Dados Técnicos
Antologia de Contos & Crônicas Arti-Manhas
Organizado por Edgard Porto Filho
Scortecci Editora
ISBN 978-85-366-1165-5
Formato 14 x 21 - 120 páginas
1ª edição - 2008
Antologia de Contos & Crônicas Arti-Manhas

Antologia de Contos & Crônicas Arti-Manhas nasce como um grito há muito sufocado. Trata-se de uma produção coletiva de 28 autores, cujos contos, repletos de autonomia e identidade, foram selecionados através do site arti-manhas.com.
São escritores que buscam meios de expressão, aliás... muito mais do que isso... são pessoas que desejam imprimir novos rumos
à produção literária nacional, criando uma espécie de movimento renovador para o mercado editorial tal como se apresenta.

Já vemos as cores da aurora.
Amanhecerá.

Organizado por Edgard Porto Filho

O sonho vira realidade. Porto Filho e Aline Andra, mentores desta antologia, apresentam o primeiro livro impresso do Arti-Manhas – fruto de uma seleção de crônicas e contos.

João, Paulo, Maria, Felipe, Mauro, Cristina...muito mais do que nomes, essas pessoas representam nesta antologia personalidade, criatividade e vontade de expressão. Autores que, de fatos cotidianos, reais, pessoais ou fictícios, soltaram a imaginação e colocaram no papel sentimentos. Ora enrustidos, ora dotados de humor, repletos de tristeza, coragem, ingenuidade, densidade dramática e teor poético.   Em “Antologia Arti-Manhas de Contos & Crônicas”, estudante, advogado, professor, pintor, ator, historiador e até consultor imobiliário, aventuraram-se em prol de uma contribuição a mais para a arte e a cultura.
Em seus esforços literários conjuntos, deram corpo e forma a uma obra genuinamente brasileira, com cara de brasileiro – aquele que chega de "mansinho", conquista seu espaço e deixa seu recado. Sem importar a naturalidade, idade ou criação de personagem. Tampouco estilo, técnica ou temática. Aqui o compromisso é com a emoção. E aí, aparecem muitas histórias que destacam a ambivalência entre passado e presente, os conflitos familiares, a saudade da infância, a proteção da natureza, os reflexos da traição, a intensidade das paixões ou as experiências de viagens. Textos escritos para leitores que pretendem refletir, se divertir e transgredir a monotonia. Linhas que funcionam como libertação para autor e leitor.