O VAZIO É O COMEÇO DE TUDO / Fernando Kavera

Fernando Kavera é compositor e escritor. Em 2005 lançou pela Editora Nobel o seu primeiro livro, intitulado Bazófias peristálticas. Em 2011, pela Scortecci Editora, lançou seu primeiro romance, Abaixo da impiedosa abóbada, parte de uma trilogia sobre música com notas em cinema. Em 2012 lançou Sinfonia Cordisburgo e em 2015 fechou a trilogia com Primeiro as horas, segundo os segundos e, por fim, o fim. Lançou 16 CDs, todos autorais, em diversos campos musicais, do rock progressivo ao jazz e clássico. Com seu CD Prelúdios, sonatas e serenatas para violão solo, foi convidado a participar da Filarmonia Brasileira na 4ª edição do Festival Leo Brouwer. Também este CD foi incorporado ao Acervo do Centro de Documentação da Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina e da Orquestra Sinfônica de Londrina. Em 2013, gravou sua primeira sinfonia em quatro movimentos, Sinfonia Cordisburgo, com a Orquestra Musicoop, regida pelo maestro norte-americano Mark Lambert. Em 2014 gravou sua segunda sinfonia (também em quatro movimentos), Sinfonia Minas Gerais, com os mesmos integrantes, desta feita com a participação do Coro Madrigale (com arranjos de coro do maestro Arnon Oliveira) e voz de Rogério Falabella declamando um poema musical. Em 2017 finalizou a Sinfonia Belo Horizonte. O Vazio é o começo de Tudo é seu primeiro livro de poemas. Além de escritor e compositor, Fernando Kavera é roteirista, multi-instrumentista, produtor de trilhas sonoras e engenheiro civil com mestrado em Administração Financeira.

– Muito interessante, Kavera, essa comparação da música com a literatura. E como você termina suas sinfonias?
– Maestro, procurando o tema inicial para...
– Ah, o começo é o tema?
– Não, maestro, o Vazio é o começo;
aliás, “o Vazio é o começo de Tudo”.
Você sabe,
não há nada lá,
você tem de chegar e
pôr alguma coisa,
fazer alguma coisa;
no meu caso,
o tema.
Mas começa com o Vazio,
sempre,
tateando no teclado,
do piano na composição musical
ou no
do computador para o romance,
nas ideias,
instigantes e poderosas
a quem devo enfrentar com determinação,
porque é muito fácil não pôr nada lá,
deixar tudo como está,
você sabe,
a inabalável inércia do quotidiano.
(“Entrevista”)

Serviço:

O Vazio é o Começo de Tudo
Fernando Kavera

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-5179-8
Formato 16 x 23 cm 
164 páginas
1ª edição - 2017

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home