Receba nossa Newsletter: Nome Email

ENTRE LUZES E PEDRAS / Daniel Genovez

No sexto livro do poeta, a poesia de "Entre Luzes e Pedras" é algo assim, no escavado do coração que grita, pede, quase suplica a atenção que a poesia traz em si. Não ameniza a dor, não cura ninguém, mas desafia o óbvio quando todos se confinam no conforto das suas casas, e, Ela, a poesia, sai nas ruas, imortal da noite mais escura, não por desafiar o que ou quem quer que seja, mas por ser preciso em meio ao caos. Liberta a alma e os sonhos para que se encontrem.

“Quem os ouve, Laureados Poetas? Quem os ouve? Fere-se o mundo, dos estampidos das bombas sobre Londres e Moscou; do sangue arrastado de Anna Akhmátova e de Maiakovski, exilados na Sibéria. Ouvem-se os brados heroicos de Whitman, o grande grito renascentista da poesia americana; a reclusão da pureza e sensibilidade da Emily Dickinson. Ouve-se, laureado ouvinte, esse despertar das Américas, suas veias nas páginas de Neruda, seu Canto Geral ecoando no quintal de Gabriel García Márquez e onde se lê uma carta misteriosa que Carlos Drummond traduziu. Nenhuma flor haveria nesses campos afora, se a nossa encantada Cecília Meireles não as plantasse com tanto zelo. Uma épica viagem... E me perco e me reencontro. Distraído, imerso, numa tumultuada rodoviária de onde parte um ônibus até a casa dos meus pais. Lá, o mesmo portão sem cadeado; o mesmo cachorro que finge vigiar o terreiro, as plantas e tudo que parece se identificar comigo. A Eles, conto-lhes das novidades ruidosas, das lembranças dobradas de saudade que vivi – Entre Luzes e Pedras. Assim, espero acordar o novo dia em que a morte já tenha um maior significado. Ouço, sim, os Poetas Laureados e a menor das mais simples Poesia... onde alguém no meu livro a encontre.”

Daniel Genovez, nasceu em Itaperuna, Estado do Rio de Janeiro e veio para a capital, aos 17 anos, estudar medicina, tornando-se médico conceituado, com cursos de Especialização em Pediatria, além de MBA na FGV, em Gestão de Saúde. Porém, sua veia poética vem da tenra infância, escrevendo poesias e textos literários paralelamente aos estudos de medicina. Com o passar dos anos, aprofundou seus estudos em Literatura, Filosofia, Música e Artes. Isso abriu horizontes para o pensamento literal.Os livros de medicina dividem espaço na estante com as poesias de Fernando Pessoa, Cesare Pavese, Walt Whitman, Dante, Eugenio Montale, Salvatore Quasimodo, Cecília Meireles, Maiakovski, Mark Strand, Wislawa Szymborska, Pablo Neruda, Clarice Lispector, Carlos Drummond de Andrade, Florbela Espanca, Borges, Manoel de Barros e tantos outros. Lançou 6 livros de poesias, sendo 4 com produção Independente pela KDP-Amazon: “Segredos de Caracol, 2017, Outros Cantos (Português – Inglês), em 2018, A Cor da Tarde (Português – Inglês) em 2018, e, em 2019, lançou “O Ultimo Cotidiano”,(edição bilíngue, Português-Inglês). Ainda em 2019, lançou o seu livro “ Eu... e Outras Poesias”, pela Editora Scortecci, com divulgação maior do seu amadurecido trabalho literário. Sua poesia foi se tornando atemporal, provocativa, e sensível de palavras, para se ouvir silenciosa. Neste sexto livro, “Entre Luzes e Pedras”, Editora Scortecci, a vida volta em fios de esperança, respira iluminada sobre os dias, desafiando a solidão da morte.

Serviço:

Entre Luzes e Pedras
Daniel Genovez

Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-65-5529-048-6
Formato 14 x 21 cm 
156 páginas
1ª edição - 2020

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home