ENQUANTO DANÇAS / Allan Fonseca

“Enquanto danças” é uma obra sobre o tempo – ou melhor, sobre um tempo. Um tempo que é de saudade, mas também presença; de rio, mas também vapor; de périplo, mas também pose; de perda, mas também esperança. De um corpo que, fiel à essência da dança que executa, expande-se no espaço até ele, corpo, ser o tempo presente e ilimitado em que tudo parece possível. O templo em que se ora pelas dádivas de agora.

E os carrinhos na prateleira?
E a alternativa verdadeira?
E quando o avô conta uma história para o neto
e o neto não ouve a história?

E quando nem Deus está ouvindo?
E quando a vida, de tão frágil, nem eco mais ela faz?
E quando tanto faz o nome dos dois times
que acabam de entrar em campo?

E o cavalete tombado sobre o asfalto?
E o salto alto que vacila e quebra?
E as lâmpadas de sódio sobre
as sombras de ódio na Avenida Paulista?

Allan Fonseca é paulistano e tem 29 anos. Escreveu o poema que intitula o livro em 2011, na doce inquietude da aurora urbana, observado por um bem-te-vi que, impaciente, bicava o vidro da janela do escritório, reclamando atenção. Enquanto danças, segunda publicação do autor, é uma obra sobre o tempo ou melhor, sobre um tempo. Um tempo que é de saudade, mas também presença; de rio, mas também vapor; de périplo, mas também pose; de perda, mas também esperança. De um corpo que, fiel à essência da dança que executa, expande-se no espaço até ele, corpo, ser o tempo presente e ilimitado em que tudo parece possível. O templo em que se ora pelas dádivas de agora.

Serviço:

Enquanto Danças
Allan Fonseca

Scortecci Editora
Crônicas
ISBN 978-85-366-4347-2
Formato 14 x 21 cm
116 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações.

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home