Receba nossa Newsletter: Nome Email

ONDE É QUE FICA O INFERNO? / Dias de Cordel

Diabo infernizado

O capeta está sem bota
Mas tem bunda cabeluda
E a mulher fugiu da ‘rota’
Porque a coisa era miúda
Já que ela quer mais moderno
Construindo um novo inferno,
Sem pedir nenhuma ajuda.

Mas o que tem isso a ver
Junto ao que fez Lampião
Que mandava acontecer
Lá pras bandas do sertão
Onde padrim Cisso estava
E ao cangaceiro ajudava
Em qualquer ocasião.

Só que o inferno, em um dia,
Pareceu se escangalhar
Quanto capeta se ouvia
Pedindo ajuda, por lá
E o Lampião, bandoleiro,
Pôs o diabo em um chiqueiro
Pra mulher poder mandar.

Disseram que o Tico mia
Mas esse gato é calado
Sem qualquer analogia
Tico é privilegiado
De gata? Só tem lembrança
Sem dinheiro na poupança
Mas está despreocupado.

Fuga do inferno

O diabo está em perigo
Porque a mulher vai chegar
No inferno, e isso é castigo
Pra nunca mais acabar
Pois cã que tem duplo rabo
Dá mais canseira no diabo
E ele tem que se mandar.

O capeta ‘ganha’ o mundo
Mas tem medo da mulher
Com certeza é vagabundo
Porém, sem bicho, de pé,
Só vai curtir o abandono
Porque vai perder o trono
Justamente, pra mulher.

Do inferno está indo embora
Fugindo e sem despedida
Pois perdendo o trono agora
Pra mulher, que é decidida,
Disposta a mudar o inferno
Com tudo assaz mais moderno
E o diabo está, de partida...

Me diga onde é o inferno

Onde é que fica o inferno?
Quem dele alguém vai saber
Se é antigo ou se é moderno
Inferno algum deve haver
Mas se houver é malfadado,
Sem dúvida, amaldiçoado
E assim, ninguém vai querer.

E o capeta está querendo
Muito mais privacidade
Só que ele já está devendo
Pro mundo e a humanidade
O endereço, onde ele mora
Porque a mulher vai, agora,
Mostrar que fala a verdade.
Quando ela chegar no inferno,
Claro, muda a situação
Pois seu estilo é moderno
Dando ao diabo uma lição
Porque a vez é da mulher
E o capeta, em marcha à ré,
Sai de bunda pelo chão.

Onde posso me infernizar?

Onde é que fica o inferno
Alguém pode me informar?
Onde tudo é mais moderno
Com mulher pra comandar
Conforme seja o seu ‘fogo’
Faz cabra pedir arrogo
Pois não consegue aguentar...

Se for no centro da Terra
Terá de haver uma entrada
Pra ir onde o diabo ‘encerra’
Seu ‘lar’ e a capetaiada,
Com mulher mostrando aquilo,
Numa boa, em grande estilo,
E de maneira endiabrada.

Duvido que alguém me diga
Em qual país vou entrar
Pra resolver essa ‘intriga’
E o tal inferno encontrar
Onde dizem que há mulher
Querendo um bicho, de pé,
Do jeito que lhe agradar...

Serviço:

Onde é Que Fica o Inferno?
Dias de Cordel

Scortecci Editora
Ficção
ISBN 978-85-366-5488-1
Formato 14 x 21 cm 
64 páginas
1ª edição - 2018

Mais informações:

Catálogo de Publicações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home