglo, onde iniciou os estudos junto com o irmão Leonardo Pereira. No maternal já assistia a peças infantis e contação de histórias e frequentava livrarias. Desde os sete anos diz querer ser escritor e, em meio aos estudos, brincadeiras, atividades extraescolares e encontros com os amigos, dedica um tempo para ler e escrever. Aluno comprometido e responsável, atualmente cursa a 3ª série do ensino médio.

POEMAS, POESIAS E OUTRAS RIMAS / Coletânea

Se as palavras fossem contas, seriam os livros rosários e as poesias seriam ternas orações. Se as palavras fossem flores, os livros seriam jardins e as poesias seriam cores, pétalas e perfumes. Mas, se as palavras fossem folhas, os livros seriam árvores e as poesias seriam floradas e frutificações. E se as palavras fossem estrelas e luas, a noite seria o livro e as poesias seriam luares e constelações. Ainda bem que as palavras são tudo isso e muito mais, infinitamente mais.

POESIAS SEM RUMO E SEM RIMA / Wilson Quintaneiro

Não sei se devo me considerar um analfabeto funcional ou, como querem meus amigos, um autodidata... Afinal, só sentei num banco escolar durante cinco anos (primário) e saí direto para o mercado informal de trabalho. Mas o pouco que aprendi me permitiu mais do que sobreviver – viver. Hoje me considero escritor e tenho, publicados, seis livros, além deste Poesias sem rumo e sem rima.

POETÍLICO / Zluiz

Ao ler os poemas e outras coisas escritas, me vi comungando de alguns sentimentos, visões de mundo; me deparei refletindo sobre existir, resistir, ser realista sem perder a esperança. Poetílico provoca pensar sobre liberdade, autoconhecimento, indignação, justiça, impunidade, desigualdade, respeito, tempo, cuidado... Tudo isso e pouquinho mais. Um convite – despretensioso em sua forma, mas carregado de intencionalidade em cada rima e afirmação – a nos permitir conectarmos com o humano.

PORTO INSEGURO / Martim Ferrer

Desde a sua descoberta, o Brasil nunca se encontrou inteiramente. Foi, por isso, muitas vezes objeto de reflexão. Hoje, depois de um período de mudanças, e no meio de uma crise, torna-se de novo importante pensar e discutir o Brasil, o que o país é e pode ser, quais as tarefas do futuro. Porto Inseguro apresenta elementos históricos para pensar a política no Brasil e elementos políticos para pensar a sua história e o seu futuro. Mas a perspectiva ou o ponto de partida do livro é a perspectiva pessoal de quem passa pelo Brasil e vive a sua realidade.

PORTUGUÊS, NEOPORTUGUÊS BRASILEIRO E RELAÇÕES SOCIOCULTURAIS / Joéliton Sueldo Araújo

Um ‘direcionamento’ prévio emerge do título deste livro: não esquecendo o Português Internacional Comum – por força de laços linguístico-culturais e de acordos multilaterais –, mas em relação à denominação do vernáculo do Brasil, aqui se utiliza, preferencialmente, Neoportuguês Brasileiro. A expressão transcende nacionalismos e assinala não só um pertencimento linguístico ‘novo’ (’neo’) ao que possa ser ou ter sido o idioma ‘português’.

POSSIBILIDADES ERÓTICAS: O PROSTITUTO SAGRADO / Antônio Aruanda

Esta é a história de Aruã, o Prostituto Sagrado. Aruã é um ser humano que decidiu aventurar-se na busca de si mesmo através de infinitas possibilidades eróticas e espirituais. Trata-se de uma saga na qual a maneira mais eficaz da ascensão do espírito está na coragem de chafurdar-se no lodaçal do próprio submundo existencial. Essa é uma jornada de sonhos reais. Pegue a minha mão e venha para nunca mais voltar. Gozemos, pois.

PRA CIMA DELES! / Giulianno Perri

O livro aborda a carreira do administrador de empresas Giulianno Perri. São 25 anos de história, entre altos e baixos, com buscas constantes pelas melhores oportunidades entre os mundos empreendedor e corporativo. Na sua trajetória corporativa, foi responsável pelo desenvolvimento de novas áreas e negócios, chegando a sócio de duas reconhecidas empresas no mercado financeiro: Hedging - Grifo e XP Investimentos.

PRÓLOGO / Fábio Diógenes

Essa malha que nos envolve é um pouco de tudo que sobrou, não que seja resto, digo sobra porque é exatamente isso. Jamais a festa fora feita para tantos, os desígnios divinos vão à comunhão com os tais escolhidos, não estão na mesma linha que nos une, por outro lado, caminham sobre nós e sorriem do nosso destino. Chamo-me Tião, alguns brincam com meu nome e ficam conjugando-o, outros me perguntam se não se trata de uma homenagem ao santo, sempre lhes respondo que apesar das flechadas não há muito que haver em comum, mesmo porque Tião é sempre Tião.

PROTÓGONOS / Igor Buys

O poema Protógonos é um texto de juventude, que se perdeu junto com um daqueles antigos disquetes flexíveis, muito corruptíveis, para ser reescrito, de memória, em 2006. Narra uma espécie de viagem onírica e heroica do eu à procura de autoconhecimento e individuação. Trata-se de uma obra aberta.

PSICOLOGIA & ESPIRITUALIDADE / Cícero Prado Sampaio

A civilização moderna, o desenvolvimento tecnológico e a revolução da informação nos conduziram a um desequilíbrio que, dia após dia, está se tornando cada vez mais perigoso e prejudicial. Os hábitos e padrões culturais atuais tendem a produzir uma sociedade extrovertida – e extrovertida aqui não significa alegre, jovial, mas sim alienada do que se passa dentro de nosso próprio universo interior, uma sociedade “fora de si”.

PULSAR / Valdenides Cabral

Preciso vencer o impossível dizer com palavras. Entre uma letra e outra há todo um rumor lá fora e aqui dentro elas se embaralham sem conseguir atravessar o umbral (quase invisível) que se interpõe entre a minha mão e o papel entre o olhar e o sentido. Olho a linha do horizonte e toda essa imensidão está dentro de mim, inconclusa, como uma borra, um borrão, uma mácula, quasi-stellar.

