HOMO ERETICUS / Eloésio Paulo

Eloésio Paulo é um D’Artagnan de bisturi. Homo hereticus são furiosas, divertidas e curtas estocadas que lembram Shakespeare: “A concisão é a alma da inteligência”. Autor de vários livros, poeta, contista, professor, tem sempre um vasto campo para despejar sua ironia, sua verve e sua filosofia. (...) Aqui, um pequeno armazém de coisas para fazer rir, uma harpia escarnecedora e demolidora sobre o nosso tempo, alertando o leitor das enganosas miragens que o assustam e obscurecem numa primeira leitura.
Waldir de Luna Carneiro

A vida é um sonho
tão clichê quanto bisonho
A gente vive torto
e acorda morto

Eloésio Paulo nasceu em Areado (MG) em 1965. É autor das coletâneas de poemas Primeiras palavras do mamute degelado (2000), Cogumelos do mais ou menos (2005), Inferno de bolso etc. (2007) e Jornal para eremitas (2012). Trabalhou como jornalista e desde 2006 é professor da Universidade Federal de Alfenas.

Serviço:

Homo Ereticus
Eloésio Paulo
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-3353-4
Formato 14 x 21 cm
92 páginas
1ª edição - 2013

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home