Dados Técnicos
O Anjo Da Solidão
Pedro Braga

Scortecci Editora
Ficção Brasileira
ISBN 978-85-366-1535-6
Formato 12 x 18 
108 páginas 
1ª edição - 2009
O Anjo Da Solidão

O Anjo da Solidão constitui uma narrativa plástica, visual. O estilo do autor é contido, enxuto, ao mesmo tempo dramático e poético. O enredo é bem urdido e a escrita, aliciante. Baseia-se em uma história real que se passa nos anos 1920, em um período conturbado da vida política brasileira. O personagem principal, que participa da Coluna Prestes, vive os seus pequenos grandes embates no plano da consciência, ele que sempre buscara a terra da promissão.

Pedro Braga optou, para este romance, por uma solução intermédia – nem romance popular nem romance de laboratório. Preferiu ajustar-se ao molde do romance tradicional, sem perder de vista as soluções técnicas modernas, e é nisto também, além da bela história de um emigrante em busca do paraíso, que está o grande mérito desta obra.

Pedro Braga não é um narrador que escrevesse um romance como se fizesse uma vilegiatura literária. É um narrador competente, que tinha o que nos contar.

Pedro Braga
Pedro Braga é de origem portuguesa. Cursou Sociologia na Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais da Universidade de Paris (Sorbonne) e Jornalismo no Instituto Francês de Imprensa. Advogado em Brasília, é autor de vários livros, entre eles A Ilha Afortunada, De Fantasmas e Loucura e James Joyce em Brasília. Publicou ensaios e crítica literária em revistas e jornais brasileiros.