ESCRITOS EXTRAÍDOS DO SILÊNCIO / Ana Cecília de Sousa Bastos

Trata-se da quarta coletânea de poesia da autora. Compõe-se de “Noite”, “Sons que habitam o silêncio”, “Estrada” e “Amanhecer”. Em “Noite” a poeta se mira no espelho do poema e incorpora a própria natureza do silêncio. Nas divisões “Sons que habitam o silêncio” e “Estrada”, ela dirige olhares a pessoas e fatos, próximos ou distantes, em textos sempre marcados pela indagação existencial. Por fim, em “Amanhecer” há ainda traços das outras seções, mas destacam-se os poemas de feição religiosa.

como se um livro se escrevesse somente
para que o silêncio fosse,
por um só instante,
possível.

Um velho e sábio provérbio ensina que o silêncio é de ouro. E foi precisamente nessa jazida aurífera que Ana Cecília de Sousa Bastos se pôs a garimpar a matéria-prima para sua quarta coletânea de poesias, Escritos extraídos do silêncio. Os resultados dessa garimpagem – seu “exercício de recolher escritos / no ermo da noite” – estão apresentados em quatro blocos neste volume: “Noite”, “Sons que habitam o silêncio”, “Estrada” e “Amanhecer”. Em “Noite”, a poeta se mira no espelho do poema e incorpora a própria natureza do silêncio. Até sugere não ser ela mesma a autora dos textos que redige: “é como, em silêncio, dormir / e deixar que o poema / se escreva”. Nas divisões “Sons que habitam o silêncio” e “Estrada”, ela dirige olhares a pessoas e fatos, próximos ou distantes, em textos sempre marcados pela indagação existencial. Por fim, em “Amanhecer”, há ainda traços das ou-tras seções, mas destacam-se os poemas de feição religiosa. Ana Cecília de Sousa Bastos continua produzindo uma poesia sincera, sem arroubos, feita de impressões, miudezas, vestígios. Poesia que, desde seu primeiro livro, se mantém fiel à sensibilidade da autora e obedece “à doce tirania da palavra”.
Carlos Machado

Ana Cecília de Sousa Bastos, baiana de Salvador, é professora universitária (UFBA e Ucsal). Publicou, em 1999, Uma vaga lembrança do tempo (Fundação Casa de Jorge Amado. Prêmio Copene/Braskem de Cultura e Arte) e, mais recentemente, A impossível transcrição e Andanças (ambos edição do autor, acessíveis em:
www.casulotemporario.blogspot.com).

Serviço:

Escritos Extraídos do Silêncio
Ana Cecília de Sousa Bastos

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-4397-7
Formato 14 x 21 cm 
108 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home