QUAL É O CAMINHO? / Celene Thaumaturgo / Lilian Knapp

Quando estamos diante de uma escolha, é essa pergunta que sempre nos fazemos. O tempo todo, tomamos decisões, das mais simples às mais complexas. Eventualmente, algumas delas poderão modificar completamente o rumo de nossa vida inteira. Todos os dias, vivemos em um círculo vicioso, não conseguimos mudar o paradigma nem dar o salto para um outro estágio de consciência.

QUE EU ME LEMBRE, ERA ASSIM! / Osmar Lorencini

Como disse em uma de minhas crônicas, escrevo porque gosto, não porque saiba, então este apanhado de causos e crônicas eu dedico a todos os seus personagens, todos verídicos, e qualquer semelhança não é mera coincidência, personagens estes que fizeram parte de minha infância e de minha juventude, fizeram e fazem parte de minha história, que neste livro tento dividir com os que se propuserem a lê-lo. Osmar Lorencini.

QUE LUGAR É ESTE? / Miguel Gimenez

Menecmas. Pois que José Paixão foi mendigo, poeta-viramundo, o filho bastardo. Salviano Figueira? Ilustríssimo ribeirão-pretano, família tradicional, professor de Anatomia viciado em jogos e em maconha. Dívida, ameaças, jura de morte... Apólice milionária! Lindaura é inocente, que ideia, ela nunca fez mal a ninguém, uma esposa adúltera, mais nada. E, Dimas, Dr. Dimas, o marido traído – fui quem assinou a Declaração de Óbito do nosso professorzinho azarento.

QUEM DISSE QUE NÃO DISSE O QUE DISSE? / Maruam

A poesia sempre esteve presente em minha vida. Na infância, sequer iniciado no mundo das letras, já decorava e declamava por auditórios paulistanos Castro Alves, Olavo Bilac, Casimiro de Abreu, Guilherme de Almeida, entre outros. Na adolescência e juventude, devorava “scripts” poéticos e, na contramão da moda, adotando um perfil menestrel, os difundia em aulas e apresentações.

QUEM ROUBOU MEU CORAÇÃO? / Jair Dias

As poesias deste livro são fruto de 50 anos de vivência, espera e certeza de que um dia seriam lidas e melodicamente pronunciadas por leitores de diversos gostos. A linguagem prosaica do cotidiano e aparentemente banal leva o leitor às origens da adolescência. A poesia na mão de Jair Dias torna-se um instrumento exigente e delicado, manejado com firmeza para sensibilizar a crista de banalidade que envolve o mundo real.

QUERO MATAR O PREFEITO / Durval Augusto Jr.

Em Quero matar o prefeito, o cômico, o dramático e até mesmo o trágico se entrelaçam nas trinta narrativas desse novo livro de contos de Durval Augusto Jr. Forma-se, assim, o amálgama cujo escopo é, em última análise, iluminar os escuros da alma humana. A obra está dividida em duas partes. Na primeira predomina a comicidade, ainda que temperada aqui e ali com a necessária pimenta de momentos dramáticos.

QUINZE IRMÃOS / Berenice Ferreira Moraes

Foto da Capa: Bodas de prata de Antônio e Benedita. Caraguatatuba (SP), 1962. Da esquerda para a direita, na frente: César Augusto, Tereza Cristina, Débora Adriana, Vera Lúcia, Roberto Wagner. Na fila de trás: Maria Antônia com Paulo, seu filho, no colo e Joaquim atrás, Carlos Roberto, Antônio Paulo, Dimas, José Vicente, Maria de Lourdes, José Raimundo (marido da Maria Auxiliadora), João Sérgio, Maria Auxiliadora, Berenice e Luiz Gonzaga. No centro da foto Antônio e Benedita. (Acervo pessoal.)

RABO DE CUTIA / João Damasco Braga

Em seu primeiro livro, o autor brinda os leitores com prazerosa lida com as palavras, em poemas de reminiscências pessoais, divertidos ou pungentes, de alusões folclóricas, de riqueza transtextual ou de instigantes ideia e elaboração.

RAÍZES EM VOO / Sonia Rio

Neste Raízes em Voo apresenta cem textos contendo pensamentos e reflexões...tanto de cunho pessoal como aqueles de temática social. Mudei muitas vezes de cidade e país e posso dizer que isso me trouxe satisfação e enriquecimento interior. No entanto, mesmo sem sair do lugar, estamos sempre em contínua transformação. O importante é usar o que acontece para valorizar nossas sacrossantas raízes e alargar nossos horizontes.
Sonia Rio

REFLEXÕES DO MUNDO CORPORATIVO / Rogerio Martins

Liderança, motivação, comunicação eficaz, networking, criatividade e outros temas importantes do mundo corporativo são abordados pelo  psicólogo e consultor organizacional Rogerio Martins, em Reflexões do Mundo Corporativo. Nesta compilação de seus principais artigos, se tem uma eficaz atualização dos princípios básicos do comportamento organizacional e gestão de pessoas, elo que faz de Reflexões do Mundo Corporativo uma leitura eficaz e de resultados.

REFORMA ÍNTIMA DE DENTRO PARA FORA / Sergio de Almeida

O amor, profundo como o mar, infinito como o céu, abraça todas as criaturas. Deus é o seu foco. Assim como o Sol se projeta, sem exclusões, sobre todas as coisas e reaquece a natureza inteira, assim também o amor divino vivifica todas as almas; raios penetrando através das trevas do nosso egoísmo vão iluminar com trêmulos clarões os recônditos de cada coração humano

REINVENÇÃO DA EMPRESA / Alexandre L. Ribeiro do Valle / Luiza Elena L. Ribeiro do Valle

Numa época de constantes mudanças e evoluções surge a necessidade de se estabelecer um novo conceito empresarial, mais compatível com o perfil moderno, mais dinâmico, transparente, ético e flexível, adequado à nova conjuntura econômico-empresarial emergente. São tendências que se voltam para a construção de relações de reciprocidade dentro de um contexto organizacional oposto, que se caracteriza pela competitividade e pelo individualismo. As organizações brasileiras enfrentam dilemas relativos aos processos de emancipação e regulamentação do trabalho, tornando-se necessária a reflexão sobre os diversos problemas envolvidos nas relações entre corporações e empregados, entendendo a complexidade dos desafios de gestão de pessoas para construir conhecimentos que propiciem a reinvenção da empresa, com características adequadas à nossa realidade no trabalho.

