Receba nossa Newsletter: Nome Email

HÁ UM SEMPRE NO CAMINHO / Marilina Baccarat de Almeida Leão

Vivendo isolado, na clareira de uma floresta, Lucio vive um passado, que surge, sempre, em sua mente e se alterna com o presente... Revelações, que vão desvendando os acontecimentos, que o levaram até ali... Sem conseguir reagir à dor, que o prejudicava, afunda-se, cada vez mais, nas mentiras e em suas dores... Mas, nesse cenário de extrema desolação, surge uma luz, o amor de uma mulher apaixonada, que oferece, ao seu homem, a última possibilidade de redenção... Perdido, no vasto caminho da escuridão, à qual se rendeu, conseguirá enlaçar-se à sua única salvação, que é o amor dessa mulher... Terá, então, a oportunidade de se reerguer e enfrentar a vida, com coragem... Não resta dúvida de que há, sempre, um convite inesquecível, no meio do caminho... Daí, para frente, ele saberá viver o presente, deixando de angustiar-se com o passado... Em “Há um sempre no caminho”, brindamos o leitor com uma história emocionante, sobre o amor e a fragilidade humana e a perturbação, diante da vida... Neste livro, narramos a história de um homem, que, mesmo ferido pela vida, encontrou uma maneira de continuar a vivê-la... E, então, habituou-se a viver, permanentemente, de modo íntegro...
Marilina

Descendente de franceses, a escritora nasceu em São Paulo, Capital, onde viveu sua infância e juventude. Seu avô, José Baccarat, foi delegado e prefeito de Santos (SP), na década de 1940. Foi professora de música clássica e canto erudito, com especialização em órgão. Acadêmica em várias academias: Academia de Letras de Goiás; Academia de Ciências, Letras e Artes de Vitória (ES), tendo uma cadeira patronímica em seu nome; Academia de Letras, Música e Artes de Salvador (BA). Fundadora da Academia Mineira de Belas Artes (MG), tendo uma cadeira patronímica em seu nome. Academia de Letras de Fortaleza. Academia de Letras de Teófilo Ottoni (MG). Acadêmica do Núcleo de Letras de Lisboa, Portugal. Prêmios recebidos: Luso-Brasileiro, de poesias, na ilha da Madeira, Portugal; Escritora Destaque de 2014, na cidade de Cabo Frio (RJ); de Portugal, a medalha Luiz Vaz de Camões, por sua contribuição à cultura lusófona; melhor cronista de 2015/2016 da prefeitura de Ouro Preto (MG); da Academia de Letras de Fortaleza, a Medalha Raquel de Queiroz, por sua contribuição à cultura. Na Maison Baccarat, em São Paulo, a comenda de acadêmica imortal da COMBLA – Confederação Brasileira de Letras e Artes. Da mesma confederação, recebeu a comenda de “Comendadora” – Troféu Cora Coralina da Academia de Letras de Goiás. No memorial de Curitiba, das mãos do secretário da Cultura, o troféu por sua ativa e valorosa contribuição à cultura lusófona e a Medalha Fernando Pessoa, por sua dedicação e liberdade de expressão e de efetividade em benefício da sociedade lusófona. No Castelo de Cheverny, no Val de Loire, França, a comenda “Conde Cheverny” – ingressou no Núcleo Europeu de Literatura. Em Florianópolis (SC), na Assembleia Legislativa, o prêmio de melhor livro do ano de 2017 e a comenda por sua contribuição à cultura. Em 2017, na Academia de Letras de Valparaiso, Chile, recebeu dessa academia a comenda de Embaixadora Cultural, da qual faz parte como acadêmica e, agora, como embaixadora. Ingressou como acadêmica no Núcleo de Letras y Artes de Buenos Aires, Argentina, em 2018.

Serviço:

Há Um Sempre no Caminho
Marilina Baccarat de Almeida Leão

Scortecci Editora
Romance
ISBN 978-85-366-5616-8
Formato 14 x 21 cm 
216 páginas
1ª edição - 2018

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home