Receba nossa Newsletter: Nome Email

SOU UM CPI / Henry John Kupty

É um livro de críticas, observações, contestações e questionamentos aos quais acrescentei alguma proposta para solucionar, pelo menos em parte, vários dos problemas do País. São propostas factíveis e viáveis, desde que uma parte de nossos ilustres representantes e governantes tivessem um mínimo de boa vontade política e fossem menos corruptos.

Como já mencionei, estou no Brasil desde de 1956, naturalizado brasileiro em 1962 e me dói o coração ver este País maravilhoso que me acolheu, ser continuamente destruído pela politicalha que durante os sucessivos governos, ou melhor dizendo, desgovernos, tem submetido o povo brasileiro a todo tipo de sofrimento.

Henry John Kupty nasceu no dia 30 de julho de 1934 em Alexandria, no Egito.Desde a mais tenra idade, demonstrou certa queda pelas artes e literatura.

No internato “Collège St. Vincent de Paul”, administrado por religiosas vicentinas francesas, onde permaneceu até completar o 1º. grau, HJK participou de peças teatrais interpretadas pelos alunos, montadas e dirigidas por professores. Isso, durante a segunda Guerra Mundial.
Sua família, que se mudara para o Cairo dois anos após o início da guerra devido aos constantes bombardeios noturnos sobre Alexandria, o mandava buscar a fim de passar as férias escolares (15 dias em julho e 30 dias entre dezembro e janeiro) no Cairo.
Terminado o 1º. Grau HJK ingressou na English Mission (um curso de 2º. Grau preparatório para a American University at Cairo).
Entre 1948 e 1956, HJK completou o curso, freqüentou a AUC, participou das filmagens externas de “Os 10 Mandamentos” de Cecil B. DeMille, e de alguns filmes egípcios estrelados por Omar Sharif no início de carreira; juntou-se a outros jovens, formando o conjunto “Flamengo Rhumba Boys”, ele, como crooner e baterista.

Em 1956, aos 22 anos, deixou a família e emigrou ao Brasil sem falar uma palavra sequer de português, embora fosse fluente em francês, inglês, italiano, grego e árabe.Sem condições financeiras para freqüentar uma escola, HJK aprendeu o idioma sozinho, graças à leitura de jornais, revistas e livros.
De 1957 em diante, exerceu diversas funções:
Assistente de direção do filme 'Voodoo Woman', uma co-produção Brasil-EUA, dirigida por Douglas Fowley, rodada no Guarujá e nos estúdios da Vera Cruz.

Professor de Inglês no Yazigi de Santo André. Chefe de  seção de Ferramentas na Motores Perkins. Gerente de vendas na TWILL S.A. e outros tantos cargos administrativos, além de participações em novelas da TV Bandeirantes e da antiga TUPI. Ocasional-mente, cantava com um ou outro conjunto ou tecladista.
Casou-se em 1962 com Deosdete P. Chamma com quem continua casado. Tem um casal de filhos, duas netas e um neto.
Em 1979, incentivado por Maura Chamma, sua sogra, pintora, começou a pintar quadros de óleo sobre tela como hobby. Acabou vendendo mais de oitenta telas nu-ma vernissage promovida pela sua esposa.

Em 1991, teve algumas poesias de sua autoria publicadas numa coletânea da Sociedade
Brasileira de Médicos Escritores, como convidado.

Em 1996, publicou seu primeiro livro “Lisarbia 2010 – País do Futuro”, numa edição de 300 exemplares que se esgotou quase que totalmente na tarde noite de autógrafos.
Nos últimos 15 anos, compôs algumas melodias e, recentemente, gravou um CD caseiro cantando sucessos de Sinatra, Tony, Nat, Mathis e Piaf.

Atualmente, HJK divide seu tempo entre seus alunos particulares de inglês, prestando serviços como guia de turismo e escrevendo os capítulos finais de “Rosita” (de orfã bastarda ao Congresso).
 
SERVIÇO:

Sou Um CPI – Cidadão Patriótico Indignado com Propostas Viáveis
Henry John Kupty
Scortecci Editora
ISBN 85-366-0581-2
Brasil - JS 4013
Formato 14 x 21 cm - 68 páginas
1ª Edição - Ano 2006

Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home