Receba nossa Newsletter: Nome Email

SENHOR DE VALENÇA / Marlene A. Torrigo

Malba Tahan era um homem bom. Condoía-se dos desafortunados, amava com amor verdadeiro, e passou todas as suas estações tentando interagir, coexistir no mundo dos primatas considerados lúcidos, questionando Deus, brigando com seus monstros acardíacos, entregue ao desespero de elucidar os desvarios de sua alma tormentória. Era um enfermeiro dedicado, tratava os pacientes sob sua tutela com fraternidade, era educado e complacente com seus subalternos, solícito com seus alternos. O furor de sua alma o desterrou, impulsionando-o a um mundo triste, doloroso, aterrador, conquanto encantado. Alhures, Malba Tahan, também sociólogo, descortinou a magia da liberdade lúdica, insensível à comoção que causou àqueles que o amavam de todo coração. Sua biógrafa (a Vida) sabe que Malbas Tahans existem aos milhares. Extraordinariamente há um em cada esquina do tempo, em destaque aos demais humanos, feliz à maneira do seu destino insólito.

Os conflitos profissionais e familiares, as injustiças, a violência nos pressionam e por vezes criam situações inexplicáveis, provocando sofrimento, isolamento e infelicidade. Com a história de Senhor de Valença não é diferente. Mesmo conquistando e vencendo etapas importantes, o nosso personagem trilha caminhos imprevisíveis e com consequências surpreendentes, algumas com registros e outras não. A inspirada autora Marlene A. Torrigo nos propicia traçar paralelos com situações do cotidiano vividas por todos e em todos os tempos. Está no bojo desta narrativa a família, os amores, o trabalho, as inversões cometidas por pessoas levadas pelo vento do poder e do ter, vento que nada considera de mais importante e nos remete a situações inimagináveis. Está também no centro desta história, como em todas as outras, a questão fundamental da identidade que nos faz únicos e responsáveis pelas decisões que tomamos e também nos faz reféns das nossas origens e histórias. Embora criados e educados nos mesmos lugares, temos a marca do ser único, e esta unicidade nos acompanha sempre, ainda que tenhamos custos altos a saldar. A riqueza e a pobreza são partes importantes que haverão de questionar a todos, inspirando melhores caminhos para um viver mais feliz. Os preconceitos deverão ser amainados após a leitura atenta nos caminhos do Senhor de Valença. A cada página, surpresas aguardam leitores ávidos por explicações nem sempre possíveis, por soluções nem sempre as mais desejadas, mas certamente muito parecidas com a grande parte daqueles que fazem esta travessia, desatentos aos ditames da sabedoria suprema e criadora que fez tudo com equilíbrio e quer que todos sejamos também equilibrados. O amor da Mãe, pela sua grandeza, é algo que sempre questiona a todos e a todos substancia. E aqui, a par do grande sofrimento, ele se destaca no acolhimento, na ternura, compreensão e perseverança, pois, mesmo quando ninguém entende, a Mãe se apresenta e promove um novo nascimento.
Clovis Domingues - Escritor e jornalista - Membro efetivo da Academia Guarulhense de Letras

Serviço:

Senhor de Valença
A Anatomia da Loucura
Marlene A. Torrigo
Scortecci Editora
Filosofia
ISBN 978-85-366-5292-4
Formato 14 x 21 cm 
296 páginas
1ª edição - 2018

Mais informações:

Catálogo de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home