Dados Técnicos
Crônicas Impertinentes
Renato Muniz Barreto de Carvalho

Scortecci Editora
Cônicas
ISBN 978-85-366-1191-4
Formato 14 x 21 - 112 páginas
1ª edição - 2008
Crônicas Impertinentes

Crônicas Impertinentes: um livro valioso. Percebe-se nele uma reverência refinada. As crônicas são impertinentes, mas oportunas, revelam insatisfação com o status quo. Contêm certo grau de saudosismo, enquanto abordam problemas atuais. Acimade tudo, são crônicas sinceras, sem a pretensão de agradar, desnudam as preferências do autor. Colocam sobre a mesa idéias, anseios e insatisfações pertinentes.Ao ler Crônicas Impertinentes, somos levados a um passeio, ora na cidade, ora no campo, rico em detalhes e histórias originais. O amor pela natureza caminha lado a lado com a admiração pelas cidades, pelo meio urbano, pelos seres humanos.Nesse momento da nossa história, quando parece que perdemos nossos referencias, nessa corrida louca e insana que caracteriza a vida moderma, este livro chega em boa hora. Cumpre seu papel histórico de dar um grito de alerta, fazendo uso de armas poderosíssimas: conhecimento e simplicidade. Antonio Nascimento Silva Teixeira (Agrônomo e professor universitário).

Renato Muniz Barreto de Carvalho

O Professor Renato Muniz Barretto de Carvalho é graduado em Geografia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo - USP. É pós-graduado em Educação e Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU.
É professor, há mais de trinta anos, das áreas de Humanidades, Geografia, Política, Metodologia Científica, Educação Ambiental e Ciências do Ambiente no ensino médio e superior.Suas crônicas e artigos são publicados em inúmeros jornais e revistas do país. Participa de diversas entidades culturais e associativas, dentre elas a Escola de Governo do Triângulo Mineiro, da qual foi fundador. Faz palestras e ministra cursos sobre Educação Ambiental, Direitos Humanos e Questões Contemporâneas. Foi membro do Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, da Comissão de Direitos Humanos da Arquidiocese de Uberaba (MG) e do Conselho Municipal de Defesa da Cidadania e Direitos Humanos do município de Uberaba (MG).