A IDENTIDADE DO MOVIMENTO POR URBANIZAÇÃO E LEGALIZAÇÃO DO PANTANAL DA ZONA LESTE - SP / Luciano da Silva Barbosa

Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado do Programa de Pós-graduação em Planejamento Urbano e Regional da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Prof. Dr. Frederico Guilherme Bandeira de Araújo, GPMC/IPPUR/UFRJ, autor do prefácio. O campo problemático desta dissertação diz respeito à construção da identidade no domínio da organização, da práxis e das práticas dos movimentos sociais no Brasil contemporâneo.

A constituição e a consolidação de movimentos sociais têm por base a assunção coletiva de identidades fundadas em valores, territorializações e bandeiras de luta. Não obstante, rupturas dessas identidades acontecem por diversos motivos, dentre os quais se destacam ações desterritorializantes como enchentes, a construção do Parque Linear Várzeas do Tietê, além da tentativa de cooptação por parte do Estado. O objetivo principal é analisar o processo de construção do Movimento por Urbanização e Legalização do Pantanal (MULP) da Zona Leste de São Paulo, enfocando especialmente a constituição de uma identidade lastro do movimento e seu processo de fortalecimento/enfraquecimento frente às políticas públicas.

A expectativa é que este trabalho possa trazer a produção de conhecimento temático específico sobre a identidade do MULP. Imagina-se ainda que a dissertação contribua com subsídios objetivos à compreensão dos processos de constituição das identidades no seio dos movimentos sociais contemporâneos, tema especialmente crucial à estruturação
e à ação desses agentes coletivos.

Enchentes, alagamentos, déficit de serviços básicos como: pavimentação, esgotamento sanitário, educação e saúde. Insegurança, medo, preconceito e repressão policial. Essa é a dura realidade cotidiana de milhões de famílias que habitam as periferias das grandes cidades brasileiras. Essas populações trabalhadoras, no entanto, lutam pelo direito à cidade, por melhores empregos, por um simples lugar saudável para criar seus filhos, enfim, por dignidade e por uma vida melhor, demonstrando, como sugere este trabalho, que o homem pode modificar sua própria história e não apenas ser condicionado pelo determinismo das estruturas econômicas e sociais.

Este revelador trabalho de Luciano Barboza nos traz uma contribuição fundamental para entender o que são os movimentos sociais urbanos e como eles constroem sua identidade, como lutam contra a segregação social e espacial do sistema do capital, sua importância, desafios e limites. Luciano é intelectual marxista comprometido com lutas sociais por justiça e igualdade, usando todo seu vasto conhecimento e o ferramental do materialismo histórico para analisar e nos fazer entender os fenômenos. Neste trabalho, mostra o descaso do Estado para com as populações pobres das grandes cidades brasileiras, revela o sofrimento das famílias trabalhadoras da periferia e sua luta heroica por uma vida melhor.

Como mestre em Estudos Urbanos e Regionais, a partir do estudo de um movimento social urbano, o MULP, Luciano discute os grandes problemas das cidades brasileiras: a falta de planejamento urbano, o déficit de moradia, a falta de políticas habitacionais, a precariedade dos serviços públicos, a segregação espacial, a repressão e o preconceito com a população pobre. Um estudo que sugere e nos mostra a necessidade de uma profunda reforma urbana, de planejamento das cidades, de uma política habitacional do tamanho da demanda, da criação de empregos, da ampliação das políticas públicas em diversas áreas. Um livro que, sem dúvida, merece ser lido com atenção pelo seu conteúdo  esclarecedor.
Robério Paulino - Economista e professor do Programa de Pós-graduação em Estudos Urbanos e Regionais da UFRN.

Luciano da Silva Barboza é historiador formado pela UFRJ, especialista e mestre em Planejamento Urbano e Regional pelo IPPUR – UFRJ. Iniciou sua militância política no movimento estudantil no DCE da UFRJ e foi um dos 101 fundadores do PSOL, atualmente é professor de História da Rede Municipal do Rio de Janeiro e participa do SEPE – Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação.

Serviço:

A Identidade do Movimento por Urbanização e Legalização do Pantanal da Zona Leste - SP
Esperança e Desalento na Luta Contra o Deslocamento Populacional
Luciano da Silva Barbosa

Scortecci Editora
Movimentos Sociais
ISBN 978-85-366-4071-6
Formato 14 x 21 cm 
164 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home