RELATOS / Hans Reiter

Contos, "relatos" ficcionais de possíveis pacientes em um consultório de psiquiatria. “Há trinta anos isso; nos últimos, profissionalmente, só isso. Histórias de hora em hora, umas cinco por dia, partes narradas também pelos acompanhantes, personagens secundários.”

RELATOS DO ESTRANGEIRO / Jorge Lescano

Este volume , como os anteriores, contém relatos de épocas diversas. Algumas narrativas têm mais de trinta anos, outras só alguns meses, e foram surgindo sem a intenção de configurar um livro. Crê que isto é uma qualidade, pois afasta o leitor da monotonia da "unidade" temática e formal.

RESPEITE A SOLIDÃO ALHEIA / Kaio Bruno Dias

Respeite a solidão alheia, e todo o silêncio, da mesma forma respeite; o excesso, o motivo, o momento, o outro. Respeite os calafrios, a sua ansiedade, respeite as partidas, as tensões, distrações, a vida acumulada. Respeite a distância, os afagos, a brisa, o final não esperado.

RETALHOS DE ALMA INTEIRA / Grace Cristina Ferreira-Donati

Retalhos de alma inteira é um livro de poesias e contos poéticos que trata de temas cotidianos e sentimentos essenciais do homem, com rebuscada sensibilidade. A maioria das produções é construída em verso livre, e, assim como o título sugere, expõe a alma da escritora, suas percepções e sensações, sem proteções, e exibindo elevado domínio de assonâncias, aliterações, rima e ritmo.

RETALHOS DE VIVÊNCIAS / Maria do Carmo da Silva Santos

AMIGO LEITOR: Seja você criança, jovem, adulto ou idoso, leia! Se você possui apenas o ensino fundamental, leia! Se você teve a feliz oportunidade de cursar o ensino médio ou o ensino superior, leia ainda mais! Se não tem condições financeiras para comprar livros, ainda assim leia!

RETORNO AO CENTRO DE MIM MESMA / Alexandra Caymmi

Em um primeiro momento, o título deste livro – Retorno ao centro de mim mesma – instiga uma abordagem espiritual, mas tanto a espiritualidade quanto a psicoterapia e a ciência apresentam um movimento similar, visto que elas se direcionam para este sentido do “retorno ao Um”. Todas essas correntes, que durante anos – e até mesmo séculos – foram se separando cada vez mais, estão atualmente se reaproximando.

RETRATO DE UMA VIDA SÓ / Maria Natividade Pacheco

Este livro é mesmo o que diz o título dele. É o Retrato de quem vive só. Mas eu escolhi viver só, depois que perdi as pessoas que mais amei. É certo que ninguém é feliz vivendo só, mas também se diz: “É melhor só que mal-acompanhado”. Não lamento por isso, nele tem também coisas boas, vocês vão gostar. Poesias, relato de vida, até um pouco de autoajuda. Leia ainda que seja por curiosidade. Vão acabar se apaixonando.

RETRATOS DA ALMA E DO CORAÇÃO / Cesar Augusto Pastori Blanco

Vivemos em uma sociedade endurecida pelo orgulho, onde almas se ausentam de sua própria natureza para tentar em vão apaziguar seus sofrimentos, mas acabam por congelar os seus passos, pois esconderam a chama do amor de seus próprios corações. Este livro nasce do anseio de compartilhar com as gerações do porvir um novo olhar contemplativo, fruto de um trabalho de reflexão e alquimia que perdurou por sete anos, desenvolvido no auge do florescimento do Ser.

REVERSOS DA VIDA / Terezinha Teixeira Santos

Uma história à moda antiga, com drama, suspense, sofrimentos, reviravoltas e uma intensa trama de amor. A escritora Terezinha Teixeira Santos celebra em Reversos da Vida os romances-folhetins que encantaram gerações nos séculos XIX e XX. Os personagens Pollyanne e Marcelo, separados pelas contingências do destino, terão o amor colocado à prova.

REVOLUÇÃO 4.0 / Ailton Lemos

Ano 1760, século dezoito. O país é a Inglaterra. Foi a partir desse endereço temporal que as coisas mudaram no planeta terra. Surgiu a primeira, segunda e terceira revolução industrial. Agora se faz presente a quarta revolução industrial, o mundo inteiro será afetado por ela, inclusive a sua profissão. Surgirão máquinas tão inteligentes que tomarão o emprego de muitos ao redor do planeta. E agora, o que fazer? Mas não para por aí. O mundo 4.0 está evoluindo de tal maneira, que até seu corpo poderá em um futuro não muito distante daqui, ser metade biológico metade máquina. Minúsculas maquinas estão sendo fabricadas para vasculhar suas veias. Será o fim de uma era regida por conceitos científicos mecanicista.

RIO PRETO DA EVA / Chaguinha do Biá

O sexagésimo quinto livro intitulado RIO PRETO DA EVA, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Os textos apresentados nesta pequena obra pretendem estimular os leitores a descobrirem na leitura as belezas que nos rodeiam e permitem a vida no planeta Terra cada vez mais humanitária, e nele cada ser vivente desempenha um papel da maior importância na sociedade.

