A CONFISSÃO DE SANCHA / Lobo Carneiro

A protagonista da história por fatalidade, ainda jovem, colocada à beira do túmulo, decide confessar à filha, na época ainda uma criança, por meio de cartas a serem resgatadas quando a menina atingisse a maioridade, um segredo atormentador sobre seu comportamento conjugal, cujo afloramento poria fim talvez a tantas especulações feitas desde então envolvendo sua melhor amiga e o esposo desta, isso, é claro, a dar-se crédito à fidedignidade dos documentos revelados.

Em 04041944 d.C. em Pinheiros São Paulo SP Brasil do reino animal gênero homo espécie dita sapiens foi parido em parto normal. Na Politécnica da USP ganhou um doutorado em engenharia metalúrgica para com alguma proficiência ganhar e repartir o pão dele de cada dia. Na FFLCH da USP ganhou um bacharelado em letras para tentar convencer palavras a se juntar em frases e versos na talvez vã tarefa de dar algum sentido a sua existência tão mal cumprida tão mais comprida do que a restinga de Marambaia! Sobra a máscara de Eduardo Barchiesi com a qual lhe concederam um RG e um CPF colocou outras máscaras para brincar no carnaval da vida. De Omar Bem Iamin como fabulista. De Alan Pow contista. Sheik Spir dramaturgo. Loco Carneiro romancista. Edobardo Lyra protopoeta.

Serviço:

A Confissão de Sancha
Lobo Carneiro

Scortecci Editora
Romance
ISBN 978-85-366-4208-6
Formato 14 x 21 cm 
208 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home