O MUNDO BÁRBARO DE BÁRBARA / Cícera Sousa

Uma viagem através dos evangelhos com a personagem, na companhia de Jesus. Trata-se de uma narrativa onde o realismo fantástico funde-se com o surrealismo e conduz o leitor à uma grande viagem no tempo e no espaço. O drama da protagonista, suas angústias, seus conflitos faz o leitor refletir sobre a existência humana e sobre os mistérios divinos.

Cícera Aparecida de Sousa nasceu e mora na cidade de Cruzeiro do Sul, noroeste do estado do Paraná. Tem oito irmãos, sendo três mulheres e cinco homens. É solteira, mora com a mãe e dois irmãos, o pai é falecido. Cícera também é artista plástica e participou de exposição de seus belos quadros, os quais pinta de modo intuitivo, por tratar-se de uma autodidata. Começou a escrever a partir de um sonho que teve. Sonhou que estava em seu quarto deitada, quando via anjos caindo do céu onde ela estava. Ficou tão contente de ver tantos anjos que sorrindo perguntou quem eram eles. Um deles disse que eram o que ela já foi e que ela voltaria a ser o que eles são. Ela não entendeu nada do que ele estava falando, achou que eles iam levá-la embora, que ia morrer, então quis saber qual era a missão deles para com ela. Respondeu o anjo: – Antes de você voltar a ser o que nós somos e o que você já foi, Deus nos mandou vir trazer para você uma nova missão que será realizada através de uma de suas aptidões. Eufórica, perguntou a ele: – Mas o que é? Ele não respondeu. Cícera acordou assustada e ficou imaginando o que seria este dom, qual seria esta missão, e ficou tentando interpretar o sonho que teve. Mas, fosse o que fosse, Deus ia mandar a ela. E assim os dias foram passando e, quando percebeu, estava  escrevendo este livro com muita inspiração. Assim surgiu O mundo bárbaro de Bárbara e foi aí que ela se lembrou do sonho. A vida é mesmo um mistério.

Conheci a Cícera no dia da festinha de aniversário da minha sogra (pois ela é tia do meu noivo). Quando a vi já me simpatizei, até porque não tem como não gostar dela (rsrs). Estava calor e nós duas estávamos com blusa de manga longa (rsrs). Já pensei: é doida igual eu! Ela me fez sentir tão à vontade, pois era a primeira vez que eu ia conhecer um pouco da família do meu noivo, e o jeito acolhedor e simpático dela me fez sentir em casa. Sinto como se ela fosse minha tia, me sinto tão bem com ela, a conversa flui naturalmente, ela é muito especial pra mim! Com a nossa amizade pude ter o privilégio de ler uma de suas obras: O mundo bárbaro de Bárbara. Confesso que fiquei com um pouco de medo porque se tratava de um livro religioso e infelizmente isso acaba assustando um pouco.

Não deveria, mas assusta. Foi aí que me surpreendi, eu simplesmente amei o livro, não é nada assustador, super leve e gostoso de ler, você começa e não dá vontade de parar. Trata-se de uma menina que vive dois mundos: o da realidade (seu dia a dia) e o da fantasia (com Jesus). No seu mundo “real” enfrenta desavenças e intrigas com Wilson, namorado de sua amiga que fica atrás dela, se fazendo de santo para a namorada. E no mundo da fantasia vive o lado religioso com Jesus, onde mostra as injustiças do mundo (aborto, violência...), que os humanos não creem nele e até desfazem de Jesus. Nesse mundo ela vai aprender mais sobre as dificuldades que Jesus enfrenta com seus filhos e, assim, admirá-lo ainda mais e escolher viver ao lado dele. Enfim, o mundo de Bárbara é realmente bárbaro!
Escola – fundamental
Amigos – amor
Família – união
Música – você me faz tão bem
Infância – inesquecível
Deus – fé
Sonho – esperança
Aparecida Thais

Conheci a Cícera, indo à igreja católica, e senti que ali nascia uma grande amizade, pois eu tinha acabado de me mudar para Cruzeiro do Sul, tinha vindo da cidade de Jacutinga, Minas Gerais. Eu me sentia muito só, e a amizade dela foi muito importante para mim. Ela preencheu o vazio que eu tinha dentro de mim, toda a saudade que eu sentia da minha família e da minha terra, e me deu muita força. Com o passar do tempo, já estava acostumada na cidade de Cruzeiro do Sul. A nossa amizade é assim, quando uma precisa da outra, é só dar um toque pelo celular, vou à casa dela, e ela vem à minha, pois moramos perto. Cícera é uma pessoa conservadora, de pé no chão e muito alegre. Aos poucos descobri que ela é uma ótima desenhista, que faz lindos quadros, e me encantou muito. Eu sempre ia à exposição que ela fazia na cidade de Cruzeiro do Sul. Ela é muito criativa no que faz e soube aproveitar o dom que Deus lhe deu.

Com o passar do tempo, a nossa amizade foi se fortalecendo, e a confiança aumentando, e só assim ela me disse que escrevia livros. Foi aí que descobri que, além de fazer obras de arte, ela também escrevia livros. Fiquei muito orgulhosa por ter uma amiga com tantos talentos. Quando ela me disse que o seu livro O mundo bárbaro de Bárbara ia ser publicado, fiquei muito feliz, parecia que o meu sonho que ia ser realizado. Este depoimento é uma prova da minha amizade por ela e, ao me chamar para dar este depoimento, ela deu prova de sua amizade por mim.
Deus – fonte de amor verdadeiro
Família – obra divina
Chuva – vida
Escola – lugar de aprender, ler, escrever, somar, multiplicar
Música – de Deus
Animais domésticos – presentes de Deus
Amizade – sincera e pura
Márcia Moreira

Serviço:

O Mundo Bárbaro de Bárbara
Amarguíssimo Cálice
Cícera Sousa

Scortecci Editora
Ensinamentos
ISBN 978-85-366-4532-2
Formato 14 x 21 cm 
212 páginas
1ª edição - 2016

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home