RIO PURUS / Chaguinha do Biá

O sexagésimo primeiro livro intitulado Rio Purus – O estradão, aqui apresentado aos amigos leitores, é uma obra que faz parte do poeta amazônida Chaguinha do Biá, que pretende não só contribuir para uma nova visão, como também criar leitores cada vez mais engajados com a causa do nosso meio ambiente amazônico. Foi dessa maneira, pensando nos milhões de leitores inteligentes, que elaborei estes textos que acabaram fazendo partes complementares deste livro, servindo de apoio às ações que envolvam o processo de ensino-aprendizagem no ambiente escolar.

SATIRICONTOS / Prof. Silvio Coghi

Este livro só não é recomendado a quem não sabe ler. Não é um livro de humor, de piadas. São contos bem-humorados que satirizam diversos segmentos da sociedade atual, além de levar o leitor a refletir sobre várias características sociais modernas. Por exemplo: quem é o culpado das coisas erradas? Como agem os institutos de pesquisas? O que é uma sociedade (quase) perfeita?

SAUDADES DE VOCÊ / Antônio Galdino

O trabalho literário aqui apresentado foi estruturado de forma que o leitor, ao tomar parte na sua leitura, possa adentrar na intimidade da sensibilidade do autor, pois a modalidade escolhida pelo escritor foi o verso, e em especial o gênero lírico, em que os seus sentimentos de poeta são verbalizados e escritos para causar emoção no leitor. Mesmo que as mensagens não estejam tão claras em seus versos, o leitor tem total liberdade para fazer uso do seu eu poético e, assim, descobrir nas entrelinhas as evidências do texto.

SE PIQUE COMPANHEIRO, SUA HORA CHEGOU! / Hélio Motta

Subimos o morro até a área do cul de sac, quando o Nelsinho mandou parar e aí um negão alto chegou na janela do carona, olhou para a gente, desconfiado, e então o Nelsinho falou que queria umas dez trouxinhas do melhor fumo que ele tivesse. Em seguida houve uma breve negociação de preço quando de repente o negão parou de falar, olhou de novo pra gente e disse: Rapaziada, estou conhecendo vocês, eu sei ler, leio o jornal todos os dias e já vi vocês na primeira página, vocês são assaltantes de banco! Vocês são do MR-8, não são?

SEGREDOS MÉDICOS / Amália Pelcerman

Este livro trata de histórias de médicos e seus pacientes. Muitos irão se identificar com os casos aqui narrados, ocorridos comigo, com minha irmã e vários colegas que colaboraram com histórias deliciosas e pitorescas. É um livro para médicos, mas pode ser lido também por pacientes, que vão saborear os segredos sobre o dia a dia desses profissionais, tratando de seus anseios, medos, preocupações, satisfações, frustrações e realizações.

SEGREDOS, VERDADES E MENTIRAS / Fábio Oliveira

Neste livro, Fábio Oliveira expõe segredos, alegrias, dores, esperanças, medos e angústias de personagens do cotidiano, tocando em pontos da alma humana difíceis de serem revelados. Com linguagem simples, concisa e eficaz, o autor conta histórias diversas que prendem a atenção do leitor; histórias marcadas pela criatividade, emoção e capacidade de reflexão. “Segredos, verdades e mentiras” é um convite ao leitor para o prazer da leitura, para o conhecimento de si mesmo e do mundo.

SEMENTES ESQUECIDAS NO JARDIM / James Jaworski

Sementes Esquecidas no Jardim aborda a origem de certos eventos que potencialmente têm a capacidade de determinar o destino e ventura de cada um dos personagens. Harmoniza fatos corriqueiros dentro de uma atmosfera mística de forma magistral. Com frequência assalta e provoca o leitor, convidando-o a refletir sobre vários aspectos de sua vida. Confronta o livre-arbítrio versus a sorte de cada um.

SENHORA POMBAGIRA ROSA CAVEIRA / Ed Sant'Anna

Senhora Pombagira – Rosa Caveira, novo livro de Ed Sant’Anna, conta a história da menina-mulher Rosa Maria Teixeira Caveira. Com uma vida de sofrimentos e injustiças, mas também repleta de atos de maldade e vingança, percorremos, junto com a personagem, seu longo caminho de transformação e evolução até ela completar seu aprendizado como Pombagira de lei e tornar-se senhora da Calunga.

SENTIDOS... / Fausto Leonardo Cruz

Brasileiro, natural de São Paulo, capital. Descendente de imigrantes austríacos pelo lado materno e, remotamente, de espanhóis pelo lado paterno, estabelecidos em Bariri, Bocaina, Jaú, Pederneiras e outras cidades do Estado de São Paulo. Meus pais foram os primeiros moradores da Rua Araré, na Chácara Inglesa, na zona sul de São Paulo, onde nasci e vivi com eles e com os meus nove irmãos. 

SERES DE LUZ / Rodrigo Giovanetti

Este livro é para quem está buscando conhecer a si mesmo. Ajuda a nos conectar com a Fonte. Faz com que visualizemos o que temos de bom ou o que ainda precisa ser mais bem trabalhado. Revela nossos lados luminosos e sombrios. Cada Ser de Luz é um fragmento do Pai, como nós, e portanto, nos faz lembrar de nossa essência divina e de nosso propósito. O material aqui apresentado contém um livro impresso e as 81 cartas em formato digital.

SHOGI / Jorge Melecsevics

Jorge Melecsevics é brasileiro, paulistano (19/12/1959), cidadão húngaro (desde outubro de 2014), filho de Luiza Melecsevics, brasileira (15/05/1926 a 29/06/2014), e de Janos Melencsövics, húngaro (14/05/1913 a 30/03/1973). Formado em Filosofia pela Universidade Federal de São Paulo – Unifesp, enxadrista, instrutor, escritor, membro da União Brasileira de Escritores – UBE/SP. Entre 1994 e 2017, criou e editou: dois boletins de difusão do enxadrismo, um boletim de shogi, duas revistas de xadrez, um Manual Básico de Dama, um Manual Básico de Shogi, um Manual de Enxadrismo Escolar lançado na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo em 28/08/2016 e o livro Shogi, todos com recursos próprios.

