JORNALISMO E CRÍTICA DE MÍDIA NA AMAZÔNIA / Rafael Bellan / Yasmin Gatto (org)

Esta obra apresenta artigos resultantes de pesquisas sobre a produção de sentido em jornais impressos da Amazônia. Os textos são de uma reflexão coletiva em torno das formas hegemônicas de construção de enquadramentos sobre os mais variados temas sociais. Com o objetivo de instrumentalizar a população da região a um olhar crítico dos produtos midiáticos, foi criado em 2011 o Laboratório de Crítica de Mídia do Amazonas (Lacrima) – espaço acadêmico de elaboração de ensaios que analisam os produtos jornalísticos dos principais veículos da imprensa amazonense.

Envolvendo alunos do curso de Comunicação Social – Jornalismo do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ) da Universidade Federal do Amazonas, em Parintins (AM), e cidadãos do município, o projeto direcionou-se a fundar no âmbito regional uma inovação no campo da comunicação: a prática do media watching. Assim, socializou-se de forma intensiva o perfil dos “vigilantes da mídia”, colocando em expansão na região uma pedagogia crítica dos meios de comunicação, tarefa urgente em uma sociedade cada vez mais centralizada nas informações divulgadas nos mais variados aparatos tecnológicos. Nessa esfera, foi possível desenvolver pesquisas que exploram os dilemas do jornalismo na Amazônia, tendo como eixo central um panorama crítico das mídias locais.

“As investigações em torno do jornalismo têm obtido um papel de destaque nos últimos anos, dado seu peso no desvendamento das visões de mundo hegemônicas, cuja produção de sentido, mesmo que agora parte de um cenário de novos aparatos tecnológicos, disputa, articula e cimenta uma direção moral e intelectual no metabolismo social. Mesmo quando se pensou na soberania dos dispositivos móveis e da internet como polo central da produção midiática, apontada por alguns até mesmo como capaz de modificar  as tecnicidades cognitivas dos receptores, os acontecimentos demonstram que a chamada “velha mídia” e o jornalismo, como prática social construída sobre uma base denominada imprensa, permanecem com um poder na elaboração dos sentidos que, embora balançado pelo advento das novas tecnologias, permanece extremamente influente e poderoso”.
Rafael Bellan

Rafael Bellan é doutor em Ciências Sociais pela Unesp, campus de Araraquara – SP, e atua como professor adjunto de Teoria e Ética do Jornalismo no curso de Comunicação Social – Jornalismo da Universidade Federal do Amazonas, campus de Parintins – AM, onde lidera o Grupo de Estudos Sociais Interdisciplinares do Baixo Amazonas.

Yasmin Gatto é jornalista formada pela Universidade Federal do Amazonas e atualmente é mestranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação pela Unesp, campus de Bauru – SP. Desenvolve pesquisas na área de jornalismo e gênero, com ênfase nas representações da mulher na mídia, e integra o Grupo de Estudos Sociais Interdisciplinares do Baixo Amazonas.

Serviço:

Jornalismo e Crítica de Mídia na Amazônia
Rafael Bellan (org.)
Yasmin Gatto (org.)
Scortecci Editora
Comunicação
ISBN 978-85-366-4454-7
Formato 14 x 21 cm 
236 páginas
1ª edição - 2016

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home