CONSONÂNCIAS E DISCREPÂNCIAS / Ezequiel Candido Santos

A partir do momento em que decididamente resolvi materializar a narrativa de minha autobiografia, fui de repente envolvido por lembranças de pessoas, acontecimentos, lugares, enfim, de todos os segundos que fizeram dos meus 75 anos de vida uma maravilhosa e inusitada experiência, digna de ser aplaudida pela mais criteriosa e exigente de todas as plateias, o próprio Tempo, que nunca parou e me fez chegar aos 75 novinho em folha e, para minha felicidade, longe dos seus implacáveis efeitos.

Aprendi desde cedo a retirar dos desafios, que foram incontáveis, a perseverança, a coragem, o denodo e a determinação que me levassem com segurança ao ápice dos meus batalhados anseios, sempre levando em conta e como necessidade primeira a agregação ao meu caráter de adolescente jovem, os importantes conceitos da valorização do trabalho, a solidariedade consciente e a justiça social, principais determinantes da conduta pessoal que ao longo dos anos vêm me inspirando na consecução dos meus objetivos, através de ações coerentes e equilibradas.

As pessoas com as quais convivi, as indeléveis emoções que experimentei e os inevitáveis dissabores que porventura amarguei desempenharam um papel fundamental, senão decisivo, em meu modo de ver e viver a vida, tendo por conseguinte me ensinado que no viver sempre em consonância com as discrepâncias repousa o sagrado e insofismável segredo de uma vida mais participativa, palpitante, leve, equilibrada e afastada dos conflitos atinentes ao complicado universo do comportamento humano, uma vez que mais importante do que tentar mudar as vicissitudes da vida é procurar conviver com as diferenças, mesmo que para tal tenhamos de lutar contra as nossas próprias convicções. Àqueles a quem quero bem, uma sugestão: procurem viver em consonância com as discrepâncias; é difícil, todavia não é de todo impossível. Vale a pena tentar!
Salvador (BA), 10 de abril de 2013.
Ezequiel Candido Santos

Fecho os olhos e, como se fosse possível recuar meio século (meu Deus, como o tempo passou...), vejo diante de mim o tio Ezequiel voltando de mais uma de suas viagens ao redor do mundo, carregado de presentes e notícias de lugares distantes, misteriosos. Quanta felicidade a cada retorno do nosso querido “jovem marinheiro”, observador arguto e dono de uma memória invejável que, por força de sua capacidade narrativa, nos transportava para cenários longínquos, encantadores. De modo que eu, sem nunca ter-me ausentado de Tijuaçu, realizava viagens fantásticas navegando pelos mares da Europa e das Américas, conhecia lugares e pessoas, costumes e tradições. Tempos depois, já em Salvador, era com grande ansiedade que eu aguardava a chegada do porta-aviões Minas Gerais, no curso de mais uma Operação UNITAS, e lá íamos nós a perambular pelas ruas da então pacata e ao mesmo tempo efervescente capital da Bahia.

E nessas andanças não podia faltar uma visita ao Pelourinho, com suas ladeiras e casarões cheios de história, ao Barravento e seu encantador pôr do sol, à ponta do Humaitá e suas águas cristalinas, à praia da Boa Viagem, ao Mercado Modelo, ao Belvedere da Sé, à Cantina do China. Agora, Ezequiel empreende uma nova viagem e nos convida a acompanhá-lo nessa aventura. Mas não tema o prezado viajante o balanço do navio face à impetuosidade das ondas em alto-mar. Esta será uma viagem no tempo e significa a oportunidade de compartilharmos cada momento da vida deste “velho marinheiro” com alma de sertanejo. Por favor, senhores passageiros, queiram ocupar seus lugares... e boa viagem!
Senhor do Bonfim (BA), junho de 2013.
Sandoval Santos de Almeida - Tecnólogo em Telecomunicações, advogado e funcionário do Banco do Brasil

Serviço:

Consonâncias e Discrepâncias
Memórias e Memoráveis
Ezequiel Candido Santos
Scortecci Editora
Memórias
ISBN 978-85-366-3333-6
Formato 16 x 23 cm
412 páginas
1ª edição - 2014

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home