MANUEL DO AMOR / Ricardo Carneiro Leão Dr. Poeta

Manuel do Amor não é apenas o título deste livro de poemas. Manuel do Amor é a história fictícia de Manuel D’Amore, um jovem patrício que veio da terrinha não só para fazer fortuna em terras brasileiras abrindo um variado comércio de secos e molhados na cidade fictícia de Passarinópolis, localizada na Serra do Mar no litoral paulista, mas principalmente para fugir dos comentários maliciosos e de mal gosto devido à má formação congênita no seu órgão genital que o impedia de ter qualquer relacionamento amoroso, pior ainda, não podia ter nenhum contato físico com moças namoradeiras.

Manuel D’Amore fixou residência em Passarinópolis onde ninguém o conhecia como também não conheciam sua história. Não tardou a ser apelidado pelos rapaze s nativos de Manual do Amor (só na teoria). As moças casadoiras, que logo se apaixonaram por ele, o defendiam chamando-o de Manuel do Amor. Manuel veio decidido a trabalhar para Jesus.

Sua vida tem uma grande reviravolta quando seu grande amigo padre Antonio, a quem confessara sua aberração, morre e também com a chegada da Irmã Catarina, uma jovem freira que fora incumbida de preparar os aposentos do futuro padre que chegaria em breve, por quem ele se apaixona e é correspondido por ela. Em Manuel do Amor podemos ainda nos deliciar com mais de oitenta poemas com tendências eróticas, temperados com pimenta para quem já mordeu a maçã.

Vestido lindo

Todas as vezes
Que a vejo passar
Paro para imaginar
Como é lindo
O seu corpo nu
Escondido sob
Seu vestido lindo,
Fico excitado,
Fico amalucado
Imaginando
Quando chegará
O dia ou a noite,
Se é que vai chegar,
De ter seu corpo nu
Escondido
No meu corpo nu
Tomando o lugar
Do seu vestido lindo.

15 de dezembro de 2015

Sozinho não dá

Todas as vezes
Que eu sonho
Com a mulher
Dos meus sonhos
Acende dentro de mim
A chama de uma paixão
Que para apagar
Só tendo mesmo
Uma mulher para amar.
Tento apagar essa chama
Com minha própria mão...
Piora minha excitação.
A chama me queima
Com um fogo mais ardente.
Com medo de me queimar
No fogo da minha imaginação
Sinto-me obrigado a parar
Sem ver a chama se apagar.

Ricardo Carneiro Leão - Dr. Poeta, médico ortopedista, nascido na cidade de Mogi das Cruzes em 13 de março de 1951.Seus primeiros poemas fora escritos quando tinha 14 anos de idade. Seu primeiro livro - Deserto de Concreto - foi editado e publicado em 2009. Manuel do Amor é seu décimo livro.

Serviço:

Manuel do Amor
Ricardo Carneiro Leão - Dr. Poeta

Scortecci Editora
Contos
ISBN 978-85-366-4850-7
Formato 14 x 21 cm 
204 páginas
1ª edição - 2016

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home