O HOMEM TEM FIM, SUAS PALAVRAS NÃO! / Emanuel Lucas

A escrita tem vida e se revela a cada história na ponta da caneta para sempre na memória.

Meu querido avô
 
Fui pego de surpresa
pelo inesperado,
sonhei algo
que jamais havia sonhado
fiquei paralisado!
Eu não sabia
se o que eu via era real
eu e meu avô
regávamos as flores
no quintal.
Meus olhos
se esforçavam
para acreditar
em um sonho incrível
que a vida fez questão
de realizar.
Eu o abraçava
sem mesmo abraçar
ele me apertava
me fazendo acreditar
que aquele reencontro
era de verdade
e que a dor da saudade
fez questão de nos juntar.
Eu aproveitei
cada minuto,
pois sabia que o tempo era curto e o sonho
iria acabar.
Um clarão se abriu no céu
dois anjos desceram
e enquanto se aproximavam
suavemente cantavam alguma canção.
Eu e meu avô
demos as mãos
tiramos os pés do chão
e começamos a dançar.
Dos seus olhos lágrimas escorriam e ali estava eu, para enxugar.
Fui tomado pela emoção
e juntos começamos
a chorar.
O choro era de alegria que estava prestes a acabar.
Ele me soltou, tomou coragem e andou.
Um anjo foi até ele
e o abraçou,
o outro os acompanhou,
mas antes mesmo
de partir meu avô me olhou e pausadamente
me falou:
– Emanuel, escreva
sobre a vida,
escreva o que sonhar.
Saiba que onde eu estiver
pra sempre irei te amar.
E sempre que dormir uma história irei lhe contar.

Serviço:

O Homem Tem Fim
Sua Palavras Não!
Emanuel Lucas

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-3731-0
Formato 14 x 21 cm 
248 páginas
1ª edição - 2016

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home