A GRANDE PIRÂMIDE REVELA A VERDADE / Vito Marino

Esta obra trata da história dos maiores ícones da civilização egípcia: suas pirâmides. Mas principalmente sobre a construção da pirâmide do faraó Queóps, mais conhecida como “A Grande Pirâmide”. Ao longo do livro o autor expõe desde a sua engenharia e métodos de trabalho até as crenças egípcias na imortalidade e nos Deuses, responsáveis por estimular a colocação de cada pedra na grande estrutura. O período egípcio tratado nos remeterá à 4ª Dinastia de faraós (2613-2494 a.E.C.), quando o Egito era a civilização mais avançada da Terra.

Nesse caminho, o autor abrange também a evolução das construções, da sociedade e da economia do Antigo Egito. Queóps construiu a maior e mais perfeita das pirâmides do mundo. Ainda não se conhecia o ferro e a roda, nem havia escravos. Contudo, esse faraó soube organizar o Estado cuidadosamente e impulsionar a economia para realizar uma grande obra. Com ele, os faraós do Antigo Império alcançaram o auge do poder. No final, veremos que muitos mistérios e mitos formados no decorrer do tempo – sobre a Grande Pirâmide e o faraó que a construiu – caíram por terra.

A Ciência soube responder muitas questões que eram intrigantes até há pouco tempo. Muito já foi especulado sobre a Grande Pirâmide do Egito, no que diz respeito a sua construção e possíveis significados, sobretudo nos séculos XIX e XX, quando as ideias místicas em torno desta maravilha arquitetônica ganharam espaço até na imprensa especializada. Chegou-se ao absurdo de se organizar em Boston, em 1879, o “Instituto Internacional de Pesos e Medidas”, que tinha como objetivo adequar as unidades de medidas aos padrões tidos como sagrados relativos à Grande Pirâmide, ao mesmo tempo combatendo o sistema métrico adotado pelos egiptólogos franceses, considerado pelos adeptos do novo instituto um sistema métrico ateu. Foi a época do surgimento dos “piramidistas” – os fanáticos da pirâmide –, que acreditavam (e ainda acreditam) na existência de “revelações proféticas” para o futuro em tal monumento.

Paralelamente, também progrediram, ao longo do século XX, estudos arqueológicos comprometidos com a verdade, referentes à história do Antigo Egito. E mais ainda hoje, século XXI, podemos encontrar muitas pesquisas arqueológicas sérias no país dos faraós, onde descobertas novas são feitas todos os dias. São descobertas que “podem estar tanto no fim de um corredor qualquer, de algum monumento, quanto embaixo das areias do deserto por onde as pessoas caminham”, esclarece-nos Vito Marino. Nesta obra de não ficção o leitor poderá verificar muitos estudos já feitos que nos trouxeram preciosas informações sobre a Grande Pirâmide (e outras pirâmides). E não somente a respeito dela e de tudo o que envolveu sua construção, mas também da história, dos costumes, das riquezas e crenças do magnífico Egito Antigo, um país que deixou um forte legado para as demais civilizações. No entanto, tais descobertas estão disponíveis para o grande público? Ou permanecem em arquivos científicos e livros especializados a que poucos têm acesso?

Este questionamento moveu o autor para a realização desta obra. Enquanto a Ciência já possui muitas respostas corroboradas, simples e coerentes, ainda nos deparamos com as ideias místicas surgidas no século XIX e fomentadas pelos piramidistas, e que acabaram sendo consideradas verdades absolutas para alguns, mas que fazem apenas surgir mais dúvidas desnecessárias, repletas de mistério. Assim, o autor nos traz seu trabalho abrangente como resultado de uma séria pesquisa, onde reuniu descobertas atualizadas – arqueológicas e históricas – ligadas ao Antigo Egito e, sobretudo, à Grande Pirâmide de Gizé, de forma clara e detalhada. Uma obra fascinante por si só, mas que também confronta os chamados “místicos da pirâmide”. Personalidades importantes do passado voltarão assim à vida: Queóps, Quéfrem, Djedéfre, Zoser, ImHotep, Casequemui, Esnéferu, Al-Mamúm, Richard Vyse, Auguste Mariette, Hermann Junker, além de outros...
C.C.R.D.

Vito Marino mora em São Paulo, capital. É empresário, escritor, pesquisador e autodidata em história, religiões e crenças mundiais. É autor dos livros: “Os Messias do Mundo” (2012), “A Idade Média e a Criação do Graal” (2013) e “Os Deuses não eram Astronautas” (2013).
Contato:
br.vitomarino@gmail.com

Serviço:

A Grande Pirâmide Revela a Verdade
A Maior Aventura Egípcia de Todos os Tempos
Vito Marino
Scortecci Editora
Civilização
ISBN 978-85-366-3991-8
Formato 14 x 21 cm 
300 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home