Receba nossa Newsletter: Nome Email

GRAVITANDO / Maurílio Tadeu de Campos

Gravitando reúne poemas que escrevi em momentos quando a inspiração levou-me à pena e, juntos, ferimos o papel. Minhas observações do cotidiano, minhas alegrias, tristezas, angústias, enfim, todas as sensações de um ser vivente, como eu, deslocado do meu tempo (pois sou um... homem enquadrado no século 18, ao mesmo tempo em que, por vezes, pareça ser alguém que ainda não nasceu, pois espero a próxima centúria para isso fazer).
 

 
Maurilio Tadeu de Campos nasceu em Guarujá (SP). Elogios e alguns prêmios fizeram dele destaque no tempo de estudante. Os professores incentivavam seu dom para a escrita, o que serviu de estímulo para que fosse desenvolvendo essa atividade. Passou a escrever pequenos artigos, que eram publicados em jornais estudantis.

A poesia surgiu mais tarde, quando já era adolescente; sua timidez obrigava-o a desvendar nos versos seus sonhos e anseios de juventude. Já adulto, procurou lançar mão da produção literária para revelar suas observações do mundo. É professor, atuando no magistério público estadual e municipal desde 1970. Os contatos com alunos de diversas idades possibilitaram, além do seu trabalho didático, que ele procurasse ser um incansável incentivador da leitura e da escrita. Já como escritor, Maurilio publicou diversos poemas em revistas e, mais tarde, em antologias. Participou de concursos literários, tendo sido premiado em vários deles, no Brasil e no exterior.

É co-autor, do livro Um Dia no Brasil, lançado em 1985 pela Editora Klaxon, de São Paulo. Em 2003 lançou Poemas Trans-lúcidos, pela Editora Espaço do Autor, seu primeiro livro de poesia. Em 2004 publicou o seu segundo livro, Violência e Dependência Química: Desafios para a Escola Cidadã, também pela Editora Espaço do Autor, resultado de uma pesquisa que fez, como educador, a partir de sua atuação em grupos de recuperação de dependentes químicos, quando realizou trabalhos educativos, auxiliando também na reconquista da auto-estima dos integrantes desses grupos. Foi presidente da Sociedade Ars Viva de 1995 a 2005, entidade cultural sem finalidades lucrativas, sediada em Santos.

Ao deixar a direção dessa Associação, ajudou a criar, ainda em 2005, outra entidade de cultura, a Contemporânea Projetos Culturais, tendo sido eleito seu primeiro presidente para o biênio de 2005 a 2007. Tem coordenado diversos eventos artísticos culturais envolvendo os mais diversos segmentos da arte. Em 2006 ingressou na Academia Santista de Letras, ocupando a cadeira número trinta e dois, cujo patrono é Reynaldo Porchat. Maurilio quer dedicar-se mais e mais à literatura, o que lhe dá muita satisfação; está produzindo novos textos em prosa e poesia e pretende aprimorar-se em outras vertentes da escrita.

Serviço:

Gravitando
Maurílio Tadeu de Campos
Scortecci Editora
Poesia
ISBN 978-85-366-0830-3
Formato 14 x 21 cm - 112 páginas
1ª Edição - Ano 2007

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home