Dados Técnicos
Ditos, Ditados e Dizeres
Pedro Paulo Braga
Scortecci Editora
Provérbios
ISBN 978-85-366-1424-3
Formato 12 x 18 cm - 84 páginas
1ª edição - 2009
Ditos, Ditados e Dizeres
Em linguagem simples e estilo, por vezes, jocoso, este livro dá ênfase à cultura popular. É como diz o autor: “Para enriquecimento da linguagem chamamos, também, a atenção dos Mestres das escolas em seus ensinamentos às crianças do nosso País”.
Pode-se afirmar que Ditos, Ditados e Dizeres traz a voz do povo de A a Z, ou, de Água Mole em Pedra Dura até Zebra, onde estão contidas ideias e pensamentos tirados do cotidiano, em linguagem popular que, com muita simplicidade, atrai o gosto de uma leitura tão definida.
É muito interessante, principalmente para a nova geração, tomar conhecimento de modo fácil e agradável, enriquecidos com um pouco de literatura e frases em Latim.
O leitor sai do lugar comum. Viaja para outros lugares, o pensamento voa e enriquece o conhecimento, é mesmo uma novidade no mundo literário, é envolvente e tem história.
Pedro Paulo Braga
Pedro Paulo Braga nasceu em Jequié (BA), em 29 de junho de 1924. Filho de Firmino José Braga e de Filomena Astéria Braga, é escritor, jornalista, poeta e pós-graduado em Comunicação e Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero em São Paulo.
É membro da Academia de Letras de Jequié;
Academia Taguatinguense de Letras de Taguatinga (DF);
API – Associação Paulista de Imprensa (SP);
UBE – União Brasileira de Escritores (SP) e Fenaj (PR). Contista premiado pela UBE em 1956, com o conto: Um Homem e Três Cabras Magras e pelo poema Pintura de Palhaço, em 1992. Também foi premiado por Segunda Lira dos Novos Paulistanos, em 2000, pela AFPESP. Autor das monografias paradidáticas a publicar: Iniciação Política; Mudança da Mentalidade Religiosa do Nordestino; Perspectivas para o Conhecimento Científico; Efeitos do Processo Migratório na Sociedade Afluente e Comportamento