PÉROLAS CULTIVADAS / Marilina Baccarat de Almeida Leão

Passo o tempo todo em busca de pérolas e, lá, as encontro, fechadas em um baú, de que somente eu tenho a chave. A mim elas pertencem... Alegro-me em poder encontrar pérolas, que, para trás, ficaram e agora eu posso buscá-las... Pérolas, que, escondidas, estavam e somente minha mão pode buscá-las... Quantas vezes me perguntei o que estaria fazendo ali, abrindo o baú e buscando as pérolas... Descobri as pérolas, que, no fundo do baú, estavam... São pérolas, que eu as cultivo, desde muito tempo e não abro mão delas... Estou, sempre, revirando os baús, para poder achar minhas pérolas, em forma de contos, que ficaram no passado, mas eu as inquiri... São minhas pérolas, que busquei e aqui as coloquei, para poder manter a chama acesa, o interesse aguçado, na sensação do prazer de poder procurar, dentro dos baús, pérolas que ali estavam guardadas...
Marilina

Busco, no passado, pérolas que posso encontrar dentro de baús, que estavam esquecidas lá no fundo há muito tempo... Revirar os baús, para mim, é como se eu estivesse criando um mundo imaginário, onde os meus pés não podem tocar, mas a minha cabeça vive lá, a buscar as pérolas, que no fundo do baú ficaram. É um lugar, onde eu encontro pérolas que ficaram perdidas, mas eu saio à busca delas, para relembrar épocas, emoções, viagens, momentos, que permeiam sentimentos... Vivo entre pérolas, que me encantam e é esse meu jeito de enxergar a vida, buscando, dentro dos baús, muitas, mas muitas, pérolas, que lá estavam. Simplesmente vou à busca delas, para poder revê-las e não deixar que se percam... É gratificante passar o tempo todo buscando pérolas, que, escondidas, estavam... Continuo, sigo a vida, em busca das pérolas, que são perfeitas... Minhas escolhas são falhas, mas as pérolas não! Elas são perfeitas!
Marilina

Marilina Baccarat de Almeida Leão - Descendente de franceses, a escritora nasceu em São Paulo, Capital, onde viveu sua infância e juventude. Seu avô, José Baccarat, foi delegado e prefeito de Santos (SP), na década de 1940. Foi professora de música clássica e canto erudito, com especialização em órgão. É afiliada à REBRA – Rede de escritoras brasileiras e membro da ALG – Academia de Letras de Goiás. Recebeu, no dia 17 de janeiro de 2015, o prêmio Luso-Brasileiro, de poesias, na Ilha da Madeira – Portugal. É acadêmica imortal da Academia de Ciências, Letras e Artes de Vitória – ES, tendo uma das cadeiras patronímicas em seu nome. É, também, acadêmica da ALAF – Academia de Letras de Fortaleza. No dia 28 de fevereiro de 2015, recebeu, da Associação Internacional de Escritores, o prêmio de escritora destaque de 2014. É acadêmica na Academia de Letras, Música e Artes de Salvador – BA. Acadêmica fundadora da Academia Mineira de Belas Artes (MG). Recebeu, no dia 23 de janeiro de 2016, da Associação Internacional de Escritores, a medalha Luiz Vaz de Camões, por sua contribuição à cultura. No dia 27 de fevereiro de 2016, recebeu o prêmio de melhor cronista de 2015/2016 da Prefeitura de Ouro Preto (MG). No dia 5 de março de 2016, recebeu, da Academia de Letras de Fortaleza, a medalha Raquel de Queiroz, por sua contribuição à cultura. Recebeu, no dia 28 de março de 2016, na Maison Baccarat, em São Paulo, a comenda de acadêmica imortal da COMBLA – Confederação Brasileira de Letras e Artes, da mesma Confederação Brasileira de Letras e Artes, recebeu a comenda de “Comendadora”. Recebeu, no dia 28 de maio de 2016, em Goiânia, o troféu Cora Coralina da Academia de Letras de Goiás. No Memorial de Curitiba, em 06 de agosto de 2016, das mãos do secretário de Cultura, recebeu o troféu “Melhores do Ano”, por sua ativa e valorosa contribuição à cultura lusófona. No dia 5 de agosto de 2016, recebeu a medalha Fernando Pessoa, por sua dedicação e liberdade de expressão e de efetividade em benefício da sociedade lusófona. Pertence à Academia de Letras de Valparaiso – Chile. Reside em Londrina – PR, chamada de pequena Londres.

Serviço:

Pérolas Cultivadas
Marilina Baccarat de Almeida Leão

Scortecci Editora
Contos
ISBN 978-85-366-4989-4
Formato 14 x 21 cm 
268 páginas
1ª edição - 2016

Mais informações:

Catálogo de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home