BRASILEIRO, SIM SENHOR! / Maria Cristina Piccinini de Carvalho (org.)

Aos meus pais, Bruna Piccinini de Carvalho e José Heitor de Carvalho agradeço a oportunidade da Vida, a minha existência nesta Terra. Com suas orientações, com a condução do bem viver, todo amor e dedicação de vocês, pude prosperar e ser o que sou, Maravilhosa!!!. Modéstia a parte...
Maria Cristina Piccinini de Carvalho

José Heitor de Carvalho - Nascido em 19/08/1926 – Crato – CE.
Advogado – graduado pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, turma de 1961;
Contador – graduado pela Escola Técnica de Comércio Fenix Caixeral, turma de 1946;
Pós-graduado em Direito Tributário e Direito Financeiro – Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, ano 1968/69;
Caixa Econômica Federal: responsável pela implantação, estruturação e administração do PIS – Programa de Integração Social;
Banco do Brasil S.A: especialista em operações de câmbio e comércio exterior, importações, exportações e operações financeiras de investimentos no exterior;
Banco Central do Brasil: responsável pela fiscalização de operações
de câmbio, de investimentos e de comércio exterior;
Banco Francês e Brasileiro S.A: Diretor Executivo do Banco e de suas Associadas Francred, Frandis e Franlease;
Banco Antônio de Queiroz: Assessor da Diretoria para assuntos financeiros;
ACREFI – Sindicato das Empresas de Investimento, Crédito e Financiamento: Diretor e membro do Conselho Consultivo;
ASSOBESP – Associação dos Bancos do Estado de São Paulo: Diretor credenciado como Delegado;
FEBRABAN – Federação dos Bancos: Membro do Conselho Fiscal.

Ao meu pai, José Heitor de Carvalho - Em público, homem correto, inteligente e sociável. Para mim, meu pai carinhoso, companheiro e protetor; Em público, a simpatia em pessoa, com sorriso largo e contagiante, abraçando todos, sempre interessado nos amigos e na Vida. Para mim, orando comigo antes de dormir e me cobrindo, carinhosamente, para que eu pudesse dormir em paz; Em público, pessoa empolgada com projetos, sua carreira brilhante, festas, viagens pelo mundo, passeios. Para mim, a segurança do lar, os melhores estudos, a tranquilidade da Vida, muito carinho, companheirismo e paz; Em público, o sucesso. Para mim, a verdade da Vida. Meu privilégio poder cuidar do meu pai na velhice, não é fácil é cansativo, mas eu só tenho tentado retribuir tudo o que ele fez por mim, por amor. Amo-te pai,Maria Cristina Piccinini de Carvalho

Serviço:

Brasileiro, Sim Senhor!
Homenagem ao Meu Pai José Heitor de Carvalho (92 anos de idade)
Crônicas do Seu Tempo
Maria Cristina Piccinini de Carvalho

Scortecci Editora
Crônicas
ISBN 978-85-366-5643-4
Formato 14 x 21 cm 
80 páginas
1ª edição - 2018

Mais informações:

Catálogo de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home