A HISTÓRIA DA ETNIA DA TRIBO XERENTE NO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE DO NORTE - MT / Claudileide Cazavechia Kremer

A pesquisa sobre a etnia indígena Xerente no município de Porto Alegre do Norte (MT) realizou-se com base em uma reflexão sobre modificações sócio-históricas e culturais e procura de identidade, envolvendo conceitos de cultura e civilização na escolarização, angústias, medos e preocupações do cotidiano no âmbito social e cultural da etnia. Na busca por conhecer a tradição e a cultura e entender a identidade do povo Xerente, chegou-se à representação da aldeia pelos sonhos conquistados com o próprio esforço e dignidade ao longo do tempo.

O cacique e pajé Justino Xerente é um ser extraordinário e de sábias palavras que muito contou nos dois anos que durou a pesquisa. Explicou sobre sua crença, a espiritualidade com Deus e os tratamentos que ministra por meio de orações e ervas que curam. Apesar do conhecimento da Lei de Diretrizes e Bases e das resoluções que garantem o direito indígena, para essa etnia elas nunca trouxeram nenhum tipo de benefício, tampouco o obtiveram da Funai ou do governo, pois muitas vezes seus membros sentiram na pele o preconceito e sofreram bullying da sociedade, inclusive no campo escolar, precisando, com isso, esconder a própria identidade.

Claudileide Cazavechia Kremer, conhecida como Leyde, nasceu em Manoel Ribas (PR) em 12 de fevereiro de 1975. Quando tinha nove meses de idade, seus pais se mudaram para Ji-Paraná (RO), cidade em que Leyde viveu até os vinte anos. Morou em Rio Branco (AC) e Vila Rica (MT); atualmente está na cidade magnífica que é Confresa (MT), onde reside desde 2010. Estudou em escolas municipais e estadual em Ji-Paraná, onde concluiu o ensino fundamental e médio. Em 2005, mudou-se para Vila Rica; nesse mesmo ano casou-se com Vilson Jacó Kremer, fez dois vestibulares (passou em ambos) e iniciou a graduação com licenciatura plena em Educação Infantil pela UNEMAT. No ano seguinte, iniciou seu segundo curso de graduação, de Serviço Social (bacharelado). No período em que passou estudando, teve dois lindos filhos: Jorge Cazavechia Kremer, hoje com onze anos, e Maria Clara Cazavechia Kremer, com oito anos. Em 2010 iniciou pós-graduação em Psicopedagogia Educacional e Gestão Pública no Serviço Social; em 2015, dedicou-se, a todo o vapor, ao sonho do mestrado em Educação e, atualmente, é acadêmica do curso de graduação de Psicologia (bacharelado) no Colégio Universal e Seus Parceiros. Leyde é empresária e professora com muito orgulho.

Serviço:

A História da Etnia da Tribo Xerente no Município de Porto Alegre do Norte - MT
Claudileide Cazavechia Kremer

Scortecci Editora
História
ISBN 978-85-366-5261-0
Formato 14 x 21 cm  
100 páginas
1ª edição - 2017

Mais informações:

Catálogo de Publicações


Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home