Receba nossa Newsletter: Nome Email

IGREJA MATRIZ DE GUARULHOS / Gasparino José

São indagações que permanecerão para todo o sempre sem resposta certa, eis que, num termo lavrado pelo culto e zeloso padre português, Celestino Gomes d’ Oliveira Figueiredo, em 5 de setembro de 1912, no Livro do Tombo, Título I, letra “b”, sob a epígrafe DECRETO OU TÍTULO DE ERECÇÃO DA PARÓQUIA, deixou claro que “Ignora-se o dia e o mez da erecção canônica d` esta Parochia de Guarulhos, e é para lamentar que se haja perdido o título da sua erecção. Sabe-se, no entanto, que foi erecta no anno de mil e seisentos, oitenta e cinco (1.685)”.

Templo que, em 1691, encontrava-se em estado ruinoso, a considerar-se requereu, em 23 de setembro daquele ano, a respeito das igrejas de S. Miqguel e Nossa Senhora da Conceição, o procurador do Conselho, Diogo Barbosa Rego, à Câmara de São Paulo: “Q. visto estarem aforandose as terras dos índios era justo q. o foro se aplicasse pa. reparo das Igrejas daquellas aldeias por que estavão faltas de tudo e principalmente, de telhas”.Contudo, a data de 1685 ainda padece alguma dúvida, se bem que aceita como a mais provável.
 
SERVIÇO

Igreja Matriz de Guarulhos
Gasparino José Romão
Scortecci Editora
ISBN 85-366-0451-4
História - JS 3894
Formato 14 x 21 cm - 124 páginas
1ª Edição - Ano 2006


Mais informações:

Catálogo Virtual de Publicações

Para comprar este livro verifique na Livraria e Loja Virtual Asabeça se a obra está disponível para comercialização.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home