VIVAS EMOÇÕES / Marilina Baccarat de Almeida Leão

Ao sentirmos nossas emoções, chegamos à conclusão, que emoções, são sentimentos extremamente pessoal com a gente. Temos emoções, sentindo cada uma a sua maneira, como se nós confabulássemos com elas. São emoções que procuramos entender até chegarmos a uma conclusão muito nossa, acerca do que sentimos. Isso torna nossas emoções, muito mais do que sentimentos possuídos por nós.

A partir do momento em que sentimos nossas emoções, nossos sentimentos afloram em várias direções. Nossas emoções, a partir do instante em que os sentimentos se tornam vivos, se transformam em vivas emoções. Porque, para nós, cada emoção é uma viagem, onde, solitariamente, percorremos os nossos sentimentos e assim, eles nos levam a descobrir incríveis emoções sobre nós. Como um diálogo intenso travado entre os sentimentos, pelas emoções afora... Assim, este livro nos leva a viajar pelas Vivas Emoções.                  

Ao sentir minhas emoções, cheguei à conclusão de que emoções são sentimentos extremamente pessoais da gente. Tenho emoções, sentindo cada uma à sua maneira, como se eu confabulasse com elas... São emoções, que procuro entender até chegar a uma conclusão muito minha, acerca do que senti... Isso torna minhas emoções muito mais do que sentimentos possuídos por mim... A partir do momento em que sinto minhas emoções, meus sentimentos afloram em várias direções... Minhas emoções, a partir do instante em que os sentimentos se tornam vivos, se transformam em Vivas Emoções...

Porque, para mim, cada emoção é uma viagem , onde, solitariamente, percorro os meus sentimentos e eles me levam a descobrir incríveis e vivas emoções sobre mim... Quem sente emoções e os sentimentos afloram, poderá sentir o mesmo que sinto com as impressões de minhas emoções... Como um diálogo intenso travado entre os sentimentos pelas emoções afora... Assim, são as Vivas Emoções...
Marilina

Senti além da conta, minhas emoções, naquele interstício entre o sentir e os sentimentos, entre as emoções e as vivas verdades do pensar... Senti entre o sono e a lucidez, quando tudo parecia bem claro... Onde a vontade de sentir as emoções, vem com tal força, como se os sentimentos carecesse delas... Como se não coubesse em mim, essa inebriante leveza das emoções... Sorvendo em pequenos goles, o desejo de sentir as emoções dentro da alma... Esse ópio dos sentimentos, que me faz brilhar, mesmo na escuridão, lançando fachos de luzes, de mim mesma, faz-me sentir as vivas emoções... Revejo nas emoções, tudo o que quero, o que preciso sentir... Sorvendo em pequenos goles as emoções dos sentimentos... Para que todos os sentimentos venham e tomem forma, tomem a mim... Assim são “Minhas Emoções”...
Marilina

Marilina Baccarat de Almeida Leão, descendente de franceses, a autora nasceu em São Paulo, capital, onde viveu sua infância e juventude. Seu avô, José Baccarat, foi delegado e prefeito de Santos (SP), na década de quarenta. Atualmente, reside em Londrina (PR), a nossa pequena Londres, onde vive com seu marido, José Almeida Leão – advogado aposentado do Banco do Brasil e professor aposentado do curso de Direito da Universidade Estadual de Londrina. Nas Artes, foi professora de música clássica e canto erudito, com especialização em órgão, e  é afiliada à REBRA – Rede de Escritoras Brasileiras, à AJEB – Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil, e membro da ALG – Academia de Letras de Goiás. No dia 27 de junho de 2014, foi nomeada como Acadêmica Imortal pela Academia de Ciências, Letras e Artes de Vitória (ES), em reconhecimento de seu trabalho artístico desenvolvido ao longo de sua carreira.

Serviço:

Vivas Emoções
Marilina Baccarat de Almeida Leão

Scortecci Editora
Contos
ISBN 978-85-366-3113-4
Formato 14 x 21 cm 
220 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home