VARIAÇÕES NO TEMPO / Hildette Rangel Enger

Variações no tempo é o novo livro de Hildette Rangel Enger. A exemplo de Semeaduras, lançado em 2012, novamente a escritora nos brinda com sua sensibilidade, delicada e marcante ao mesmo tempo, numa seleção de poemas escritos em largo período de tempo, que por isso mesmo refletem diferentes estados de alma e as transformações pelas quais todos nós passamos. Há poemas da Hildette menina (como “Rondó”), mulher (veja-se “Convite”, entre tantos outros), cidadã (“Subversiva”) e ser humano (como “Entardecer”).

Tendo a palavra como “um instrumento cortante” que lhe “faz abrir picadas e construir caminhos”, Hildette sonha, ama, chora; experimenta sentimentos de saudade, solidão, nostalgia, amor, inconformismo, sensualidade, revolta; nasce, vive, morre e renasce novamente (“Só eu e meus sonhos / Neste recomeço / Me dando enfim / Um tempo para existir), compartilhando conosco seu processo de amadurecimento e busca de plenitude e equilíbrio.

Aprendi a viver

Somente as horas
Do hoje
Me bastam

(...)

Não precisa acontecer
O amanhã.

Hildette Rangel Enger nasceu em Salvador (BA) em 1936, formou-se em Medicina em 1959 pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia e mudou-se para São Paulo no ano seguinte para completar sua formação acadêmica. Amou a cidade e tornou-se cidadã paulistana por adoção. Talvez como uma válvula de escape para a aridez da profissão médica, dedicou-se também à atividade literária. Medicina e literatura frequentemente andam juntas – que o diga a formação da Sociedade de Médicos Escritores, que existe mundialmente. Teve poemas publicados no Jornal do Centro Acadêmico da Faculdade e no Jornal da Associação de Médicos da Santa Casa de São Paulo. Em 1971, recebeu duas menções honrosas no concurso do Departamento Cultural da Associação Paulista de Medicina. Em 1982 publicou Encontros e Desencontros, numa edição artesanal de mil volumes que logo se esgotaram. Em 1989, com outros colegas, fundou a regional de São Paulo da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores – Sobrames. Fez parte da diretoria regional e posteriormente da nacional, como secretária, no biênio 94-96. Organizou e participou da 1ª Coletânea da Sobrames, intitulada Por um Lugar ao Sol. Na 1ª Jornada Literária da Sobrames em Jundiaí, recebeu 1º, 2º e 3º lugares de Poesia e 2º lugar de Contos. Participa das antologias e coletâneas da Sobrames regularmente. Em 2012 publicou Semeaduras, já em 2ª edição, que reúne trabalhos de várias épocas de sua trajetória, para confirmar o que diz em um de seus poemas, “Sonho 3”:

Sejamos camponeses
Semeemos o solo
Para os que vierem depois
Encontrarem alimento.

Serviço:

Variações no Tempo
Hildette Rangel Enger
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-4485-1
Formato 14 x 21 cm 
80 páginas
1ª edição - 2015

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home