SILENCIA-ME / João Vitor Pereira

João Vitor Pereira é estudante, tem 16 anos, nasceu em 5 de dezembro de 2000 e mora em Santa Bárbara d’Oeste (SP) com os pais e o irmão. Publicou também o livro Poemas não apenas de amor.

SILÊNCIOS / Rosângela Barcelos

Refletindo sobre os deleites do meu espaço pelo tempo para escolher o título do livro, analisei primeiro as entrelinhas da minha existência, onde o lápis sempre foi o registro dos meus “SILÊNCIOS”. A essência do meu pensamento chama-se “momento”, onde cautelosamente, pelas linhas do meu caderno, percorro como um pássaro a voar e a delinear as sombras do meu coração com toda transparência de minha alma. É o momento de intimidade entre o sonho e o sonhador.

SOB A TÊNUE LUZ DA VIDA / Diniz Blaschke

Um Romance em que um religioso de uma pequena cidade interiorana alucinado por uma paixão comete um crime e passa a viver em fuga pelas matas do Brasil central se obrigando a viver como eremita até saber que da sua consciência jamais fugiria.

SOBRE A FRONTE DE ATLAS / G.F. Bertani

“Esquadrinhando os meandros da Fronte de Atlas, Guilherme mistura sua realidade física, humana, às imagens dos mitos que se desprendem do seu inconsciente, dos reflexos da sua vida já vivida, à qual felizmente anseia retornar. Porém, uma coisa é certa: à medida que o desafio é lançado, só lhe cabe percorrê-lo de um modo sincero e verdadeiro...” “Onde reside a ousadia e o desafio num percurso como este? Atingir o cume do Maciço Vinson no coração da Antártida?...” “Acredito que o prêmio desta empreitada, certamente, seja a conquista da liberdade, mesmo que passageira...”

SOBRE L'ART POÉTIQUE DE BOILEAU / Antoine Albalat

Nicolas Boileau Despréaux (1636-1711). Crítico e poeta francês. Publicou seu primeiro livro, um volume de sátiras, em 1666. É considerado o fundador do Arcadismo, movimento literário surgido na França no século XVII que depois se espalhou por toda a Europa. Entre as obras de Boileau, encontra-se L’Art Poétique (A Arte Poética), de 1674, tema de estudo de Antoine Albalat publicado em 1929, ora apresentado ao público brasileiro por importação da cultura francesa naquele período e, agora, nesta tradução de Amadeu Cirilo.

SOBRE MARES E MONSTROS E OUTRAS HISTÓRIAS / Augusto Cruz

A obra traz histórias sobre coragem e medo, esperança e desesperança, angústias, vinganças, amor e brutalidade, nos textos pode se encontrar todas as influências literárias e fílmicas do autor, já vistas em seus livros anteriores. Com uma forma imagética e ao mesmo objetiva de narrar as situações, o autor conduz o leitor para seu universo de dicotomias e metáforas sobre a natureza humana.

SOMBRAS DA LUZ / Lu Santos

Amor, o mais puro e verdadeiro sentimento. Afeição profunda que nos levam à perfeição do ser. Quando amamos, vivemos com plenitude, pois é, absurdo pensar que o ser humano vive por si próprio. Compreendemos que o amor é a natureza do ser vivo, a criação de Deus. Amar é mais que uma ciência.

SONHO E FANTASIAS / Cleide Ruiz

Pequenos contos reais e ficcionados. Histórias que através da vida vamos conhecendo ou assistindo e que nos levam à reflexão. Enquanto houver criatividade e observação, continuamos a escrever e contar novas histórias romanceadas, simplesmente levados pela emoção. A vida física passa; os contos relatando histórias e as crônicas refletindo nossos pensamentos ficam, imortalizados na letra e/ou na memória.

SONHOS E SANGUE / Elson Barcelos

Todos nós temos sonhos e todos nós temos sangue. Sonhos e sangue são alguns dos elementos vitais para a nossa plena existência, seja ela feliz ou triste, mas nem todos respeitam o que somos ou como nascemos e acabam ferindo, invadindo, querendo impor, modelar ou controlar a nossa vida. Existem aqueles que agem com preconceito, discriminação, egoísmo e muitas vezes com violência, crueldade, desrespeito e desumanidade.

SUA MENTE, SEU SUCESSO / Eddie Paiva

A definição de sucesso é algo muito pessoal, mas um dos melhores caminhos para o êxito em qualquer área da vida ainda é o autoconhecimento. Quando o potencial humano interior é direcionado com um propósito claro fica mais fácil alcançar a plenitude. Por isso, SUA MENTE SEU SUCESSO traz relatos reais de pessoas que enfrentaram problemas sérios, mas foram capazes de gerar novos comportamentos a partir de uma comunicação intrapessoal refinada, utilizando técnicas de programação neurolinguística (PNL). Esse é o maior objetivo desse livro: auxiliar você nessa trajetória através da PNL.

SUL E OUTROS POEMAS / Nelson Ibañez

Este livro de poemas de impressionante conteúdo reafirma as possibilidades da poética livre, evidenciando os equívocos daqueles que exigem aprisionar o sentimento em formas fixas para dizer o vivido. Em poemas como “Cultura e Natureza” encontramos Nelson Ibañez, médico, pioneiro na administração de sistemas locais de saúde – os Silos, às voltas com seus alunos, nos textos de História da Medicina: sempre o ser humano como foco e objeto da sua curiosidade científica e poética. Não temos dúvida quando ele pergunta “O que temos feito dos nossos sonhos?”.

TARDE TE AMEI / Paulo César de Oliveira

Este livro aborda a beleza como manifestação e esplendor originário do ser. Na Idade Média se reconheciam passivamente o “unum”, o “bonum” e o “verum” como transcendentais, enquanto, sobre a “res”, a “aliquid ” e o “pulchrum”, não havia unanimidade. Foi Felipe “II Cancelliere”(1160-1236), no século XIII, quem inseriu a beleza entre os transcendentais. Desse modo, por volta do ano 1270, a beleza era totalmente citada entre os transcendentais, mesmo que fosse em diversos modos.

