CORES DO OUTONO / Maria de Fátima de Barros Neves

Seus versos imprimem sugestividade, porque cores, sons, climas e imagens se superpõem, volumosos, transpondo os limites que o texto concreto revela; da contrapartida econômica das palavras, parte para um campo polissêmico que extrapola a dimensão puramente psicológica do signo linguístico, da palavra.
Jonatan Almeida

Em Cores do Outono, a poesia move os nossos sentidos de maneira especial – o som é posto e estrategicamente usado como matéria-prima na sua arte de fazer versos. A sua textura poética revela sensações conjugadas entre sons e visões, sons e toques, sons e cheiros, sons e gostos, estimulando a nossa imaginação.
Wellington Gomes

Fátima é uma poeta, cuja escrita vinga pela beleza que a imanta, por nos devolver a possibilidade de uma escuta poética do mundo e explorar a imaginação da matéria a partir do veio onírico, de arquétipos como a água. Um dos méritos de sua poesia está na musicalidade, na consciência da motivação do signo. 
Peron Rios

Tímida, insulada, introspectiva, como é Fátima, a sua poesia só podia dar no que deu: a imensidão do oceano, do mar, das águas, cabendo no pote do “eu” profundo. E, como as es- pumas das ondas – lãs de ovelhas tosquiadas? –, distribuindo-se pra todos nós. Em suma, a dicção suave de Fátima não é nenhum milagre, dádiva dos deuses ou dos céus, mas fruto de quem busca, de quem procura, de quem, pertinaz, só concebe o lirismo quando fundado na linguagem. Enfim, o leitor não está diante de uma “educação pela pedra”. Muito menos de uma dicção a contrapelo, mas de um discurso que evita os tsunamis, as tempestades, os excessos, para fluir manso e pacífico como um rio canalizado.
Sérgio de Castro Pinto

Pernambucana, Maria de Fátima de Barros Neves nasceu em 1960. Viveu a infância e a adolescência em Olinda. Professora aposentada do CAp/UFPE, é mestra em Literatura Anglo-Americana e doutora em Literatura Brasileira pela UFPB. Publicou o livro de poemas Discurso das Águas (2006); participou da Coletânea Ladjane Bandeira de Poesia (2006/2009); da Coletânea Poesias Encantadas (2011) e da Antologia de Poesias, Contos e Crônicas da All Print Editora na XV Bienal do Livro Rio (2011).

Serviço:

Cores de Outono
Maria de Fátima de Barros Neves
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-2431-0
Formato: 14 x 21 cm
96 páginas
1ª edição - 2012

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home