Receba nossa Newsletter: Nome Email

O DONO DO SANTO DA CHAPADA / Carlos Araujo

O livro O Dono do Santo da Chapada, de Carlos Araújo, além de ser uma deliciosa leitura, é um mergulho no universo da Chapada Diamantina, com todos os seus coronéis, jagunços, causos, garimpos, rezas, santos, mortes, traições, amores, vingança, ambição. Tudo isso misturado com humor, latim e embriaguez. Uma viagem por um universo ficcional construido em detalhes, com esmero: há uma gruta, há uma imagem de santo, há romarias. Coisas do nosso povo tratadas literariamente por quem demonstra conhecer bem os caminhos da narrativa e do mundo real.

Carlos Araujo nasceu em Ipupiara (antigo Fundão ou Jordão), BA, no dia 22 de junho de 1947. Escreveu, entre outros, “Milagre na Chapada-Roman-ceiro da Chapada Diamantina”, publicado pela Scortecci Editora, em 2005. Filho de Antonio Araújo e Maria Monteiro. Pelo lado materno, é neto de Antonio Pita Monteiro, fundador e músico da Filarmônica de Jordão de Brotas; pelo paterno, é bisneto do famoso Padre Carrilho de Brotas de Macaúbas. Foi alfabetizado na Escola Batista de Ipupiara. Em l963, com 16 anos de idade, mudou-se para Ibotirama, nas barrancas do Velho Chico (Rio São Francisco). Formou-se contador. Mediante Concurso Público, tornou-se funcionário do Banco do Brasil, tendo tomado posse na cidade de Pedreiras, no Maranhão, em 1973. Foi professor do ensino médio e do primeiro grau, estando hoje aposentado. É um dos criadores do FEMPI - Festival de Música Popular de Ibotirama que, em 2006, completou 30 anos de existência, e também, é membro fundador e primeiro presidente da Associação de Cultura e Arte de Ibotirama – ACARI. Em parceria com Lamartine Araujo, publicou também “Ibotirama Capital Céu” (2002). Editou, igualmente, “Ibotirama e as Canções de Agosto” (2003), com parceria de Edson Ferreira e Edvaldo Pereira e patrocínio da Secretaria da Cultura do Estado da Bahia. Apesar de sua importância, não é estudado na “Enciclopédia de Literatura Brasileira” (Afrânio Coutinho e J. Galante, edição do MEC, 1990), com revisão de Graça Coutinho e Rita Moutinho, em 2001 ou Dicionário Histórico-biográfico Brasileiro, da Fundação Getúlio Vargas, e nem é referido  em nenhuma das enciclopédias nacionais: Delta, Barsa, Larousse, Mirador, Abril, Koogan/Houaiss, Larousse Cultural, etc.

Serviço:

O dono do santo da chapada

Carlos Araujo
Scortecci Editora
ISBN 85-366-0735-1
Ficção
Formato 14 x 21 cm - 260 páginas
1ª Edição - 2007

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home