PROTAGONISTAS NA RIBALTA / Maruam

Protagonistas na Ribalta reúne, em eletrizantes e sinceros tons confessionais, relatos de múltiplas mulheres: donas de casa, professoras, prostitutas, estudantes, religiosas, profissionais liberais e até moradoras de rua. Esta obra guarda relação com uma peça teatral. Em dez atos, apresenta, sequencialmente, depoimentos intimistas em comovente linguagem popular. Sob o calor das lâmpadas que fulgem as cenas do centro do palco, cada uma das protagonistas desnuda, apaixonadamente, no tablado, as experiências amorosas de suas fantásticas trajetórias de vida.

O desnude da verdade nua e crua, que permeia o cotidiano, nem sempre se mostra para todos. É preciso que a sociedade se inteire da realidade e que tenha consciência dos distintos papéis de seus membros. E mais, que, independentemente de suas escolhas, os respeite, assegure a igualdade social e o direito inalienável de, cada qual a seu modo, serem felizes”. Um ato de coragem, pois a diversidade quando colocada na mesa, arrepia o senso comum. Um livro sob medida para o publico leitor de fino gosto. Gente acostumada ao desfrute do prazer, pelo prazer de ser, somente ser.

Abrem-se as cortinas! Suspense! Expostas, por inteiro, sob o brilho da ribalta, ei-las, encenando suas próprias vidas no tablado. Obstinadas mulheres apaixonadas, em trilhas, tantas e tantas vezes tortuosas, perseguem e alcançam, cada qual a seu modo, a felicidade. Perfis femininos de marcante contorno, no papel de únicas protagonistas de seus destinos, depõem em eletrizantes e sinceros tons confessionais. Após impecável performance em dez atos sublimes, recebem intensos aplausos da emocionada plateia. Sucesso! Fecham-se as cortinas.

Maruam, sistematicamente, pratica a inovação e, a cada publicação, surpreende seus leitores com diferenciadas tiradas criativas. Nos últimos quinze anos, produziu um verdadeiro carrossel literário: crônicas, poesias, contos, microcontos, aforismos, histórias sem fim, romances e até uma aventura ao redor do mundo. Desta vez, invadiu a privacidade feminina, em busca de histórias que relatassem tórridas paixões decorrentes de experiências amorosas. Pesquisou distintos perfis: donas de casa, professoras, prostitutas, estudantes, religiosas, profissionais liberais e moradoras de rua. Esta obra guarda relação com uma peça teatral. Em atos, apresenta, sequencialmente, depoimentos intimistas de mulheres em comovente linguagem popular. O desnude da verdade nua e crua, que permeia o cotidiano, nem sempre se mostra para todos. A propósito, diz o autor: “É preciso que a sociedade se inteire da realidade e que tenha consciência dos distintos papéis de seus membros. E mais, que, independentemente de suas escolhas, os respeite e assegure a igualdade social”. Daí, a propor uma lei universal, foi um passo: Artigo único: Todas as pessoas deste mundo, sem exceção de qualquer natureza, têm o direito inalienável de serem felizes! Revogam-se as disposições
em contrário. Pra que mais?

Um livro, sob medida, para o público leitor de fino gosto. Gente acostumada ao desfrute do prazer, pelo prazer de ser, somente ser. Para escrever este livro, tentei desvelar a sensualidade de múltiplas mulheres. Queria, assim, compreender suas trajetórias existenciais. Colecionei imagens, vozes, aromas e gostos, percorri o contorno de silhuetas, traduzi textos, vivenciei sentimentos e até acreditei apalpar auras. Com as informações armazenadas na mente, apenas restou, como autor, incorporar o perfil de um incorrigível emendador de palavras...

Concebo dez personagens distintas e as coloco no tablado, vestindo o cinturão de Afrodite. Ofereço, a cada uma delas, a oportunidade única de confidenciarem suas relações amorosas. No papel de protagonistas, desnudam segredos com maestria e monologam, teatralmente, sob o brilho da ribalta (lâmpadas, entre o palco e plateia, com o fim de fulgir as cenas). O público, em pé, sensibilizado, aplaude. Elas merecem! Pautei o projeto literário, tendo por princípio o respeito à pluralidade de ideologias, classes sociais, profissões e gêneros distintos. Quando se coloca a diversidade na mesa, o senso comum arrepia! Cabe uma ressalva: ainda que baseada em dados de contexto reais, esta obra é de ficção. Não existe nenhuma possibilidade de atribuir a real identidade de qualquer personagem aqui relatado. Espero que a leitura perpasse a intensidade da vibração cênica que incorporei no ato de escrever. Por aqui, por aí.
Maruam - Verão de 2015

Serviço:

Protagonistas na Ribalta
Maruam

Scortecci Editora
Contos
ISBN 978-85-366-4105-8
Formato 14 x 21 cm
184 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home