A CIDADE DO RIO DE JANEIRIO E SUAS ACADEMIAS MILITARES COMO ALICERCES DA ENGENHARIA BRASILEIRA / Gastão Rubio de Sá Weyne

Observou-se, no escopo deste trabalho de pesquisa, que o Brasil, até os dias atuais, contou, ao longo do tempo, com 10 (dez) academias militares, assim discriminadas: 1792:  Real Academia de Artilharia, Fortificação e Desenho; 1810: Academia Real Militar, situada na Casa do Trem; 1812: Academia Real Militar, situada no Largo de São Francisco; 1822: Imperial Academia Militar (independência do Brasil); 1839: Escola Militar da Corte (Período Regencial); 1858: Escola Central (Praia Vermelha); 1906: Escola de Guerra, em Porto Alegre (RS); 1913: Escola Militar do Realengo; 1944: Escola Militar de Resende; 1951: Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN.

É importante observar que as diferentes fases de transformação por que passaram as academias militares ocorreram segundo um espírito progressista ou reformista. Em outras palavras, aconteceu uma transformação moderada, sob a égide do Exército Brasileiro, na medida em que ela não afastou a continuidade nem rompeu brus-camente com o passado. Sentiu-se o desejo de mudança gradual das academias militares, sem conservadorismo ou radicalização, para o nascimento da engenharia brasileira.

O presente trabalho de pesquisa, alicerçado em ampla revisão da literatura sobre o tema, visa, primordialmente, estudar e analisar a criação e a evolução histórica da engenharia brasileira. Trata-se de empreender uma longa caminhada por recantos do Rio de Janeiro, próximos a belas paisagens naturais, onde se localizaram as academias militares, nos diferentes períodos da história do Brasil. Mostra-se, neste livro, que a cidade do Rio de Janeiro foi, portanto, o palco da criação e desenvolvimento da engenharia brasileira.

Tudo aconteceu a partir das transformações das escolas militares ao longo dos tempos, sob a égide do Exército Brasileiro. Nunca é demais repetir que a cidade do Rio de Janeiro é privilegiada por sua impressionante beleza natural, reconhecida mundialmente como a “cidade maravilhosa”. Seu povo é amigável, espirituoso, cativante, musical e sabedor de que vive em uma das cidades mais belas do mundo, se não a mais linda de todas. Por isso, o carioca, que ama a sua cidade, sempre en-contra tempo para aproveitar os bons momentos da vida.

GASTÃO RÚBIO DE SÁ WEYNE, de formação multidisciplinar, vem dedicando a maior parte de sua vida ao ensino e à pesquisa em três áreas:
 1) DIREITO E LITERATURA — É Advogado e Bacharel em Direito (Faculdade de Direito da USP-FDUSP) e Doutor em Filosofia do Direito (FDUSP); 2) ENGENHARIA QUÍMICA — É Engenheiro Químico pelo Instituto Militar de Engenharia (IME-RJ); Mestre, Doutor e Livre-Docente em Engenharia Química (Escola Politécnica da USP); Pós-Doutorado em Design Projects pelo University College de Londres; 3) MATEMÁTICA — É Bacharel e Licenciado em Matemática (Instituto de Matemática e Estatística da USP) e Doutor em Educação Matemática pela PUC-SP. É Professor Associado, aposentado, do Departamento de Engenharia Química da Escola Politécnica da USP. Foi Professor Titular das seguintes instituições de São Paulo: PUC-SP, Universidade Mackenzie-SP (onde foi Diretor da Escola de Engenharia), Fundação Armando Álvares Penteado — FAAP-SP (Titular Pleno), Faculdades Oswaldo Cruz-SP e Faculdade de Medicina do ABC-SP, onde concluiu Livre-Docência em Operações Unitárias na Indústria de Medicamentos e Alimentos. Foi um dos fundadores e coordenador do Curso de Direito da Unipalmares-SP, preferencialmente para negros, além de Professor Titular nesta instituição por cerca de 5 anos. É Advogado e Perito da Justiça Federal de Campinas-SP há mais de 20 anos. É Tenente-Coronel Reformado do Exército e sofreu repressão durante a ditadura militar. Publicou mais de 30 livros, escreveu mais de 100 artigos em revistas e participou de mais de 50 congressos. Formou mais de 10 pesquisadores (Mestres e Doutores) na Escola Politécnica da USP. É violonista, lançando diversos CDs e um álbum com 19 músicas de sua autoria, publicado pela Editora Irmãos Vitale, de São Paulo. É Membro Efetivo da Academia Luso-Brasileira de Letras (Rio de Janeiro-RJ).

Serviço:

A Cidade do Rio de Janeiro e sua Academias Militares como Alicerces da Engenharia Brasileira
Gastão Rúbio de Sá Weyne
Scortecci Editora
Engenharia
ISBN 978-85-366-4038-9
Formato 14 x 21 cm 
88 páginas
1ª edição - 2014

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home