NA ESCOLA EM FRANCO DA ROCHA / José Carlos Brollo

Escrever baseado em reminiscências de fatos do passado pessoal é percorrer uma trajetória prazerosa e uma oportunidade de mostrar às novas gerações os aspectos que caracterizaram um determinado período de tempo distante, uma atividade e um lugar de vivência. Isso é de certa forma cômodo, principalmente quando se assume a possibilidade de alguma falha de memória justificando uma afirmativa ou enfoque carecendo de estrita relação com a verdade dos fatos. Ademais do risco de situar a narrativa na vala comum da existência de qualquer pessoa em condições similares, busca-se analisar a experiência particular no que tem de universal e no que contribui para a reflexão e para a inevitável comparação com os valores do período atual.

O conteúdo aqui desenvolvido pode ser interpretado como um exercício de memória de um tempo – final dos anos 50 e início dos anos 60 – e de um fato específico, qual seja, o primeiro contato e a frequência à escola de uma criança, num município da periferia do que viria a ser a região metropolitana de São Paulo. Mas procura ir além ao dialogar com as características desse tempo e seus valores, pois procura abordar o mundo do trabalho e o perfil sócio-histórico e geográfico de inserção da escola no espaço e na sociedade local. E por extensão refere-se à realidade brasileira em transformação no período, a partir da visão da criança que observava e do adulto que posteriormente enquadra esse olhar nas determinantes definidoras desse período da nossa sociedade, buscando os vínculos pertinentes.

José Carlos Brollo, o Brollo, nasceu em 12 de março de 1952 em Franco da Rocha (SP). Formado em Geografia pela Universidade de São Paulo (USP), nos anos 80 ingressou no magistério público, tendo sido professor de Geografia e de História e diretor de escola. Em paralelo, prestou serviços à Editora Saraiva, de São Paulo, como leitor crítico de originais e depois colaborador de livros didáticos de Geografia. Em 1994 foi publicada a coleção de Cadernos de Mapas (quatro volumes) de sua autoria junto com Elian Lucci. Em 2000, após aposentadoria no serviço público, mudou-se para Jundiaí. José Carlos é também desenhista e trabalhou com pintura a óleo. Suas atividades docentes beneficiaram-se dessa habilidade. Participou da fundação do mensário Juca Post em 1985, em Franco da Rocha, do qual é colaborador. Em 2015 publicou o livro Crônicas de Franco – Vivendo em Franco da Rocha, pela Scortecci Editora de São Paulo.

Serviço:

Na Escola em Franco da Rocha
Antes de P e de B, é M
José Carlos Brollo

Scortecci Editora
Crônicas
ISBN 978-85-366-4589-6
Formato 14 x 21 cm 
100 páginas
1ª edição - 2016

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home