Receba nossa Newsletter: Nome Email

Tel.:(11)3032-1179     WhatsApp:(11)97548-1515

SEM MEDO DE VIVER / Georgina Célia Maksoud

Era a festa de inauguração de uma estrada importante que Henry tinha feito em volta de uma alta montanha toda escarpada. Parecia ser no sul da França, na região do Principado de Mônaco. Eu sentia que aquela cena estava realmente acontecendo, sentia o sol na minha pele e o vento fresco em meus cabelos, ouvia a música e me orgulhava de Henry pela conclusão daquela obra. Eu andava entre os convidados admirando os detalhes da belíssima recepção montada ao ar livre, com um banquete servido nas várias mesas de madeira distribuídas no ambiente e garçons circulando entre os convidados para servir bebidas. Estávamos no alto de um penhasco, de onde se via a linda paisagem das montanhas. As mulheres circulavam elegantes com seus vestidos decotados e armações estruturadas, usando chapéus e joias muito nobres. De vez em quando, Henry vinha perguntar “está tudo bem?” e seguia para continuar recebendo e cumprimentando os convidados. Estava divertido observar o comportamento das pessoas, ver como elas se movimentavam, riam, comiam e bebiam alegremente. Passava pouco tempo e meu marido voltava a se aproximar para se certificar de que eu estava bem. A festa seguia com requinte e fartura, algumas pessoas se sentaram no gramado para comer como se estivessem em um piquenique enquanto outras dançavam sozinhas, em pares e em rodas. Percebi, então, que eles não estavam apenas comendo, dançando e se divertindo, mas fornicando! Eram homens entrando por debaixo dos vestidos das mulheres, eram casais engalfinhados nas encostas da montanha e debaixo das árvores, grupos rolando no gramado, uma loucura! Acordei ofegante, às gargalhadas e com a sensação de que não era só um sonho, mas uma memória. Meu encontro com Henry vem de outras vidas, essa foi uma delas.

Georgina Célia Maksoud nasceu no início dos anos 50 no Guarujá (SP), onde cresceu acalentando o sonho de ser livre para escolher o próprio destino. Filha de um pai machista e opressor, foi impedida de estudar assim que concluiu o ensino fundamental. Trocou lápis e cadernos por panos de chão e detergente, pois aprender o serviço doméstico era fundamental para se “conseguir um bom casamento”. Havia, porém, um lugar onde Georgina era livre: no pensamento. Era lá, nas fantasias juvenis, que a menina se refugiava da rotina hostil que vivia. Até que, inconformada com a vida sem graça e sem cor reservada às mulheres da época, aos 13 anos se formou como manicure e passou a ganhar o próprio dinheiro. Assim foi dado o primeiro passo para a sua tão sonhada liberdade. Ainda na adolescência, conheceu o primeiro marido, de quem foi vítima de violência e ameaças de morte que a obrigaram a fugir para São Paulo (SP) quando o casamento acabou. Foi na “terra da garoa” que a oportunidade de trabalhar como manicure na Hidroservice, uma grande empresa de engenharia, trouxe ares de conto de fadas à história de Georgina. A paixão avassaladora que viveu com Henry Maksoud em 1980, com direito a show privativo de Frank Sinatra no hotel mais luxuoso da capital paulista e viagens pelo mundo, compõe os capítulos desde livro, escritos ao longo de 30 anos de uma love story da vida real que parece ter sido retirada de um roteiro de cinema.

Serviço:

Sem Medo de Viver
Georgina Célia Maksoud

Scortecci Editora
Biografia
ISBN 978-65-5529-373-9
Formato 14 x 21 cm 
220 páginas
1ª edição - 2021

Mais informações:

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home