Dados Técnicos
Alvorecer de Cada Dia
ISBN 85-7372-000-0
Diário - JS 1783
Formato 14 x 20,7 cm - 180 páginas
1ª Edição - Ano 1995

Disponível para venda na Livraria Asabeça, Rua Dep. Lacerda Franco, 187, Pinheiros, São Paulo, SP, CEP 05418-000, telefone (11) 3031-2298 ou na Livraria Virtual Asabeça
Alvorecer de Cada Dia

(...) Alvorecer de Cada Dia é um livro, um canto. É a Áurea florescendo sob o sereno da madrugada e da vida. Uma mulher de Fibras e Canções aladas. Uma mulher alerta, atenta. Mulher do seu tempo e de todos os tempos. Como vais, como te apartas/ Quão sozinho que estou/ Ó meu castelo de cartas/ Que foi que te derrubou.
Mergulhar no espaço-memória. A doce menina-doce, sob o sol da querida Itapetininga, saltitando sorrisos nas ruas desenhadas pela infância. O vestido branco, o baile. O primeiro namorado e o primeiro amor.
O depoimento da Áurea mulher. Mãe e professora. Poeta e compositora. Autor e personagem. O transcorrer de um relato com sabor de luta e paz. De choro e alegria. Uma história de vida vivida. Vida marcada pelo ato de viver. Pelo fato de fazer, de criar. Marcada pelo seu jeito de ser. Um ser fantástico, grandioso. Um ser humano. Um jeito de ser.
Tudo muda, tudo passa/ Neste mundo de ilusão/ Só tu coração não mudas/ Porque és puro, porque és bom.
Saltando de dentro da alma, saído dos sonhos, dos projetos, dos desejos e anseios, Alvorecer de cada dia é uma narrativa de quem traz como proposta uma vida, eterna alvorada. E cada dia é o nascer de um dia novo.
Áurea é um alvorecer cada dia. Todos os dias.

Anderson Clayton Campos Figueiredo
Diretor do Departamento de Cultura da Prefeitura de Osasco

Áurea Ferreira Rodrigues

Em 1965, após uma luta rural que durou nove anos no município de Itapetininga, ingressei no magistério na Escola Estadual de Primeiro Grau de Vila Caldas em Carapicuíba, Estado de São Paulo. Depois fui removida para a Escola  Estadual de Primeiro Grau do Jardim Baronesa na Av. João Ventura dos Santos (hoje não existe mais).
Com a demolição da escola, fui transferida para a EEPG Dr. Luís Lustosa e de lá fui removida para a EEPG Marechal Bittencourt no centro de Osasco, onde me aposentei em 1987.
Em todas as escolas que passei tentei transmitir o máximo de tudo que aprendi. Sei que foi um caminho árduo, mas o sorriso aberto e sincero dos meus alunos transformou esse caminho numa estrada florida.
Ainda hoje, quando necessitam de mim para ministrar aulas, vou alegre e feliz porque gosto muito da minha profissão.
Nas horas de lazer, dedico-me a escrever, pintar e compor através de experiências vivenciadas dentro da minha inspiração.