TECELÃ DO TEMPO... / Zezinha Lins

Todo mundo tem relatos de memórias para compartilhar. Aqui estou, compartilhando os meus, não é mais nem menos interessante do que os seus, querido leitor, mas toda história vale a pena ser contada. Ao ousar escrever este livro, dispo-me do excesso de discrição e exponho, sem preconceitos e constrangimentos, experiências marcantes, sentimentos diversos que ao se entrelaçarem formaram tramas de um tecido resistente. Como uma colcha de retalhos, diferentes tecidos aqui se unem, diferentes tramas com seus avessos esfiapados compõem histórias que transcorreram mescladas entre si.

TECENDO A MAGIA / Francisca Lacerda (org.) / Fausto Couto Sobrinho (org.)

Tecendo a Magia é mais um fruto dessa árvore especial que os JuízesPoet@s andam cultivando às escondidas. Como diz o poemeto de mesmo nome, trata-se da árvore da vida, que é a origem e o centro de toda a criatividade e evolução humanas. Na coletânea anterior, Pássaro Liberto, cuidávamos de evitar que as asas, nascidas nos poetas, se atrofiassem e impedissem o voo largo e livre da imaginação.

TEIAS DA VIDA - O REGRESSO / Edvaldo Araújo dos Reis

Inspirado em acontecimentos que, para muitos, são ditos como acasos, este romance tenta mostrar que há uma força maior capaz de unir pessoas, principalmente através de pequenos detalhes que, às vezes, passam despercebidos. Eduardo, um estudante de Física da Universidade Federal da Bahia, rapaz humilde, cheio de sonhos e fascinado pelo espaço, não tinha ideia de que um simples esbarrão poderia mudar completamente a sua vida. Teias da vida – o regresso narra um romance repleto de ambições, intrigas e vingança, desencadeado após a morte de um ente querido de Eduardo.

TEMAS CONTEMPORÂNEOS DE DIREITO / Fábio Antunes Gonçalves (org.) / Ana Flávia Paulinelli Rodrigues Nunes (org.)

Esta obra reflete mais um resultado do trabalho em equipe feito através do Núcleo de Desenvolvimento de Projetos do Curso de Direito do Centro Universitário de Formiga em parceria com seus professores, docentes, discentes e egressos. Trata-se da terceira obra coletiva produzida no Curso de Direito que tem o objetivo de promover o debate sobre o Direito de forma multidisciplinar.

TERRORISMO GLOBAL / Eduardo Negrão

Desde os tempos da Revolução Francesa, quando a denominação de terrorismo foi usada para garantir o sucesso dos revolucionários, a prática do medo para fins específicos políticos e/ou religiosos se tornou uma realidade difícil de ser encarada.

TÍTULO PROVISÓRIO / Fábio Daflon

Este livro começou a ser escrito em 1977 e teve sua primeira edição em 1980, quando o autor já era ex-aluno da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e, recém-formado, fazia residência médica no Hospital Universitário Pedro Ernesto. A partir de uma greve nacional na década de cinquenta do século passado, neste livro relatada, a faculdade passou a ser chamada de Ciências Médicas. A instituição não tem uma existência à parte – a sua história é um apêndice da evolução política brasileira.

TORAN / Marcelo Pereira

Toran é uma história mágica com que o leitor consegue se identificar logo nos primeiros capítulos, mostrando o mundo real das florestas temperadas, tundras e pradarias da América do Norte e expondo de um jeito singelo a vida selvagem dos animais e da natureza em geral. Apresenta ainda personagens reais: os animais e um jovem indígena conhecido por Taga, que tem a missão de defender as florestas do continente e torna-se um guerreiro de sua tribo.

TORMENTA / Vânia Coelho

Tormenta, nova obra de Vânia Coelho, fala das profundezas conflitantes do ser humano por meio de personagens literárias criadas para coexistir nos meandros da trama e representar os espaços secretos e abissais do homem. A autora traz à luz uma antologia de contos cuja narrativa, por meio do fluxo de consciência e de outros recursos, revela as batalhas internas que ator-mentam o ser humano, em especial as mulheres.

TRAÇOS POÉTICOS / Edleuza Oliveira

Traços poéticos é um lugar plástico de sentimentos puros, desenhado com a paixão da vida, e o que é melhor, desperta nossa curiosidade; é a construção de um Sonho e a certeza da palavra que brota do trabalho e das relações humanas e sociais de fato experimentadas. Não bastasse a nós, leitores, ter em nossas bateias essas vivências que anelam a pedagogia de um sorriso de prazer pela vida, com certeza, o exemplo de cuidado com a natureza do pensamento já nos contemplaria com tamanha singeleza de experimentar voos de significações formais e informais, um exercício biopsicoético de leitura & escrita de mundo.

TRANSFORME SEU DESERTO EM MILAGRE / Kika Britto / Silvio M. Britto

Transforme seu deserto em milagre é um livro que nasceu do coração de Deus e passou para os nossos corações através de uma experiência impactante em nossas vidas. Ensina-nos a transformar o deserto que a vida muitas vezes nos oferece em milagre por intermédio da Fé. A única certeza para continuarmos vivendo é que realmente existe um lindo Céu que nos espera. Encontramos em Deus paz, força, esperança, alegria, brisa leve e suave; descobrimos nesse tempo que a morte não é o fim de nossos desafios – o fim de tudo seria a ausência de Deus – e que, para tornar-se um vencedor na Fé, a primeira atitude é levantar-se, pois o próximo passo quem dará por você é Deus.

TRAVESSIA DOS FORTES / Cícera Sousa

Travessia dos Fortes é mais uma intrigante narrativa marcada por um grande suspense que envolve Paloma, mulher que aceita o desafio de transpassar uma travessia que somente pessoas muito resistentes conseguem atravessar. É um grande enigma no submundo dos mortos e vivos que conduz a um desfecho de tirar o fôlego.

