A ESQUERDA MILITAR BRASILEIRA / Gastão Rúbio de Sá Weyne

Para a apresentação deste trabalho, seguindo a Escola de Frankfurt, optou-se pelo uso da análise crítico-reflexiva na abordagem do comportamento da esquerda militar brasileira, nos seguintes períodos da história:

1) 1930-1945, Primeiro Governo de Getúlio Vargas;
2) 1946-1951, Governo do General Eurico Dutra;
3) 1951-1954, Segundo Governo de Getúlio Vargas;
4) 1954-1955, Governo de Café Filho;
5) 1956-1961, Governo de Juscelino Kubitschek;
6) 1961-1961, Governo de Jânio Quadros;
7) 1961-1964, Governo de João Goulart;
8) 1964-1985, Governo da Ditadura Militar;
9) 1985-1990, Governo de José Sarney;
10) 1990-1992, Governo de Fernando Collor;
11) 1992-1995, Governo de Itamar Franco;
12) 1995-2002, Governo de Fernando Henrique Cardoso;
13) 2003-2016, Governo do Partido dos Trabalhadores;
14) 2016, Início do Governo de Michel Temer.

Vale ressaltar que Gastão Rúbio de Sá Weyne, autor deste livro, então Primeiro-Tenente do Exército Brasileiro, foi preso no dia 1º de abril de 1964, incomunicável, durante 36 dias, pela sua posição contrária ao golpe militar de 1964, somando-se mais de 80 dias de confinamento em fortalezas, navio-prisão e quartéis. Gastão foi companheiro de prisão no navio Princesa Leopoldina, durante 36 dias, de generais, brigadeiros e almirantes, grandes líderes da esquerda militar brasileira, como, entre outros, o Major Brigadeiro do Ar Francisco Teixeira, Ministro da Aeronáutica do Governo de Jango Goulart; o General de Brigada Artur Guaraná de Barros, Professor Titular de Química Industrial do Instituto Militar de Engenharia (IME); Almirante Renê Magarinos Torres; Contra-Almirante José Luiz de Araújo Goyano. Devo confessar que minha adolescência foi vivida entre comunistas da cidade de Fortaleza (CE) e que passei a admirar o idealismo natural que eles tinham, objetivando a redução das desigualdades sociais que também me eram desagradáveis e causavam-me uma situação de grande incômodo. Além disso, a casa em que morei nos idos de 1950, sita no Bairro de Joaquim Távora, na Avenida Visconde do Rio Branco, 2494, em Fortaleza (CE), era onde se reuniam os membros da Célula Tiradentes, do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Assim, o autor pertence, honrosa e convictamente, à esquerda militar brasileira e sobre ela pode fazer esta narrativa.
São Paulo (SP), janeiro de 2017
O Autor

GASTÃO RÚBIO DE SÁ WEYNE, de formação multidisciplinar, é Tenente-Coronel Reformado do Exército e sofreu repressão durante a ditadura militar. Vem dedicando a maior parte de sua vida à pesquisa e ao ensino em três áreas:
1) DIREITO E LITERATURA – É Advogado e Bacharel em Direito (FDUSP) e Doutor em Filosofia do Direito (FDUSP); 2) ENGENHARIA QUÍMICA – É Engenheiro Químico pelo IME-RJ; Mestre, Doutor e Livre-Docente em Engenharia Química (EPUSP); Pós-Doutorado em Design Projects pelo University College de Londres; 3) MATEMÁTICA – É Bacharel e Licenciado em Matemática (Instituto de Matemática e Estatística – USP) e Doutor em Educação Matemática pela PUC-SP. É Professor Associado, aposentado, do Departamento de Engenharia Química da EPUSP. Foi Professor Titular das seguintes instituições de São Paulo: PUC-SP, Universidade Mackenzie-SP (onde foi Diretor da Escola de Engenharia), Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP-SP (Titular Pleno), Faculdades Oswaldo Cruz-SP e Faculdade de Medicina do ABC-SP, onde concluiu Livre-Docência em Operações Unitárias na Indústria de Medicamentos e Alimentos. Foi um dos fundadores e Coordenador do Curso de Direito da Unipalmares-SP, além de Professor Titular nesta instituição por cerca de 5 anos. É Advogado e Perito da Justiça Federal de Campinas-SP há mais de 30 anos. Publicou mais de 50 livros, escreveu mais de 100 artigos em revistas e participou de mais de 50 congressos. Formou mais de 10 pesquisadores (Mestres e Doutores) na Escola Politécnica da USP. É Grande Inspetor Geral da Maçonaria (grau 33). É violonista, lançando diversos CDs e um álbum com 19 músicas de sua autoria, publicado pela Editora Irmãos Vitale, de São Paulo. É Membro Efetivo (vitalício) da Academia Luso-Brasileira de Letras-RJ, da União Brasileira de Escritores-SP, da União Brasileira de Compositores-SP e da Ordem dos Músicos do Brasil-SP. É filiado ao Partido Popular Socialista (PPS).

Serviço:

A Esquerda Militar Brasileira
De Getúlio Vargas a Michel Temer
Gastão Rúbio de Sá Weyne
Scortecci Editora
História
ISBN 978-85-366-5067-8
Formato 16 x 23 cm 
220 páginas
1ª edição - 2017

Mais informações:

Catálogo de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home