Dados Técnicos

O Maquinista
Danilo Papini

Scortecci Editora
Poesia: Literatura brasileira
ISBN 978-85-366-1168-6
Formato 15 x 15 cm - 96 páginas
1ª Edição 2008

O Maquinista
O maquinista é quem inventa, constrói ou conduz máquinas, sobretudo locomotivas. É também, o profissional que monta, desmonta e transporta cenários.
A obra pode ser considerada uma fábrica de fundição, por unir trilhos paralelos, ou o primevo e o moderno. “O mundo dos contrários existe em meus poemas”.
O livro é composto por imaginação, pontos de vista, devaneios, desejos, sonhos, fragmentos e sentimentos sublimados pelo autor através dos momentos de criação.
Os poemas foram batidos a maquina de escrever remington 33 l e as fotografias tiradas em uma pentax k-1000.
“Não fui eu quem descobriu a arte, foi ela quem me descobriu”. “Foi através da arte que me curei.”. “Lembro-me de ter plantado uma janela imaginária dentro de mim”.
O mundo, segundo o autor, pode ser espreitado, além, do que a aparência nos mostra, tanto internamente, quanto externamente.
O livro é uma locomotiva outrora-presente-futuro, justamente por unir o que nos é essencial, a alma e a história.
As ramificações das árvores estão presentes em sua obra.
Danilo Papini

Nascido em São Paulo, no dia 15 de maio de 1979.

Danilo Papini é poeta, fotográfo e empresário do ramo da construção civil.