TROVEJO DE TROVAS / João Gomes da Silveira

A trova, também dita quadra ou quadrinha, traz fortíssimo apelo e preferência populares. Grandes poetas, de Camões a Fernando Pessoa e Drummond, todos a cultivaram. Entre tantos trovadores brasileiros, citemos Adelmar Tavares, Amadeu Amaral, Belmiro Braga, Antônio Sales e J. G. de Araújo Jorge. Trovejo de trovas, o novo livro de João Gomes da Silveira, é uma coletânea de trovas, uma antologia, no sentido de coleção de textos poéticos.

TURISMO / Noel Alves Constantino

Esta obra é o resultado da pesquisa de doutorado em Educação, com ênfase na área de Currículo, realizada na UAA, convênio com a Universidade de Jaén/Espanha. Foram estudadas as competências do Currículo do Curso Técnico de Turismo, que são imprescindíveis para a formação do estudante na Educação Básica. A partir desses estudos, foi proposto um currículo por competências, flexível e inovador, para ser desenvolvido de modo a contemplar conteúdo, metodologia e avaliação de aprendizagem que sejam coerentes com as exigências da contemporaneidade.

UM BANCO VAZIO ATRÁS DO CORAÇÃO / Luzia Ferreira

Larissa, personagem principal do livro, resolve, em certo dia, deixar os amigos de um estúdio de publicidade artística onde trabalhava e viajar para lugar distante, não definido. Deixa pedidos de ajuda em poesias, quadros, bilhetes. Os amigos resolvem ir procurá-la. Escolhendo um deles para tal viagem. Inicia-se, assim, busca sem tréguas, uma vez que fatos inesperados acontecem e torna-se urgente encontrar Larissa que parte para buscar a si mesma e seu mundo interior desconhecido. Época? Pistas pelos relatos de objetos, ações, etc. Local?

UM CONTO NATALINO / Edneuza Lopes

Um conto natalino aborda diversos aspectos: conflitos, solidariedade, guerras, exclusão socioeconômica, dentre outros tão presentes na sociedade contemporânea. Numa linguagem simples e objetiva é retratada a história de um jovem chamado João. Um rapaz de classe média alta, cercado de luxo e falta de limites, que, motivado por uma aposta, decide estar num campo-santo, à meia-noite, em plena véspera de Natal! É nesse cenário silencioso e misterioso que tudo acontece, a partir da aparição de um ser fantasmagórico, montado em um corcel branco, despertando receios e imaginação...

UM MULATO LETRADO / Dias de Cordel

Nosso mulato letrado não era tão bonito, nem elegante como a mulher Maravilha. Não tomava dos ricos para dar aos pobres como Robin Hood. Não era tão destemido quanto o Zorro nem tão valoroso quanto o Superman. Era simples como tudo que o rodeou no Salto da Divisa onde nasceu, no Jequitinhonha onde morou com sua tia Gertrudes, nos canaviais do interior de São Paulo aonde foi trabalhar como boia-fria, sempre com seu inseparável caderno de anotações, e na capital do estado onde pernoitou com Tilena, ao relento, na estação da Luz.

UM OLHAR ALÉM / Maria Lília Astori Zanuncio

A humanidade está sempre em ascendência e por isso precisamos refletir sobre tudo e sempre. Reciclar vidas e valores deveria ser a meta de cada um de nós. Um olhar além propõe isto, reflexão sobre o (homem/mulher) interior e os valores morais e espirituais que cada um de nós traz consigo. Use o coração mais que a razão, para entender um olhar além.

UM ROSTO NA VIDRAÇA / Jacira Munduruca

O livro de minha autoria, Um rosto na vidraça, que ora lhes apresento, tem um grande significado em minha carreira literária, por ser mais um passo dado na elaboração e consolidação do meu ofício de escritora, resultante do estudo e prática de vários estilos de poesia, tais como: poemas livres, metrificados, rondós, sonetos e crônicas poéticas. Associada à inspiração, móbil da criação poética, a extensão do olhar por várias formas de expressão e por temas que redundem em reflexão, fruição e enriquecimento intelectual, social e afetivo prioriza sempre o trato com a linguagem e a sensibilidade do artista.

UM SARGENTO DE 32 / José Wagner Cabral de Azevedo

Uma odisseia cabocla vivida no interior de São Paulo, no início do século 20, onde as dificuldades eram superadas com muito sacrifício e garra, com heróis e vilões, triunfos e tragédias. História da Revolução Constitucionalista vista de baixo para cima. Baseado em fatos verídicos, José Wagner Cabral de Azevedo narra cenas vividas no início do século 20, passadas no interior do estado de São Paulo – numa época em que a economia do País se apoiava nas lavouras de café.

UM SONHO DE UM CONTO DE FADAS DENTRO DE UM SONHO NA VIDA REAL / Ambra J.E.

Uma história de amor, aventura e magia, com pitadas de conhecimento e participação de seres espirituais e elementais, na vida real e nos sonhos de uma pessoa envolvida na grande história da vida, vivida em sonho, dedução, indução, intuição, realidade, inspiração, senso comum, percebendo que o aqui e agora é a única realidade e ao mesmo tempo a maior ilusão. Cem anos de aventura, de 1916 a 2016.

UMA GOTA DE SILÊNCIO / José Carlos Corrêa Cavalcanti

Este livro versa sobre a importância do autoconhecimento na busca religiosa. De maneira didática, na forma de capítulos pequenos, o autor discorre sobre temas como felicidade, arrependimento, sentimento de culpa, amizade, escravidão e libertação interior. Pode ser lido por pessoas iniciantes ou avançadas no conhecimento dos ensinos espirituais.

UMA HISTÓRIA QUE SE CONTA / Gilberto Apolonio Barbosa

É difícil delimitar fronteiras no que tange àquilo que “pertença” a este ou àquele autor. Na verdade, produzimos de forma conjunta um enorme tecido, fio a fio, onde fica quase impossível definir qual fio alinhavou determinado “autor”. Escrever, então, é uma forma de homenagear aqueles que vieram antes de nós, misturar ideias de nossos contemporâneos e presentear aqueles que nos sucedem com um lindo tapete persa de cultura e de saberes.

