CARTAS AOS MEUS NETOS / Abrahão José Kfouri Filho

“De repente, a leitura torna-se um hábito.”

“Não os quero e nem os pretendo sábios!”

“Não se magoa a pessoa amada!”

“[O ciúme] é destruidor, intolerável quando traduz um sentimento doloroso de um amor inquieto, um desejo possessivo, opressivo, asfixiante...”

“(...) ‘é o maior barato, todo mundo usa, experimenta!’ Se você se negar, dirão que você é um ‘bundão’ ”.

“O que é nosso é nosso; o que é dos outros é dos outros! ”
“Não se apartem, jamais, da Verdade.”

“Cuidem dele [seu corpo] como um santuário.”

“Sejam pródigos com as pala-vras que confortam (...) e parcos e cautelosos com as palavras que possam magoar.”

“‘A gente morre, mas não volta atrás’. A única forma (...) de vol-tar atrás é reconhecer que errou e, aí, ter a grandeza de pedir desculpa.”

 “A lembrança do primeiro amor não induz infidelidade aos amores do depois.”

“Um homem que consegue levantar-se quando cai, levanta um homem novo.”

Serviço:

Cartas aos meus netos
Abrahão José Kfouri Filho

Scortecci Editora
Cartas
ISBN 978-85-366-3955-0
Formato 14 x 21 cm 
92 páginas
1ª edição - 2014

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home