DIZ(AMOR) / Airen Wormhoudt / Zédú Neves

Três histórias que se cruzam. Três momentos que nascem de um primeiro texto, “A Inquisição da Alma”, que insere poeticamente o tema da dualidade feminino/masculino: uma brincadeira de amor entre Jasão e Medeia, renovados no século XXI. Será? Medeia ainda se mostra apaixonada e lamenta os desencontros do amor. Jasão cruza os séculos repetindo fórmulas, delineando o desgaste do masculino que desemboca na falência da relação a dois.

Um ano depois, “Diálogo de Nós Dois” elabora concretamente o que se traduzia de forma experimental e onírica no texto anterior: Jasão e Medeia agora são Pedro e Sofia, e seus duplos – consciente e inconsciente – dialogam e se fundem em nós... Ao redor do casal gravitam personagens que resgatam o passado do relacionamento: terapeutas, amigos e amantes. Perdidos num labirinto de vaidades e quereres, eles se reduzem a um clichê de história de amor. O terceiro momento acontece com “A Bomba... E o Beijo”: o acerto de contas, o happy end de algo que não poderia acabar bem. Existe uma bomba, existe o passado e existe um cronômetro marcando 60 minutos para resolver o que não se resolveu em anos. Pedro está cansado de tudo e, ainda preso nas memórias de um amor perdido, se lança num protesto globalizado. Sofia é vítima... – será que existem  vítimas? O desfecho... a bomba? Ou o beijo? Catch a fire! BUM!

Airen Wormhoudt - Atriz, psicóloga, pós-graduada em Arte Terapia. Formada pelo Teatro Macunaíma (2000) em SP, iniciou suas atividades dramatúrgicas em 2005 com o texto “A Inquisição da Alma”. Desde então, seu acervo conta com mais de 25 peças escritas e encenadas entre São Paulo e Curitiba, tanto no eixo amador quanto no eixo profissional. Durante oito anos fixou residência na capital paranaense e se dedicou ao universo de formação artística lecionando Interpretação Teatral e assumindo a coordenação de cursos da Cena Hum Academia de Artes Cênicas. Em 2013 tornou-se sócia artística da Cia. Ganesh de Teatro, idealizada e fundada por Humberto Gomes há dez anos, realizando trabalhos como atriz e contribuindo dramaturgicamente para os processos criativos. Atualmente regressou para São Paulo, dando seguimento ao seu aprimoramento artístico.

Zédú Neves - Ator, diretor e professor de teatro. Formado em Artes Cênicas pela Unicamp (1993), iniciou sua carreira profissional na Cia. Razões Inversas, sob direção de Márcio Aurélio, permanecendo até 1996. Em 1995 começou a lecionar no Teatro Escola Macunaíma onde até hoje ministra aulas de Montagem Cênica e História do Teatro. Ao longo destes 21 anos foram mais de 80 espetáculos dirigidos. Em 2000 ingressou como orientador teatral na Universidade Mackenzie, ministrando cursos livres de teatro e dirigindo a Mostra de Teatro que já está em sua 16ª edição – mais de 40 espetáculos encenados. Em 2004 fundou a Cia. Gritos e Sussurros, companhia que busca trabalhar seus espetáculos no universo das tragicomédias cotidianas, onde os encontros e desencontros, ilusão e esperança, amor e frustração delineiam a pesquisa do grupo. Como ator, participou de novelas e séries de grandes emissoras, atuou em longas-metragens, como Menino da Porteira e Caixa Dois, dentre outros. Ainda em sua trajetória profissional realizou encenações de óperas com coro e orquestra, bem como trabalhos cênicos em corais. Atualmente é mestrando no curso de Educação, Arte e História da Cultura na Universidade Mackenzie.

Serviço:

Diz(Amor)
Airen Wormhoudt
Zédú Neves

Scortecci Editora
Teatro
ISBN 978-85-366-5013-5
Formato 14 x 21 cm
132 páginas
1ª edição - 2017

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home