UMA LIDERANÇA DE VALOR / Adolfo Plínio Pereira

O livro Uma liderança de valor traz conceitos importantes sobre liderança, motivação, poder, gestão de pessoas e comportamento humano nas organizações. Tem como destaque a Metodologia HumaRes® – Liderança Humana e de Resultados, que é uma forma eficaz de liderar equipes, criada com base em várias pesquisas, estudos e aplicações práticas.

VERSOS E PENSAMENTOS POSITIVOS / Pedro André Wilda

No outono de 2008, num dia de meditação silenciosa, nas montanhas de Oberstdorf, na Bavária, (divisa da Alemanha com a Áustria), durante minha estadia na Clínica Adula, especializada em Psicossomática e Psicoterapia, sentei-me no salão e usando lápis colorido, pintei de memória a árvore sui generis, que escolhi para capa deste livro. Por que sui generis? Porque a árvore que vi na paisagem ao redor da Clínica, embora aparentemente seja uma só, na verdade são dois troncos de plantas diferentes, os quais, de tão unidos, formam uma unidade na dualidade.

VERSOS E VOZES / Luna Magalhãess

O livro Versos e Vozes é um encontro com os gritos e sussurros da poesia. Encontro inquietante, repleto de sensibilidade e prazeres. Como o vento, versos e vozes ora murmuram, ora gritam ao pé do ouvido. Um universo contrastante que oscila entre o frescor e o vendaval. Aqui o sopro jubiloso, gozo suave que rebenta sem fazer muito barulho, feito passarinho, assoviando, de mansinho.

VERSOTETRIA / Marcos Guim de Freitas

Versotetria é uma coletânea de poesias que tratam, em grande parte, do tema da morte, do tétrico e do sentido da vida humana no mundo. Porém, em cada final, o transcendente deixa-se ver nas entrelinhas.

VIDA APÓS A MORTE / J.F. Vallone

Esta é uma obra de pensamentos do autor, escrita numa hora complicada de sua vida. Não se trata de espiritismo nem de outra religião. As informações contidas servirão de reflexão para o leitor em sua busca incessante do desconhecido que é a vida após a morte. J. F. Vallone acredita que todas as informações de nossos atos, sejam eles bons ou ruins, ficam registradas em nosso DNA e um dia poderão ser reveladas por Deus para um julgamento final. Deus está em todas as religiões e a todo momento entre nós; portanto, Deus é um só, não importando a religião ou crença.

VIDA E MORTE / Ed Sant'Anna

Encantei-me com a simplicidade de João em falar de seus medos abertamente, sem temer ter o respeito por si perdido. Emocionei-me com sua generosidade em nos poupar dos detalhes aterrorizantes que nossos infernos pessoais desenham em nossas mentes. E lhe agradeço por isso.

VIDAS QUE SE CRUZAM EM DIÁRIOS E DITADURAS / Francisco de Assis Resende

Estamos no período que compreende a segunda metade da década de 1960 e a primeira metade da década de 1970. O texto relata as convicções do autor como religioso camiliano e padre sobre os rumos que previa para que fossem colocadas em prática na Igreja Católica as diretrizes do Concílio Vaticano II, seu percurso de desligamento do clero (laicização) e a construção de uma família, sem nunca abandonar a luta pelos seus ideais.

VINTE CASOS QUE TODO ENGENHEIRO ENVOLVIDO COM PROJETO DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS DEVERIA CONHECER / Eduardo Borges Dip

Este livro é fruto da experiência! Ao mesmo tempo, valoriza a teoria sem a qual muitos dos casos apresentados continuariam enigmáticos e incompreendidos. Contém LIÇÕES APRENDIDAS que registram casos ocorridos na fábrica após a conclusão da montagem, isto é, na fase de testes e início de operação. Eles têm em comum a seguinte característica: O evento era preocupante e no primeiro momento ninguém entendia o que estava acontecendo até que, um ou dois dias depois alguém da fábrica ou um consultor externo, apoiado na teoria, entendeu o que estava ocorrendo e esclareceu.

VIOLÊNCIA CEGA / Odelita Figueiredo

Neste meu décimo livro publicado, abordo, através de uma narrativa de ficção, fatos que atualmente encontram-se divulgados amplamente na mídia, mas que ainda possuem um lado da temática obscuro e invisível aos olhos da sociedade. Trata-se da violência em geral, com ênfase para o feminicídio e, sobretudo, para a violência e abuso sexual praticados contra crianças e adolescentes com algum tipo de deficiência. Observe, caro leitor, a pedofilia, que por si só já se constitui um dos crimes mais cruéis praticados pela humanidade.

VITAMINA D / Catarina Magalhães Porto

Com vivência no Núcleo de Atenção ao Idoso e no Hospital das Clínicas, ambos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a partir das pesquisas realizadas durante o mestrado em Gerontologia (UFPE), além do olhar clínico e cardiológico, os conhecimentos em Fisiologia Humana e Medicina Ortomolecular de Catarina Magalhães Porto agregam enorme valor na otimização e condução terapêutica à população idosa que não consegue uma resposta adequada ao tratamento clínico conservador sem adicionar mais riscos e danos à sua saúde cardiovascular, tema deste livro.

VOCÊ SABE INTERPRETAR A BÍBLIA? / Levy Leal de Sousa

Estudar a Hermenêutica sagrada é uma tarefa essencial para todo cristão que deseja conhecer a Bíblia. Partindo dessa premissa, este livro mostra alguns caminhos que auxiliarão os interessados no agradável exercício da interpretação do texto canônico. Para tanto, este livro é uma ferramenta indispensável, por tratar de quesitos essenciais sobre o assunto: os métodos de estudo da Bíblia, a importância e os requisitos da Hermenêutica e suas regras de interpretação.

VOZES DO MAGRO / Magro Waghabi

"E o fundamental, neste valioso trabalho que ele deixa escrito, são seus ricos comentários, disco a disco, faixa a faixa, de uma longa e vitoriosa carreira como um dos grandes artistas sérios da música do Brasil." Paulo César Pinheiro.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home