Dados Técnicos

A Síndrome de Ruben
S. Levati
ISBN 85-366-0558-8
Ficção
Formato 14 x 21 cm - 344 páginas
1ª Edição - 2006

A Síndrome de Ruben

Neste romance, o autor nos leva a conhecer a batalha travada por Ruben, com seu comportamento cândido, na difícil busca de encontrar o equilíbrio entre os alto e baixo instintos, permeada de fatos que se mesclam entre a realidade e o sonho. De forma envolvente, a narrativa revela a evolução de sua crise, plena de calor humano, companheirismo, e dentro do seu drama, ainda encontra lugar para o amor. Desgarrando-se de seus dogmas, de suas leis e todos os códigos que subvencionavam sua vivência, resolveu então fazer a sua deserção. Buscou a sua reconciliação com a realidade presente. Com seu coração puro e sua índole passiva, assumiu sozinho os seus riscos. É emocionante acompanhar o seu despertar, o protesto de sua inocência contra a ordem das coisas, contra um realismo mal colocado, fazendo-o inimigo de si próprio e tentando quebrar a sua vontade. A Síndrome de Ruben é de fato um romance que empolga e cativa o leitor, levando-o à plenitude desde a primeira até a última página.

S. Levati

S. Levati nasceu em General Salgado, no Estado de São Paulo, em 10 de abril de 1949. Vive hoje em São Paulo, onde, entre outras atividades, desenvolve também a sua literatura. Analisando o seu texto, percebemos que vai da inocência a maturidade, de forma natural, compenetrada ou sensual, sem sofrer, entretanto, nenhuma conotação vulgar. Sua literatura é uma casa com muitos cômodos, sem labirintos, mas, da entrada à saída, têm-se de passar por todos eles, com emoções diferentes e carregada de poesia. Seu texto flutua, leve, sensível, humano e às vezes, filosófico, porém sem nunca cansar o leitor, que o devora com paixão e arrebatamento. Encontra-se em fase de preparação seu outro romance, “A MELODIA DA TERRA”, e ainda a coletânea de poesias e crônicas, “PEDRAS E PLUMAS”, com lançamento ainda este ano.