ALGEMAS DA ALMA / Agda Meneses

Uma das grandes dores na vida de uma mãe é quando se constata que o seu filho, além de usuário de drogas, é um dependente químico. Porém essa grande dor é somente o início de uma trajetória de preconceitos, medos, desencantos, dúvidas e dívidas. As drogas têm a capacidade de aprisionar mentes desenvolvidas, jovens, ágeis e inteligentes, porém, cada vez que usam drogas, algumas cenas são filmadas em zonas privilegiadas da memória. Uma mente sem metas e sem sonhos vai sendo formada clandestinamente.|

Como as drogas produzem efeitos intensos na psique, usurpando áreas nobres que deveriam ser ocupadas por sonhos, projetos e metas, os dependentes químicos tornam-se velhos em corpos jovens. Dá para entender, por meio desse mecanismo, porque os dependentes químicos, com o passar do tempo, perdem o encanto pelos pequenos detalhes da vida e não conseguem extrair prazer das coisas comuns e normais. Só procuram prazer naquilo que foge do padrão de normalidade.
Mulheres vítimas de abuso sexual – movidas pelo medo, vergonha e preconceito – escondem-se em janelas obscuras da mente, como forma de autopreservação. Porém esses esconderijos mentais tendem a detonar “janelas killer”, que no decorrer da vida abrem-se em forma de pesadelo, subtraindo a qualidade de vida.

Os traumas bloqueiam a capacidade de amar, doar-se e ser feliz, porque sozinhas elas se tornam presas fáceis dos transtornos emocionais. É possível que uma mulher, vítima de estupro a partir dos nove anos e de uma sucessão de episódios de violência, que luta contra a dependência química do filho e, ao mesmo tempo, tenta vencer a guerra contra um câncer, ainda tenha a ousadia de dizer que é feliz? Descubra em Algemas da Alma, primeiro livro da trilogia Cada vida um destino, nova obra de Agda Meneses.

Águida Meneses Valadares Demétrio nasceu em 27 de outubro de 1960, numa zona rural denominada Canto da Pedra, município de Babaçulândia (TO). Quando tinha três anos de idade, seus pais se separaram, ficando ela no lado paterno, vindo a conhecer sua mãe biológica somente aos 12 anos. Foi uma criança alquebrada por malárias e mazelas e teve sua trajetória de vida marcada pela pobreza, fome e desenganos. Agraciada pela índole da persistência e coragem, presenteada por Deus com uma grande sorte, aos 40 anos formou-se bacharela em Ciências Contábeis e hoje, aos 52, é pós-graduanda em Docência do Ensino Superior, com pretensão de, aos 54, ingressar no mestrado para se aperfeiçoar em pesquisas na área de seu bacharelado. Sendo Agda Meneses mãe de ex-dependente químico e agente da Pastoral da Sobriedade, Algemas da Alma nasceu da necessidade de esclarecer a todos os leitores, que a dependência química é uma doença não curável, porém tratável e controlável, se houver imenso empenho do usuário, dedicação da família e boa vontade do Estado, em um tripé de força conjunta, tudo isso norteado pelo trabalho, fé e oração. Como mãe e agente, a autora procura sempre levar, às muitas mães que também lutam para que os filhos se libertem do vício das drogas, uma mensagem de fé, luz e coragem, afirma que, até se alcançar a vitória, muitas lágrimas, dores e frustrações povoarão o mundo material e emocional dessas mães. Na sua obra anterior, Quando a semente germina, Agda narrou os caminhos que percorreu para vencer a dependência química do filho, suas dores, medos e vitória.

Serviço:

Algemas da Alma
Trilogia Cada Vida Um Destino - Livro 1
Agda Meneses

Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-85-366-3142-4
Formato 14 x 21 cm
192 páginas
1ª edição - 2013

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home