NUNCA DANTES NAVEGADOS / Hugo Sant Anna de Hollanda

"Por mares nunca dantes navegados da poesia que levantou âncoras para a liberdade de ser e de amar." Assim se pode definir esse livro de frases ora românticas, ora irônicas, no mais das vezes simples, algumas aparentemente impenetráveis, todas com um leve senso de humor. Depois dessa breve e muito longa viagem, a descoberta de um outro existir.

Tendo concluído o secundário no Colégio Aplicação em 1967, o paulistano Hugo Sant’Anna de Hollanda foi trabalhar como repórter freelance no Jornal da Tarde (estava na redação quando veio a notícia do AI 5), onde ficou até 1972. Em seguida, trabalhou na chamada imprensa alternativa, até que se engajou nas campanhas dos candidatos democratas. Foi nessa condição que participou da campanha de Franco Montoro ao governo de São Paulo. Depois, foi publicitário de sucesso. Em 1989, tendo recebido uma boa herança, resolveu que iria gastar o dinheiro em navegações ao redor do mundo. Hugo Sant’Anna de Hollanda publicou um único livro, Por aqui não passaram hipopótamos, romance que teve um curioso destino: a edição se perdeu totalmente num estranho acaso, pois os exemplares recém-impressos foram entregues na livraria da editora Civilização Brasileira, na rua da Carioca, Rio de Janeiro, e não no devido depósito, pouco antes da bomba colocada pelo terror explodir naquele local em 6 de dezembro de 1976. O autor vive recluso em Ilha Bela, litoral paulista.

Serviço:

Nunca Dantes Navegados
Hugo Sant'Anna de Hollanda
Scortecci Editora
Pensamentos
ISBN 978-85-366-5297-9
Formato 14 x 21 cm 
36 páginas
1ª edição - 2017

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home