DRAMATURGIA EM CENA / Karina Correa Torres

Apresentamos dois trabalhos de dramaturgia inéditos, criados a partir de oficinas de teatro ministradas pela Cia Teatral Simbiose, bem como os detalhes de todo o processo de criação dos mesmos. Em “Últimas Notícias” divirta-se com um texto jovem e irreverente, trazendo o mundo da mídia para o palco, com uma temática jovem e situações no mínimo inusitadas.

Em “Encontro com Horácio” depare-se com um impasse. Quem é o herói e quem é o monstro? De que lado você escolhe ficar? Será que a morte é o fim de nossos problemas? Nesse encontro não é permitido ficar em cima do muro. Você é nosso convidado para curtir esse trabalho junto conosco e participar também da sua criação, seja como leitor ou mesmo como espectador. Em matéria de teatro, nada se cria sozinho. Aqui todos somos autores-criadores de nossas histórias e juntos temos boas ideias e melhores resultados.

Tudo pode virar texto - A dramaturgia colaborativa abre espaço para que atores tornem-se autores e autores participem ativamente da criação de um espetáculo. Houve um tempo em que o texto ditava as regras para a criação do espetáculo, também chamado de teatro textocêntrico. Os dramaturgos clássicos se enquadravam nesse estilo e trabalhavam sozinhos para companhias específicas. A partir do século XX, alguns encenadores começaram a descentralizar a função do texto dentro do fazer teatral, estabelecendo uma nova relação entre cena e literatura. O texto começa a funcionar a partir da necessidade da cena. Assim como o teatro se renova com o tempo, a dramaturgia acompanhou tais mudanças e ao longo do tempo dramaturgos ganharam, perderam e novamente ganharam espaço dentro do fazer teatral.

O processo colaborativo coloca o dramaturgo praticamente dentro da cena, não no sentido físico, mas no sentido de trabalhar em conjunto com o diretor e com os atores. Cabe a ele a função de transformar tudo o que é produzido durante os ensaios em texto dramático. Fazer parte de um processo colaborativo significa ao mesmo tempo deixar de ser você para emprestar a sua voz à voz do grupo ao qual você pertence, com o objetivo de que as qualidades individuais acrescentem qualidade ao espetáculo final. O dramaturgo tem o trabalho de dar um único tom às muitas vozes que participaram ativamente da criação daquele texto. Este livro apresenta dois textos criados a partir de processos colaborativos conduzidos pela Cia Teatral Simbiose.

Sou atriz, escritora e astróloga. Formada em Artes Cênicas em 2003 pela Escola de Teatro e Televisão Incenna (SP), graduei-me em Comunicação Social com Habilitação em Produção, Direção e Roteiro para Rádio e Televisão pela Universidade São Judas Tadeu (SP) em 2011. Sou astróloga profissional desde 2012. Escrevo contos, crônicas, peças de teatro e roteiros para rádio e televisão. Meus textos já foram premiados em concursos literários e algumas peças de teatro já ganharam destaque em festivais. Sou uma das fundadoras da Cia Teatral Simbiose e atuo em seus espetáculos desde a sua fundação, hoje em dia como dramaturga e produtora cultural. Publiquei no ano de 2008 o livro Mude suas ideias. Mude seu mundo. Hoje em dia divido meu tempo entre as artes (cênicas e literárias) e a astrologia (consultoria, atendimentos e palestras). Para entrar em contato diretamente comigo utilize o e-mail:
karinatorresastrologa@gmail.com.br
A paz começa comigo.
Karina Correa Torres

Serviço:

Dramaturgia em Cena
Karina Correa Torres

Scortecci Editora
Teatro
ISBN 978-85-366-4264-2
Formato 14 x 21 cm 
104 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home