Dados Técnicos
Uma Vida e Dois Destinos
Ivan Simião de Souza
Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-85-366-1197-6
Formato 14 x 21 - 168 págs.
1ª edição - 2008
Uma Vida e Dois Destinos

Alexandre Gomes Faria é um advogado criminalista que tem como aliada a corrupção.
Ele vive intensamente o seu presente sem se importar com o amanhã. Ele é incrédulo diante de Deus e acredita que ter dinheiro é sinônimo de poder. Numa quinta feira próxima de um  feriado prolongado de fim de ano ele, decidiu descer a serra com destino ao Guarujá. Porém uma tragédia acontece: ele dorme no volante e acaba sofrendo um acidente que o coloca em estado de coma.
Seu espírito é arrebatado para um lugar sombrio de tormento. Com o seu espírito ainda consciente ele entra em desespero, pensando estar morto. Desesperado, ele desafia Deus a mostrar seu poder lhe devolvendo a vida novamente. No momento que ele fala essas palavras, no hospital ele tem uma parada cardíaca e é desenganado pelos médicos. Nesse momento, o espirito de Alexandre começa a fazer uma viagem espiritual  de encontro ao destino que a vida havia lhe escolhido, onde ele vai se deparar com muitas tragédias que estavam programadas para acontecer  na linha de seu destino e que Deus não permitiu que acontecesse. Depois de voltar da viagem espiritual ele travará uma luta contra a morte. Alexandre quer voltar à vida e poder corrigir os erros que cometeu no passado.

Ivan Simião de Souza

Ivan Simião de Souza nasceu em Londrina (PR) e lá viveu os primeiros anos de sua infância até se mudar com a família para São Paulo, em 1984.
Sempre gostou muito de ler. Durante os tempos de escola, chegava a ler um livro por dia, viajava na leitura, lia de tudo, embora sempre desse preferência aos romances policiais, principalmente de Sidney Sheldon, seu autor preferido.
na passagem da infância para a adolescência, descobriu sua veia poética e escreveu, dezenas de poemas. Além da paixão pela leitura, ele cultivava a paixão pela televisão, o que fez despertar para a dramaturgia e criasse mais de cento e cinquenta personagens resultando em três novelas criadas por ele: Terra de Ninguém (1999), Um Amor de Verão (2003) e Dona Amor (2005).