Dados Técnicos
Vida e Morte

Encantei-me com a simplicidade de João em falar de seus medos abertamente, sem temer ter o respeito por si perdido. Emocionei-me com sua generosidade em nos poupar dos detalhes aterrorizantes que nossos infernos pessoais desenham em nossas mentes. E lhe agradeço por isso. Convido cada leitor a esvaziar um “cadinho” dos seus conhecimentos e habilidades e permitir ser João por algumas páginas. Mesmo que tenha pudores que não o coloquem na mesma situação, lembrem-se das palavras do Mestre: quem nunca pecou que atire a primeira pedra. Adriano Camargo – O Erveiro.