PERDIDOS ATÁVICOS / Carmem Teresa Elias

Com o coração de artista e a alma de escritora, Carmem Teresa Elias traz até nós leitores – depois da publicação de cinco livros de peso – mais uma produção de excelência e maestria. A obra que temos em mãos, Perdidos Atávicos, possui 22 contos com temas complexos, reunidos em pouco mais de 100 páginas, refletindo toda a sensibilidade da autora e nos proporcionando momentos sublimes de reflexão. Uma leitura oportuna pela riqueza de seu conteúdo, que nos faz mergulhar em seu universo, de forma indelével, sensível e, ao mesmo tempo, muito intensa. A autora apresenta o resultado da busca do que considera importante em relação aos sentimentos humanos.

Em cada página, navegamos pelos sentimentos mais íntimos do homem, muitas das vezes trazidos como heranças hereditárias, como dor, perdas, traumas, desilusões, superações, amor ao próximo (ou falta dele)... Mas também de esperança e aprendizagem oriundas de feridas que marcam o inconsciente e que, quando libertas, permitem ao ser a compreensão da existência. Afinal, como diz o ditado, “a esperança é um desejo atávico e imemorial que acompanha os homens desde sempre”. Mesmos aqueles que já conhecem a excelência intelectual e o talento de Carmem, expressados de forma intrínseca na literatura e artes plásticas, irão certamente se deliciar com o resultado desta obra. Carmem possui o coração como forma de dimensão humana para orientar a sua vida. Por isso, tem competência e vocação para surpreender em tudo o que realiza. Em síntese, nesta obra, com uma agradável surpresa, descobrimos grandes lições página a página, após oportuna reflexão de seu conteúdo.
Dyandreia Valverde Portugal - Jornalista, escritora e artista plástica - Editora-chefe do jornal Sem Fronteiras e da Editora Sem Fronteiras, ambos da Rede Mídia de Comunicação Sem Fronteiras

A obra de Carmem Teresa Elias é um passeio pela mágica da poesia para introduzir um mundo de possibilidades insondáveis. O que a palavra sugere está muito além das suas combinações lineares e quebra essa estrutura indo além do padronizado. O realismo fantástico que encontra em Gabriel García Márquez um de seus maiores nomes tem nas muitas verves literárias de Carmem um fator de encantamento e deleite para todo o seu público leitor. Com sua poesia a autora visita recantos preciosos da imagística. Ali já se vislumbra com que poder um mundo misterioso ganha cores insuflado pela imaginação. Os seus versos materializam sonhos embebidos em uma mistura de emoção, encantamento, desafios... Todavia, é por meio de seus contos que Carmem marca uma obra singular de aproximação com o inefável e que é digno de reconhecimento dos que gozam do privilégio de serem seus ouvintes.

A escrita, quando é desenvolvida em níveis como os que esta autora realiza, parece propor um fenômeno que atinge a apenas alguns mortais. Trata-se do inusitado mistério que se decifra da seguinte maneira: o autor escreve algo, o leitor entende aquilo e muito mais. Sim, este é o mistério da obra de Carmem Teresa Elias, que como todo bom quebranto não é para ser conhecido, pois permeia o mundo das coisas mais sagradas e que tem de nossa parte, um simples mortal, todo o respeito e admiração.
Mario Baker Ribeiro - Jornalista e advogado

Escritora dedicada a variados gêneros literários, com obras publicadas no Brasil e no exterior, tanto na área acadêmica quanto artística, Carmem Teresa Elias possui cinco livros, além de participação em mais de 50 publicações coletivas. É membro efetivo da UBE/RJ e outras academias de arte e literatura. Carmem Teresa Elias é Mestre em Letras pela Universidade Federal Fluminense, especialista em Literatura e Língua Inglesa pela UERJ, pesquisadora e palestrante em Gêneros Textuais e Literatura Comparada. Trabalhou na Universidade Santa Úrsula e no Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Desde 2009 desenvolve o projeto “Poesias ao Acaso” com o autor Romualdo Magela. O objetivo, por meio do qual levam exposições e oficinas a escolas, centros culturais e comunidades, é a criação poética em parcerias como marca de contemporaneidade e expressividade artística. Carmem também é artista plástica, com quatro exposições individuais, e detentora de diversas premiações em exposições coletivas. Com Perdidos Atávicos, do qual fazem parte dois contos premiados internacionalmente, propõe uma reflexão crítica sobre conflitos individuais, familiares e sociais na esfera da violência, do preconceito, da incomunicabilidade e da perda de valores humanos e éticos.

Serviço:

Perdidos Atávicos
Carmem Teresa Elias

Scortecci Editora
Contos
ISBN 978-85-366-4695-4
Formato 14 x 21 cm 
104 páginas
1ª edição - 2016

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home