ACUMULANDO EXPERIÊNCIAS / Eunice Barbosa

O que melhor para falar de poesia do que falar de poetas? Estranho jogo de palavras, mas não estranhas ideias, pois o que os poetas mais querem é que a poesia participe cada vez mais da vida das pessoas, que as pessoas cada vez mais se interessem pelo conhecimento do mundo que se descortina quando “viajamos” levados pelo despertar de refúgios de dentro de nós mesmos, que, geralmente, não identificamos ao longo de nossas vidas. Mas essa tarefa, a de despertarmos em nós esse gosto, para a descoberta de nossos mistérios, só pode ter êxito quando somos estimulados de forma verdadeiramente eficiente por produções nascidas de almas abençoadas, que poderão fazer de nós pessoas mais sensíveis, portanto mais solidárias, mais tolerantes, mais amorosas, enfim.

E quando nos colocamos diante da grandeza da poesia de Eunice Barbosa, reconhecemos imediatamente uma dessas almas abençoadas, que se revela pelo caminho dos poemas marcados pelo transbordamento de afeto, pela clareza do compromisso com o amor às pessoas, pela naturalidade dos versos que a pena, no caso desta poetisa maior, quis escrever.

Que Drummond me perdoe a inversão de seu famoso “Gastei uma hora pensando um verso...” Assim vamos “viajando” pelas linhas dos sábios ensinamentos de vida tão bem evocados por esta alma eternamente jovem, que, aos 98 anos, lembra a cada um de nós a importância de que ninguém “deixe para depois / o que pode ser agora. / Depois é muito tempo, / depois passa da hora”, em uma clara chamada para a necessidade de atenção para a vida, incluída aí a preocupação em relação ao nosso próximo, estimulando-nos a agir, independentemente da nossa idade e dos caminhos já percorridos. Ao lado desse incentivo ao que podemos e devemos fazer, deparamo-nos com uma lição sobre o entendimento da importância de agradecermos pelas bênçãos com que Deus nos premia ao longo de nossas existências: “Minha vida é tão bonita! / Tem a paz da imensidão. / Tem abundância infinita / e amor no coração”, em que se revela um dos mais nobres sentimentos humanos: o reconhecimento da nossa fragilidade e a humildade de nos entendermos instrumentos da criação divina, agraciados sempre por infinitas bênçãos.

Mas isso tudo não é senão um pequeno exemplo da grandeza desse ser humano encantador, que nos brinda com mais uma coletânea de poemas, sobre os quais poderíamos ficar discorrendo longamente, sempre tirando de cada um deles uma lição para melhor nos orientarmos na caminhada por esta vida. Mas isso é tarefa, antes um presente, para cada um dos leitores de Eunice Barbosa, que, com certeza, saberão enriquecer-se em sensibilidade, em solidariedade, em tolerância, em amor, enfim, com a leitura desses achados de infinita grandeza poética e sábias lições de vida, reconhecendo essa grandeza e Acumulando Experiências com esse exemplo de mãe, avó, bisavó, tataravó, amiga, poetisa, a quem agradecemos, com grande alegria, o privilégio da amizade e do carinho. Almiro Dottori Filho.

Serviço:

Acumulando Experiências
Eunice Barbosa

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-5330-3
Formato 14 x 21 cm  
100 páginas
1ª edição - 2017

Mais informações:

Catálogo de Publicações


Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home