DE COMO CHEGUEI A SER / Sérgio Marcus Pinto Lopes

Um jogo de palavras? Sim, na verdade é isto mesmo. Estas memórias não tentam revelar apenas como cheguei a ser um cidadão, um profissional, um pai de família, um sujeito, enfim. Quando uma criança nasce no mundo ela ainda não “é”, plenamente falando, embora tenha em si o potencial para chegar a ser. Seu DNA está aí, suas potencialidades intelectuais estão presentes em seu encéfalo, sua autoconsciência ainda está em evolução...

Ela nem sabe da extensão de seu corpo, algo que vai descobrindo quando percebe que aquele apêndice lá longe de seus olhos são seus pés! Para falar em termos realmente absolutos, nem quando chegamos ao momento em que fechamos os olhos para o mundo chegamos de fato à Plenitude do Ser. Esta é a tentativa de descrição – muito resumida – de como fui me desenvolvendo ao longo da vida na direção do ser até chegar ao ponto em que cheguei. Daqui para frente o ente – ou ser – em que me tornei caminha para integrar-se aos demais seres, animados ou inanimados, que compõem a Realidade Absoluta, o Ser.

Esta inclui desde as mais ínfimas partículas da matéria até os mais longínquos objetos no Cosmo. A seu embasamento ou fundamento chamamos Deus, a Verdade Absoluta, a Realidade Suprema, o Princípio Cósmico. Como tentou dizer o autor de Atos dos Apóstolos no Novo Testamento, nele vivemos, e nos movemos, e existimos... (17.28). Que esta autobiografia anime cada um de meus leitores e leitoras a pensar, ponderar – e escrever – sua própria história!

Serviço:

De Como Cheguei a Ser:
Registros Autobiográficos
Sérgio Marcus Pinto Lopes
Scortecci Editora
Memórias
ISBN 978-85-366-4558-2
Formato 14 x 21 cm 
308 páginas
1ª edição - 2016

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home